sexta-feira, 4 de março de 2011

SAMBA DO ACRE PT



Desde dos tempos mais remotos
O Acre tá aí, tá aí, tá aí
Abrigando os acreanos
Na sapucaí

Bem no centro da amazônia
Lá no oeste do Brasil
Foi comprado da Bolívia
E hoje tem 500 mil

E o Acre o que é
O estado e a população
Só índios e vamos pro Acre
Andar na floresta e fazer amor

E nunca ninguém viu que nem saci
No canto do Brasil eu não nasci
E nunca ninguém viu que nem saci
No canto do Brasil eu não nasci

4 comentários:

Diógenes disse...

Ma ra vi lho so ! ! ! ! !

Carlos disse...

Estou a 2 anos residindo em Florianópolis e tenho o prazer de ouvir este programa através do rádio ou da web nos dois horários diários, as 13h e as 18h. Eles são muito engraçados mas quando precisam discutir um assunto sério, também sabem fazer. Agora sobre o vídeo, a tempos foi feito, pelo menos desde quando cheguei aqui já tomei conhecimento da sua existência, tanto que na imagem o Maurício Amaral, o Piagers, o Potter e o Porã estão completamente diferentes do que são hoje em dia. Enfim, quem quiser acompanhar o programa pela rádio Atlantida de Porto Alegre, ele passa as 13h e as 18h (horário de Brasília) no link a seguir (funciona melhor no Internet Explorer): http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=92598&channel=254&tipoVivo=1

Carlos disse...

Esqueci de comentar que o programa tem duração de 1h mas não é musical, é uma espécie de programa de humor. Durante o programa, os participantes imitam personalidades famosas além de outros personagens criados por eles mesmos. Quando retornar ao Acre, continuarei acompanhando o programa pela web, pois é muito divertido. Quem quiser mais informações, é só procurar por Pretinho Básico na Wikipedia. Eles também possuem um blog muito engraçado: http://wp.clicrbs.com.br/pretinhobasico/?topo=52,1,1,,224,e224.

Janu disse...

É verdade, Carlos. Esse samba tem um tempo que rolou. Essa gurizada faz uma zona no rádio sem precedentes, inclusive debochando também dos próprios conterrâneos, gaúchos e catarinenses.