quinta-feira, 17 de março de 2011

FUSO HORÁRIO

Prefeitura de Cruzeiro do Sul se alinha a referendo e muda horário nas repartições e escolas

O vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Mazinho Santiago (PSC), assinou nesta quinta-feira (17) decreto estabelecendo que as repartições públicas municipais passarão a funcionar a partir das 8 horas da manhã e não mais a partir das 7 horas. A medida altera também (de 7h30 para 8 horas) a entrada dos alunos nas escolas da rede municipal de ensino.

Cruzeiro do Sul, com 77 mil habitantes, é a segunda cidade mais importante do Acre. A população da cidade, situada no região mais ocidental do País, é uma das mais afetadas pelo fuso horário em vigor no Estado, de uma hora a menos em relação ao horário de Brasília.

O fuso horário do Acre, que era de duas horas de diferença, foi alterado pela Lei 11.662, de abril de 2008, de autoria do então senador Tião Viana (PT-AC), atual governador do Estado.

- É tão fácil mudar o horário, fazer como o povo quer. Participamos de um referendo e agora estamos respeitando a vontade popular. Ninguém aguenta ser obrigado a trabalhar tão cedo. Assinei o decreto com a concordância do prefeito Wagner Sales, que está em Brasília - disse o vice-prefeito.

No começo do mês, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado chegou ao entendimento de que era necessário a aprovação de uma outra lei para promover o retorno do antigo fuso horário do Acre.

Na quarta-feira (16), o senador Pedro Taques (PDT-MT) apresentou um projeto de lei que altera o artigo 2º do Decreto nº 2.784, de 18 de junho de 1913, para restabelecer o fuso horário do Acre.

Taques propõe que o artigo 2º passe a vigorar com duas alterações. A primeira: o terceiro fuso, caracterizado pela hora de Grenwich “menos quatro horas”, compreende os Estados de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, do Amazonas, de Rondônia e de Roraima. A segunda: o quarto fuso, caracterizado pela hora de Grenwich “menos cinco horas”, compreende o Estado do Acre.

O prefeito Wagner Sales (PMDB) disse que a população do Acre, que não foi consultada sobre a mudança de horário, tem sofrido há dois anos com a imposição.

- Crianças são acordadas durante a madrugada para serem levadas às escolas. Existe também um gasto maior de energia, pois atividades começam sem a luz do dia. Estamos fazendo valer a vontade da maioria que se manifestou no referendo. Devido a ingerência de alguns, a vontade do povo acreano ainda não foi respeitada - afirmou Sales.

10 comentários:

Carina Menezes disse...

Considero aceitável a atitude do vice-prefeito Marzinho, sou de Cruzeiro do Sul e conheço as dificuldades que muitos têm com o novo horário, principalmente os alunos da zona rural que precisam usar transporte para poder chegar as escola, e não é onibus como aqui na capital não é canoa, o chamado ''recreio escolar'' onde crianças têm que sair de casa muito cedo e ''seguir Juruá adentro'' até chegar a sala de aula.

Ana Paula Cameli disse...

Gostei de ver!

ISMAEL disse...

Ai é cacete!!!!!! Nóis de Cruzeiro do Sul somos privilegiados em ter dos caras como o Vagno(kkkkk) e o Mazinho na administração do nosso municipio. Por isso, é nosso obrigação reconduzi-los ao cargo no ano que vem, pois a galera dos PeTralhas estão com muita cede de colocar o povo do juruá no cabestro como acontece na capital.

Osama El Sahid disse...

Cruzeiro do Sul é um ótimo lugar para viver. Desde que você seja uma árvore.

socorro disse...

gostei ismael é isso ai

Mario Marcelo disse...

Essa questão do horario , pode ser driblada com inteligencia , vide cruzeiro do sul, essa estoria de acordar cedo eh balela não faz mal pra ninguem ao contrario he ate saudavel , por outro lado tem algo que esta causando prejuizo a todos e ninguem reclama ou se manifesta , basta vc substituir um eletrodomestico em sua casa e vai se deparar com um problemão A TOMADA DO EQUIPAMENTO NÃO CONFERE COM A DA PAREDE obrigando o consumidor a comprar , quando encontra, uma infinidadde de adaptadores. Isso sim eh prejuizo , jha fuso horario , bha...

Fátima Almeida disse...

Antes tarde do que nunca.

GERA disse...

Gostaria de saber porque o Sr. prefeito não assinou e homologou este documento há 03 anos atras quando o horário mudou. Acho que se ele tivesse homologado em 2008 o povo não teria notado a mudança do horário e o povo votaria para continuar este horário vigente.

UJS DE CRUZEIRO DO SUL disse...

quem que é pvevilegiado? vc ta doido amigo ISMAEL. não conhece nada daqui venha dar uma volta em cruzeiro do sul e vai mudar o discurso, a cidade nao desenvolve, o prefeito só pensa em dar remédios para os eleitores dele e de sua esposa e esquece de cuidar da vida urbana da cidade. Deus me livre se ele ganhar denovo!
quanto a essa maluca que disse que só é bom viver aqui se for uma arvore, seria bom ela dizer o porque, deve ser um daqules burruas.

Carina Menezes disse...

Mario pra vc pode ser balela a questão do fuso mas pra maioria não...só vc q talvez não perceba a diferença do dia na capital em relação a cruzeiro do sul. Não podemos viver com uma forma de governo que beneficia a uns e outros não, afinal o que significa democracia? até onde eu sei valorizar uns e desvalorizar outros não tem nada a ver com esse conceito!

Sr. UJS. eu conheço Cruzeiro e em termos concordo com vc, mas o Vagner não é diferente de outros políticos, claro q todos eles sempre estão em busca de conquistar eleitores, mas não podemos generalizar quanto ao desenvolvimento da cidade, claro que as coisas acontecem com muita lentidão mais acontecem...