sábado, 25 de novembro de 2006

SEU ALDENOR NA VEJA

GENTE QUE FAZ

Seringueiro há 35 anos, o acreano Aldenor Costa Souza, 64 anos, foi contratado pela Globo para imprimir realismo à minissérie Amazônia – De Galvez a Chico Mendes, que estréia no dia 2 de janeiro. O trabalho – orientar atores como Jackson Antunes e Antônio Pitanga nos rudimentos da sua profissão – começou na floresta e prossegue agora no cenário do Projac, no Rio de Janeiro, cidade que visita pela primeira vez.

Aqui, conta suas impressões:


COMO É O TRABALHO COM OS ATORES?
Eu mostro como eles devem cortar a seringueira, fazer a colheita e defumar a borracha.

COMO ELES ESTÃO SE SAINDO?
Os cabras não levam muito jeito, não. Para fazer uma ceninha só, até que dá para enganar. Mas, se fosse ali o dia inteiro, debaixo do sol, não iam agüentar.

O QUE O SENHOR ACHOU DO RIO DE JANEIRO?
O lugar até que é bonito, mas é terra de barão. Tudo é muito caro. O que eu mais gostei foi ver o pessoal voando de asa-delta. Na semana que vem vou pular também.

O SENHOR É CASADO? TEM FILHOS?
Tenho onze filhos. Sabe como é, no meio do mato a gente não tem muito que fazer... Minha antiga mulher me trocou por outro cabra mais bonito, daí eu fiquei meio largado. Como tinha uma vizinha na mesma situação, perguntei se podia me mudar para a casa dela e ela disse que sim. É a minha velhinha: tem 81 anos. É bom porque eu sei que ela não vai me trocar, como a outra fez.

A entrevista com Aldenor, personagem ignorado pela grande imprensa do Acre, foi publicada na seção Gente da revista Veja, com foto de Oscar Cabral. Seu Aldenor está em vários posts com fotos e vídeos neste blog. Asseguro que vale a pena vê-lo dançando, cantando e contando histórias. Clique em Glória Perez no Acre, Marujos da Alegria, De Galvez a Chico Mendes ou Glória Perez cai na folia.

Avisos da Glória Perez:

- Estou apavorada: amanhã (domingo) seu Aldenor vai pular de asa delta e ninguém o demove!

- Ainda bem que amanheceu nublado e o vôo do seu Aldenor ficou pro domingo que vem!

6 comentários:

leila disse...

Meu caro, é muito bom ver vc mostrar ao distinto e eclético público acreano uma figura interessante como a do Aldenor. Diz uma amiga minha que a loucura começou por aqui e, daqui, se espalhou para o resto do mundo!
A lucidez do Aldenor é a que o Gabeira chamaria de IMPLACÁVEL! o cara que teve tirocínio para trocar duas de 40 por uma de 80, é dos meus! rs
Gosto muito de ler vc, o Martinello, o Elson, Toinho Alves, Pedro Martinello, Pedro Vicente, Laélia, Henrique Silvestre, Fátima Almeida, Bruxa, e outros tantos que minha memória insiste em envergonhar.
Nunca gostei da palavra resgate. Aporrinha e irrita meus ouvidos....
Esse longa metragem (mini com 55 capítulos! daria um longa com hora de recreio entre as duas sessões de 6 horas!) da Glória, vai fazer desfilar gente de experiências ímpares, não apenas nos limites territoriais deste país. Ainda que de forma anônima, ou nos destaques, ou debutando como atores, juntamente com profissionais já bem conhecidos, todos percorrerão os cinco continentes , onde quer que as garras da "Poderosa" se finquem.
Daqui desse meu quarto, limitada pela minha pouca visão, fico a pensar na trabalheira até que a logística desse permissão para o "início da obra".

Sabemos que nem a Glória, nem os atores principais necessitam de confetes. Já possuem seus espaços. Mas, ao ver o José Wilker debaixo de uma árvore, suando que nem tampa de chaleira, me deu vontade de elogiar.

Dizem que as coisas acontecem no dia certo, na hora certa e no lugar correto. Tinha que ser agora! Agora, quando a autora não é apenas uma adaptadora de histórias alheias. É parte dela. Se a infância determina o caráter do indivíduo pela vida afora, não poderia ser outro o autor, nem outra a hora. Ela com desejo de fazer e o Jorge com disposição de mostrar.

E o Aldenor ensinando o povo da Globo a defumar?
Ei, meninos, vocês tão pensando que babado é bico?
Deixa eu encerrar.
Meu abraço

Gio disse...

Altino,

o pulo do Seu Aldenor é na semana que vem. Diz que quer voar como passarinho. Vou filmar e te mando.

Gloria tá morrendo de medo...:-)

Besitos

Altino Machado disse...

Gio, domingo? Então é capaz do vôo do velho seringueiro acabar sendo pauta do Fantástico. Besitos

FRQSTR=19220847x291067:1:1440|19220847|19220847|19220847|19220847 disse...

Querido Altino,

Essa gente do Acre é muito metida mesmo! Estou com saudades. Beijo. Mara

sergio souto disse...

Nobre visconde,

O seu Aldenor é passarin. Um manguari, um japiin. Um profundo conhecedor dos mistério lendas e segredos da floresta. Um defumador de sonhos,figurante de uma história muito linda. Um "marujo" que singra os varadouros, estradas e barrancos sem fim. Quem poderá impedir seu vôo ?

Võa, seu Aldenor passarin !!!

Tiago Juruá disse...

Rapaz,

Prum cabra que já pilotou avião de 40 e fez 11 filhos e agora pilota de 80, asa delta é fichinha.
Quem tem que ter cuidado é o instrutor que vai saltar com ele.

Abraços,