quinta-feira, 26 de agosto de 2010

ELIÉZER AYACHE

Justiça nega liberdade ao jovem, que responderá por homicídio doloso em júri popular

Dois dos três desembargadores da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre negaram nesta quinta-feira (26) liberdade ao jovem Eliézer Ayache, 25, que cumpre prisão preventiva na penitenciária Francisco D'Oliveira Conde, após ter causado na madrugada de sexta-feira (20), no Parque da Maternidade, em Rio Branco, grave acidente de trânsito em que morreu uma garota de 13 anos.


O desembargador Arquilau de Castro Melo, relator do julgamento do mérito de um habeas corpus impetrado pela defesa de Eliézer Ayache, como o jovem é conhecido, considerou legais os requisitos para cumprimento da prisão preventiva em flagrante.

O julgamento foi acompanhado pela família de Eliézer, incluindo a mãe adotiva, a servidora aposentada da Assembléia Legislativa, Yacut Ayache.

Os desembargadores argumentaram que a manutenção da prisão servirá para que a sociedade e o jovem possam refletir sobre as circunstâncias do acidente.


O processo agora seguirá para a Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco, onde Eliézer Ayache será submetido a julgamento por homicídio doloso.

Segundo a jurisprudência brasileira, quem dirige embriagado e em alta velocidade pode não ter a intenção de matar, mas, certamente, está assumindo o risco pela tragédia.

Por causa disso, a qualificadora de perigo comum desclassifica o crime de trânsito de doloso simples para qualificado e transfere a competência do julgamento para o Tribunal do Júri.

Ayache morava sozinho numa mansão construída pela mãe no Parque da Maternidade. Compartilha agora a superlotação de uma cela com 15 presidiários.

São raros os casos de acidente de trânsito cujos autores são encaminhados a júri popular no Brasil. No Acre, só há registro de um outro caso dessa natureza.

Em tempo: injustificável a fofoca que tomou conta da cidade, segundo a qual a repórter Lenilda Cavalcante foi presa com droga pela Polícia Federal no aeroporto de Rio Branco.

- Avise que estou bem, por favor. A fofoca causou a preocupação de amigos. Estou em São Paulo, após 19 dias internada para tratamento de saúde, e já estou de volta - disse Lenilda ao telefone, às 23h15 desta quinta-feira.

15 comentários:

Alysson disse...

Agora até fiquei com pena do playboyzinho. Ele só fez o que milhares de jovens brasileiros fazem todos os dias.

cruijff disse...

Acho que ele agora tera condicoes de repensar seus 25 anos de insensatez! A justiça deveria punir todos os infratores recorrentes com esse mesmo rigor! Tratar os desiguais de maneira igual, isso sim é Democracia e Estado de Direito! O crime é grave! A punição deverá estar à altura! Ponto para o judiciário acreano!

Andarilho disse...

Parabéns!!!

Aos homens e mulheres de sensatez e carater do nosso judiciário.
Que sirva de lição aos futuros candidatos a 'eliezer' do nosso Estado.
Seu direito termina onde o do próximo começa.

PS: Bom, final de semana aos leitores do blogger e ao blogueiro, Altino 'avatar'.

Victor Mattos disse...

Tão querendo tomar o cara como cristo! Acho que ele errou mas não é a assim que deveria funcionar. Ele deve pagar mas não no meio de potenciais psicopatas, assaltantes e traficantes. Colocar ele nesse meio vai colaborar em que?
Querem regenerar o garoto? Apliquem medidas REALMENTE Sócio-educativas, como trabalhos forçados em prol da comunidade, assistencia vitalicia a familia da menor, acompanhamento psico-educacional que o cara precisa..

Marcel Marques disse...

Victor, já deu cara, você dentro do seu comentário concorda que ele deva permanecer preso e que pague por seus atos, se o sistema carcerário no Brasil não funciona essa é outra bandeira a ser levantada.

Ou você acha que somente o seu amigo merece um tratamento adequado durante sua estadia no Dr. Francisco de Oliveira Conde?

RodB disse...

Victor, se fosse assim, essas punições que você falou deveriam servir pra assaltantes e assassinos também.. O que difere esses criminosos dele? O fato do rapaz ser rico? Todos cometeram crimes. O "erro" dele (que ele assumiu o risco de ocorrer ao beber e dirigir em alta velocidade) causou a morte de uma menina de 13 anos, fora que ele é reincidente e já destruiu o muro de uma casa (nesse, felizmente não houve vítimas). Aliás, eu acho que o caso desse rapaz (não um garoto, pois já tem 25 anos) é até pior e por isso ele merece sim ficar ao lado de outros criminosos na cadeia, porque a verdade é que a maior parte dos que escolhem o caminho do crime fazem isso por falta de oportunidades, por virem de famílias muito pobres. O playboy sempre teve tudo na mão, mais que a maior parte dos acreanos, inclusive. Tinha dinheiro, casa própria, carro, ganhou tudo sem esforço algum. Se tivesse feito ao menos um curso superior, estaria agora em melhores condições, mas nem isso..

Acreucho disse...

A primeira pergunta é: O que fazia uma criança de 13 anos divertindo-se na noite de Rio Branco? Quem deveria ir preso era o pai da menor! Quanto ao garoto Ayache, ele é reincidente, já se envolveu em outro acidente só com danos materiais, não aprendeu daquela vez, agora chegou ao fundo do poço. Tem que pagar pelo que assumiu o risco de cometer.

Lindalci disse...

Gente!!
Vcs não cansam de julgar o Eliézer? Ele já foi julgado e está servindo de bode expiatório, onde acidentes iguais já ocorreram e pessoas que cometeram estão soltos, inclusive filho até de médico conceituado de nossa cidade que já faleceu. Para a infelicidade de vcs,ele sobreviveu dessa lamentável tragédia, que com certeza tem um propósito para o mesmo: Poderá mudar a vida desse rapaz para melhor, através de uma reflexão e mudança de comportamentodo. Não duvidem! Se Deus, o pai quer que todos se salvem, não condena ninguém, pois condenar é tirar a chance de arrependimento e salvação. E Pedro disse: "Deus é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham ao arrependimento"(II Pd. 3:9); Que sirva de lição para todos que adoram julgar. O julgamento da terra é o da Justiça(muitas vezes injusto); e não o de vocês, onde a maioria não olha seu rab.....Se conscientizem disso. Ele não é filho de gente rica, pois pelo que sabemos, a mãe adotiva é Juiza aposentada e deve ter muitos compromissos, como nós temos, não vive de moleza, nem de roubo. Se ela tem um bom salário,é pq estudou e fez jus. Vcs invejosos se mordam! E não adianta escrever que estou em defesa de A ou B, que não estou. Sou acho a maioria desse povo mediocre e pobre de espirito.
Sinto pela morte da menina, mas com citei acima: Ele já está pagando e cabe a JUSTIÇA julgá-lo!
Não venham com história que sou boa Samaritana, que não sou!

Buerão disse...

uma coisa eu sei, a escola francisco de oliveira conde ensina mesmo, e a metodologia não é do paulo freire não.

Patricia Lima disse...

Dos comentarios que li aqui e que chamaram-me a atençao:

`Parabens aos homens e mulheres de sensatez e carater do nosso judiciário.`
Meus parabens sim, mas pelo fato da justiça ter conseguido mostrar serviço e levar a
crer que ela eh realmente uma justiça eficaz e transparente.

`O que fazia uma criança de 13 anos divertindo-se na noite de Rio Branco? Quem deveria
ir preso era o pai da menor!`
Eram tres amigas inseparaveis, 2 menores e 1 maior que davam
trabalho aos pais fugindo de casa.
Eh sabido que as casas noturnas da cidade funcionam sem fiscalizaçao.
Menores estao lotando casas noturnas bebendo, se prostituindo e usando drogas.
Eliezer Ayache errou ao dirigir apos beber e em ter dado, depois delas insistirem, carona
para meninas que ele nem conhecia.

Eh um rapaz reservado, caseiro, observador e talvez por isso de poucos e bons amigos.
O incomodo maior eh o fato dele vir de uma familia conhecida,uma familia que possui condiçoes de lhe dar mansao, carro do ano...mas uma familia tambem que lhe da base na vida pra ser um rapaz do bem, educado amigo e incapaz de prejudicar qualquer pessoa. Tanto eh que em momento algum ele deixou de prestar socorro as meninas e apoio as familias.

O outro chega falando de insensatez, de democracia, de estado de direito...ahhh me poupem!

Quanta hipocrisia!

Eu nao creio na justiça, nao creio em pessoas que criticam, que condenam..creio sim eh na lei de Deus.
Essa sim eh sabia e poderosa.

Tarda mas nao falha!

Boa semana a todos.

Victor disse...

-Crime de transito não é a mesma coisa que cortar a pessoa em 15 pedacinhos, ou atirar a queima roupa no coração da vitima, ou enfiar 10 facadas no inimigo.

-Crime de transito não é o mesmo que traficar 30 kg de cocaína, vender cocaina em troxas, fabricar mela, tranpostar crack.

Crime de transito não é o mesmo que estuprar uma criança, sequestrar e sumir com a vitima, jogar uma criança de um prédio.


SE PRA POLICIA E PRA JUSTIÇA É, QUE APAREÇA UM PRA ASSUMIR A QUANTAS INCOMPETÊNCIA VIVE A MAGISTRATURA E AS FUNÇÕES ABAIXO QUE A CERCAM.

Portanto seus prepotentes, vão estudar que nenhum de vocês tem razão. Até a do Altino ele já perdeu martelando essa historinha ai que ele mesmo diz: ' São raros os casos de acidente de trânsito cujos autores são encaminhados a júri popular no Brasil. No Acre, só há registro de um outro caso dessa natureza.'

Cristo pagou sozinho, enquanto, os antepassados de vocês (parente de JUDAS), jogaram pedras nele, cuspiram e os difamaram. Não foi o unico e nem será.

Em tempo: Chega de baboseira.

Dan disse...

http://www.ecosdanoticia.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=11492:vitima-de-acidente-na-via-verde-nao-resiste-e-morre-na-uti-do-pronto-socorro&catid=1:acre-policia&Itemid=8



Dois pesos, duas medidas como é de praxe.

Patricia Lima disse...

Eliezer Ayache acabou de ser julgado.
Sobre a audiencia havia uma mao Divina.Todos os votos foram a favor do rapaz. Pra vc ver...
Agora Altino querido, quero ver a sociedade ridicula engolir seu proprio veneno.
Obrigada pelo espaco.

ALTINO MACHADO disse...

Patrícia, foi uma decisão justa. Mas deixe o fanatismo de lado. Não havia essa tal mão Divina sobre a audiência, assim como não havia quando aconteceu o acidente nem quando se fez justiça com a prisão dele. Um abraço.

Patricia Lima disse...

Agradeco por ter essa oportunidade de poder trocar essa ideia com vc, e agradeco a Ele por mais esse dia de vida pq quem sabe do nosso tempo aqui nao somos nohs.
Vc chama de fanatismo o que chamo de feh...qdo se tem feh amigo,a vida segue seu fluxo na boa e qdo surgem contratempos, minha feh me faz tirar de letra.
Simples assim.
Prazer em conhecer.
Bjos.