terça-feira, 14 de maio de 2013

Narciso indaga ao filho sobre o amor do governador Tião Viana por Narcisinho

No dia 30 de setembro de 2011, Narciso Júnior telefonou para o pai, Narciso Mendes, para comentar sobre uma suposta reunião no gabinete do governador do Acre, Tião Viana (PT), onde teriam tratado da montagem de uma clínica (leia) em Rio Branco. A conversa foi gravada pela Polícia Federal ao investigar secretários de estado, empreiteiros e servidores públicos envolvidos com o G-7 - grupo de sete empresas de construção civil que atuava de modo articulado para fraudar licitações de obras públicas no Estado.


4 comentários:

Péricles disse...

O Narciso Mendes na oposição era um chato de pentelho: insignificante mas incomodava. Na situação virou um verme, um verme subterrâneo que se alimenta de excrementos que consegue encontrar...

Marcio Lara disse...

Essas pessoas pensam que são donas do estado do Acre.
Acorda povo, fomos nós quem colocamos estes "senhores" no "poder", temos toda autonomia para tira-los.
Vamos nos posicionar!

LADRÕES!

Fábio Ferreira disse...

Me lembro de um caso que um rapaz que foi preso pela polícia por acreditar que ele teria estuprado uma menina. Este rapaz, foi espancado, foi exposto pela mídia, e condenado por todos!!! Logo depois, foi descoberto o verdadeiro culpado, e agora o que fazer¿ com o que foi feito por todos¿ Alguém vai eliminar as dores das pancadas que este pai de família sofreu¿ Vai eliminar a humilhação que sofreu, por ter sido chamado de estuprador¿ Seus filhos, por seu nome ter sido divulgado pela mídia, ao chegar na escola, foram ridicularizados. Aprendi na faculdade que relatório se coloca o que quer, para comprovar o que acredita!!! Um nazista defende o que acredita, e não quer dizer que ele esteja correto. Pensem nisso antes de jogar a pedra...dizer que um servidor é ladrão, isso pode ser verdade...Mas dizer que todos são, é covardia, mal caratismo...Um verdadeiro abraço...

Fábio Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.