sexta-feira, 21 de agosto de 2009

MARINA SILVA CONTESTA O GLOBO

Trecho do aparte da senadora Marina Silva (sem partido-AC) ao discurso do senador Pedro Simon (PMDB-RS):

- A mesma posição eu vou manter aqui em relação ao Presidente Lula, porque não é uma questão de circunstâncias. Hoje, meu querido Senador Simon, tem uma matéria no jornal O Globo que não foi feita por nenhum desses jornalistas que nos acompanham aqui. Foi um correspondente lá do Estado do Pará que colocou na primeira página algo que é inteiramente incoerente com tudo o que eu disse e coloquei na carta que assinei embaixo. A manchete é a de que eu disse que o Governo é insensível para as questões sociais. E pega uma série de frases de uma palestra que dei, em um contexto de uma análise que eu faço da Amazônia, da questão das hidroelétricas, e as coloca ali. Digamos que, quanto às frases pinçadas, mal direcionadas, ainda vá lá. Mas dizer que eu, Marina Silva, disse que o Governo do Presidente Lula é insensível às questões sociais! Eu que já disse, inúmeras vezes, desta tribuna e em todas as manifestações que fiz, que foi a melhor política social que tivemos; que saímos de R$8 bilhões para R$ 30 bilhões investidos em política social. que precisamos fazer ajustes em relação à porta de saída, mas que só é possível porta de saída hoje porque teve uma porta de entrada. Eu não sei qual é o objetivo do jornalista, se é mostrar que sou uma pessoa incoerente ou completamente ignorante de dizer uma coisa no Pará achando que não viria para cá. Eu não disse aquela frase, não disse daquele jeito, e já pedi aos organizadores do evento, que gravaram toda a minha palestra, que me mandem as fitas, porque vou mandar uma carta para o jornal, que sempre me trata com respeito, assim como os jornalistas que aqui fazem a cobertura, porque confesso que não entendi. Por que estou dizendo isso? Porque saí do Partido dos Trabalhadores, mas compreendo todos os avanços que tivemos. Mas não consigo compreender os retrocessos que estamos vivenciando agora.

Saiba mais em "A Rede Globo e Marina Silva"

15 comentários:

Anônimo disse...

eu não disse?? Disse que eles distorceram o que ela falou pra colocá-la contra o governo.
Isso ai tem direção certa.
Marina é coerente, jamais fez ou faria críticas à política social do governo Lula.
A mídia vai jogar baixinho, baixinho para eleger o Serra. Aguardem ai que vem muito mais pela frente.

Anônimo disse...

Gente, se possível, dêem uma olhada neste movimento e vejamos o que podemos fazer para aumentá-lo, trazê-lo para o Acre e tocar essa idéia:

http://marinasilvapresidente.ning.com/

Diego Ridrigues

André Lux disse...

Será que já começou a cair a ficha dessa tonta?

Maurício Caleiro disse...

Como uma pessoa inteligente e respeitável como Marina pôde ser tão ingênua a ponto de não perceber que seria exatamente isso que ocorreria? Ela não vê que essa candidatura dela só beneficia ao conluio anti-Brasil e anti-povo DEM/PSDB e seu candidato Serra e a mais ninguém?

Marina, pula desse barco enquanto é tempo. Vá ser uma grande liderança ambiental à margem dos partidos políticos - que só te sugarão e desgastarão sua imagem -, uma espécie de Al Gore brasileira.

Faça isso enquanto todos te respeitam e a tem em alta conta. No fogo cruzado da guerra eleitoral, que será impiedosa, você vai sair chamuscada. E ninguém quer isso para você (a não ser as forças da direita que estão radiantes comsua candidatura).

Acreucho disse...

Faço aqui uma pergunta: Por que Marina Silva não poderia ou deveria criticar o governo Lula? Eles vão trucidar ela! Já começaram as intrigas. Alguém duvida que a ordem para a Globo cair em cima de Marina venha do Palácio do Planalto?

Esquemas táticos disse...

E agora? Vão publicar o desmentido com o mesmo destaque? Abraços, Marcelo Costa.

Anônimo disse...

Marina presidente é a própria crítica à politica social. É mais que critica, é a superação da politica social até agora desenvolvida.
Uma mulher negra, do norte, ex-seringueira, descendente de escravos na presidencia, com a história de superações que ela tem é o exemplo que todos excluidos sociais precisam pra acreditarem em sí mesmos, melhorarem sua auto estima e fortalecerem a cultura etnico racial até então excluida. Dilma é a representação do sulista preconceituoso, que fortalece a exclusão social pois acredita que da Bahia pra cima tem pobres por que esse povo que é descendente de indios e negros não gosta de trabalhar, é tudo preguiçoso.

Anônimo disse...

De cara a cara com o Lula o que vc perdiria à ele??
VOTE NA MARINA.

Anônimo disse...

Sem confundir as coisas... a crítica da Marina ao Governo Lula é à visão de desenvolvimento que encara Meio Ambiente como algo a ser desprezado no momento de pensar o crescimento econômico. Daí que afastar os estudos de impacto ambiental nas obras do PAC, por exemplo, têm sido uma constante.
A política social do governo Lula é aquela que é conduzida pelo Ministério do Desenvolvimento Social e trouxe inúmeros benefícios ao povo brasileiro. Marina, justamente pela coerência e conhecimento dos dados, jamais negaria esse avanço. Por isso eu disse que ela não criticaria. Eu já vi dezenas de vezes Marina falar da política social do governo Lula, sempre elogiando.
É bom não confundir as coisas.
E a Globo cumprir ordens do Planalto me perdoe quem colocou, mas é piada. Dia e noite eles batem no governo, basta ler jornal ou ver a TV pra saber...
Espero que ela e todos tenham noção de como a mídia vai jogar sujo com isso.

Anônimo disse...

Farofa de paca

Ontem à noite, Lula jantou na casa do ex-governador do Acre Jorge Viana, na Chácara do Ipê. O encontro foi reservadíssimo: à mesa somente o anfitrião, Tião Viana, o governador Binho Marques e o prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim. O prato principal foi uma farofa de paca, que Lula adora. Até pouco tempo atrás, não faltaria uma cadeira para Marina Silva.

Meu comentário: Quer dizer os donos do Acre e seus gerentes podem comer uma paca. Pergunto: Estariam os dondocas acima da lei.

Anônimo disse...

Vai ter um momento que a Marina tera que assumir uma posição contraria a este governo corrupto , senão ai sim ela estara sendo incoerente .
não dá pra acender uma vela pra Deus e outra pro diabo , apesar que na politica se costuma tentar ...
esse governo foi predatorio com relação ao meio ambiente , e em relação ao dinheiro publico ...

Myris disse...

Acreucho, Acorda.
A mídia, que se autodenomina "profissional" não é controlada pelo Palácio do Planalto e nunca apoiou o governo Lula. É tão óbvio - nem precisa saber ler nas entrelinhas - que todos os grandes jornais do país estão à serviço do PSDB.

Concordo com o Maurício Caleiro, a Marina pode ser uma grande liderança ambiental, à margem dos partidos políticos.

Acreucho disse...

Anonimo das 9:15 e Myris a Globo é "mata e cura". As organizações Marinho sempre estiveram "ao lado do poder", nos governos militares e também agora. Pode até que, prevendo uma vitória do PSDB estejam já pendendo pra este lado. Dizer que a Globo é de oposição isso sim é uma piada. A Globo é do dinheiro, pagou, publicou. Será que o PSDB tem dinheiro pra bancar "todos" os grandes jornais do país? Certamente é um exagero! O que os grandes jornais e emissoras, os outros, fazem é relatar as verdades, a Globo maquia as coisas só isso. A Globo está sempre em cima do muro. Vendo pra que lado cai o dinheiro.

Anônimo disse...

A Globo precisa de dinheiro?? de quem?? eles precisam manter o status e o poder que têm e sempre tiveram.
A imprensa divulga a verdade... afe Maria, quem dera!! A verdade é muito relativa dependendo do que eles querem mostrar.
A história do Lula com a mídia começou logo no comecinho do governo, quando ele se recusava a fazer copletivas e receber a imprensa. De lá pra cá é só paulada. E eles nunca entenderam, ninguém entende, como batem tanto e a popularidade dele só aumenta...
é quase um desafio derrotá-lo de algum jeito.
Marina não entra nessas disputas,mas a mídia vai usá-la contra o Lula, ninguém duvide disso.
Fazer uma disputa que não entre nesses embates é um desafio e tanto. E passa, inclusive, por não cair nesses papos como os colocados aqui de fazer oposição ao governo. Se quisesse isso acho que ela teria ido para o PSol.

Acreucho disse...

O problema de "bater no Lula" e a popularidade dele crescer é que nosso povo não tem cultura pra entender os graves problemas que acontecem na nação, Lula conseguiu impingir no povo uma imagem messianica, compara-se, ele mesmo, com grandes vultos da história, a Jesus Cristo e etc. Marina outro dia disse que Lula é "um criador de utopias" só que não consegue concretizá-las. Os planos de Lula são apenas assistencialistas e não "resolvem" os problemas sociais do Brasil. Apenas os alimenta.