domingo, 30 de janeiro de 2011

PRIMEIRA BAIXA


Nomeada em 12 de janeiro para a chefia da TV Aldeia, a jornalista Dulcinéia Azevedo suportou apenas 17 dias na equipe de comunicação do governador Tião Viana (PT).

A decisão de deixar o cargo foi comunicada na sexta-feira (28) e a exoneração será publicada no Diário Oficial do Estado do Acre durante a semana.

Poucos dias foram suficientes para Dulcinéia Azevedo -uma das poucas repórteres competentes do Acre- se dar conta de que a praia dela é o jornalismo e não a cena passageira da política.

A jornalista constatou a falta de liberdade na TV estatal acreana, o clima na equipe de governo por resultados imediatos e ainda teria que assumir o ônus da demissão de colegas. Não existe dinheiro sequer para comprar pão para servir ao vigia noturno do prédio.

Dulcinéia Azevedo optou por manter a dignidade: vai ganhar no site Gazeta Net menos da metade do que ganharia caso continuasse a exercer o cargo em comissão referência CEC-5.

Melhor pra combalida imprensa do Acre

Jornalista esclarece

"Prezado Altino,

Como você já sabe e até publicou no seu blog, realmente deixei a direção da TV Aldeia. Infelizmente, por uma questão de perfil profissional, não consegui me adaptar ao cargo que me foi confiado e seria, no mínimo, incoerente da minha parte permanecer.

Foi uma decisão pessoal, de intima convicção, como diria um grande amigo, "se o coração não vibrar não adianta insistir".

Mas por uma questão de justiça tenho o dever de informar que não sofri qualquer tipo de controle ou censura durante o curto período que estive no cargo.

Problemas? Realmente muitas pendengas precisam ser sanadas para que a TV Aldeia se consolide como uma verdadeira TV Pública e cumpra sua função social perante a sociedade. Este, porém, é um assunto que, por uma questão ética, me reservo o direito de não comentar.

Apesar da curta convivência com a equipe, pude constatar excelentes profissionais no local e estou na torcida para que os dias difíceis sejam vencidos e todos possam trabalhar com mais tranquilidade e dignidade.

Obrigada pelo privilegiado espaço no seu blog e desde já agradeço pela oportunidade de fazer este pequeno esclarecimento.

Um grande abraço.

Dulcinéia Azevedo"

19 comentários:

ISAAC RONALTTI disse...

Admirável a postura desta profissional. Falta muito isso aqui! Já vi outras casos semelhantes. Infelizmente os outros não foram acompanhados de tanta firmeza e autonomia.

Parabéns Dulcinéia.

Para alguns a atitude da jornalista vai parecer um tiro no próprio pé. Para mim é um ato de extrema autonomia e responsabilidade com a coisa pública.

Lembro de um dia está no trabalho e um cidadão parente de uma das figurinhas carimbadas no PT...falar que nunca bajularia para conseguir um CARGO COMISSIONADO...lembro bem das palavras: "...nunca utilizei influencia familiar para obter cargo"...moral da história...esse mesmo cidadão, período anterior ao processo eleitoral, teve que morder a língua...com uma notável publicação de seu nome no Diário Oficial do Estado. E por pouco não colocou a campanha de pessoas próximas em risco, após se dar o luxo de fazer divulgação de candidato através do twitter utilizando-se de um computador de um orgão institucional.

Repito: Parabéns Dulcinéia!

Dan disse...

Quando li a manchete pensei que fosse a primeira baixa da dengue 2011, ainda bem não...
Que bom...

João disse...

São poucos que não se vendem e não se corrompem, parabéns a verdadeira jornalista pela atitude que tomou.

Talita Oliveira disse...

Bravo. Com elegância e discrição, deu o recado e o exemplo. Parabéns a ela.

valdete disse...

parabens neia!! mulher de coragem eh isso ai mesmo...rs.

valdete disse...

Neia, estou muito orgulhosa de voce, tem uma meia duzia de pseudos jornalistas que vivem puxando o saco e bajulando o governo, voce deu um exemplo de uma verdadeira jornalista, o dinheiro nem sempre eh tudo na vida da gente,tem algumas coisas que não tem preco, e uma delas chama-se dignidade, to com contigo, valew!!!

Joana D'Arc disse...

Altino,permita-me dirigir-me à sua
Excelência Dra. Dulcinéia Azevedo :
Colega,decisão de Fôro Íntimo acatada
e é Coisa de Mulher dígna e honrada!
Sua conduta profissional é Ilibada!!
Gestos de Grandeza Humana Positivados
nos demais comentários!
Honra todas as Mulheres de Caráter.

Eu Sou,Joana D'Arc Valente Santana

Acreucho disse...

Realmente o cargo não tem o perfil profissional da Dulcinéia que conheço, fez uma ótima escolha ao sair.

Estou Sabendo disse...

Mulher de cárater, viu que não tinha condições de fazer um bom trabalho, por falta de recursos e por ter que fazer propaganda enganosa do governo. parabéns, você sai de cabeça erguida, ao contrário de alguns parasitas que, mesmo sem mostrar resultados não têm a mesma atitude.

Gabi Ramos disse...

Não a conheço, mas gostaria por essa atitude. Isso é que é ser uma profissional. Se valoriza. Parabéns mesmo a ela.

Jalul disse...

Altino, nobre,

Não quero ser voz dissonante. Néia escolheu o que era melhor para ela e não para o Estado.Sai limpa, como entrou. Em contrapartida, o Estado, o Governo e o Governador Tião Viana, em última análise, não poderiam fazer da Tv Aldeia o top de linha dos problemas enfrentados diante de uma calamidade que é a dengue. Que se lascasse o porteiro e as portas.
Como diria a minha avó Otília,uma pobre coitada, da região faminta da Paraiba, quem não pode com o pote,que não pegue nas rodilhas.
Fácil, mais fácil, por incrível que pareça, não é ser mulher da vida. É trabalhando na adversidade que se conhece o conteúdo do caroço da pupunha.
Minha admiração por Duldinéia continua e continuará a mesma.

valdete disse...

parabens novamente!!!rssss

eudeolho disse...

Senhores e senhoras,

longe de mim querer criar algum tipo de polêmica, até pq Dulcinéia Azevedo é uma competente jornalista, mas deixem de criar situações políticas onde não há. A jornalista em questão só saiu da direção da Tv Aldeia pq recebeu uma proposta irrecusável do Roberto Moura, dono da Tv Gazeta, pra reassumir o posto de diretora de jornalismo. Algo em torno de 8 mil reais, quase o dobro do que ganharia como CEC-5.
Não que ela não mereça, mas essa é a verdade.

ISAAC RONALTTI disse...

Bem...ainda sim mostrou muita inteligência...melhor é ser diretora de jornalismo ganhando 8 que ficar obedecendo os desejos da corte do reizinho, de uma uma TV que de pública só tem o nome. Obedece a interesses de uma patota e só! Da mesma forma é a Rádio.

Altemar disse...

Eudeolho,
ufa, então Bakunin está a salvo?

Fernando disse...

Uma coisa é o cara ser um excelente jornalista, outra coisa é ele ADMINISTRAR o jornal, vem o bônus abraçado com o ônus.
Ela está correta em pedir para sair já que viu que não tem perfil para ADMINISTRAR, com todas as situações e problemas que a ADMINISTRAÇÃO (sobre tudo, a pública)requerem.
Se o Estado ou qualquer outro empregador fosse dar de comer aos seus colaboradores, a coisa ia ficar mais cara.
Eu gosto da programação da tv adeia, o almanaque aquiri é muito bom... lá deve ter problemas como qualquer outro órgão, mas covenhamos, acho que ele seria o ultimo órgão do governo a ser exigido resultados rápidos, isso porque ele não trabalha com projetos, digamos, de grande impacto, não que informar as ações do governo e as notícias não gerem impacto, geram sim, acho até que a rádio difusora tem mais audiência que a tv aldeia.
Bom, decisão acertada a dela, que dê a vaga a outro.
Melhor ganhar um salário menor e fazer o que gosta do que abraçar uma causa e enfrenta-la sem está, digamos assim, apaixonada pela causa.

Acerto na decisão, mas me fez lembrar de um certo fime nacional, cujo personagem principal era um tal capitão nascimento.


Fernando

jletto disse...

Parabéns pela dignidade, pois é uma raridade vermos atitudes como essa, principalmente aquino Acre, onde existe muita hipocrisia.

eudeolho disse...

Meu Deus, como vocês gostam de discutir o que não existe. Mais uma vez, a nobre jornalista, que é sinônimo de competência, não deixou a direção da TV Aldeia por ser mais digna do que os outros ou por achar que não tem o perfil adequado. De novo, ela recebeu uma proposta da Tv Gazeta, e vai ser uma das jornalistas, se não a mais bem paga do Estado.
Parem de querer achar chifre em cabeça de cavalo. Quanta bobagem.

zaca disse...

Já citei essa frase, mas vou citá-la novamente: ! "a verborragia dssipa a capacidade da ação...". Muitos dos internautas que fazem comentários ideológicos, com ilibibada dignidade, talvez já estiveram em situações assim e não agiram da mesma forma.
Com certeza, as pessoas de caráter preferem fazer aquilo que gostam, mesmo que desagradem a alguns. Isso, na minha visão é base, principalmente na via profissional.