quinta-feira, 23 de julho de 2009

JORGE SABE ONDE A CORUJA DORME


Quem sabe um pouco do jogo e da jogatina na política é capaz de apostar que o time já está escalado. Por isso, é natural que o técnico tente ocultar nomes de titulares e reservas.

O ex-governador Jorge Viana convocou suas duas jornalistas preferidas para decretar que ainda é cedo para falar em candidaturas majoritárias no Acre.

Ele disse que as candidaturas não surgem de vontades pessoais, mas de uma ampla discussão, sendo que a palavra final cabe ao conjunto da coligação Frente Popular.

Isso vale para o irmão dele, o senador Tião Viana, que se declara pré-candidato ao governo do Acre desde que o próprio Jorge Viana era governador?

Vale para o deputado estadual Edvaldo Magalhães (PC do B), muito cotado para vice-governador, César Messias, que faz qualquer coisa para se manter como vice ou ser premiado com uma cadeira no Senado? Vale, ainda, para a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) que está de olho na cadeira do senador Geraldinho Mesquita (PMDB)?

Na verdade Jorge Viana reaparece para dar voz de comando por causa da gula e inabilidade da direção regional do próprio PT, que fez vazar para a imprensa que o partido avalia o nome do deputado federal Nilson Mourão para suplente dele numa eventual candidatura ao Senado.

Leia com muita atenção, no Página 20, a entrevista dele. Dá até para deduzir um apelo velado para que Tião Viana desista para que o ex-governador possa voltar ao Palácio Rio Branco.

Jorge Viana sabe onde a coruja dorme.

13 comentários:

Anônimo disse...

caro senhor altino, gostaria de pedir-te que coloque algum texto sobre a pouca vergonha da Oi no quesito SERVIÇOS.Nossa adsl cai todo dia, o MPF, o MPE e o PROCON nada fazem a respeito por isso apelo para sua boa vontade.

Hermelina Torres da Silva Braga

Anônimo disse...

Deus nos livre dessa familia e dessa turma

Anônimo disse...

Já vi esse filme. Jorge quer ser governador outra vez.

Anônimo disse...

Quando o Jose Serra for Presidente do Brasil, os dois maninhos irão para o PSDB. É isso mesmo, o Jorge será eleito pelo PT para depois trair e ir para o PSDB. Vai ficar todo mundo chupando dedo. kkkkkkk

Anônimo disse...

Gostei dessa idéia do Jorge ser candidato, porque se tiver mais 4 anos de
Binho, a frente popular se acaba. O cara só sabe ser técnico, e esquece da
parte política, o Jorge seria a salvação da frente popular, ah e com um vice
bom. Agora o Tião tinha tudo para ser mas fez muita cagada, ta queimado, a
solução é o outo viana mesmo.Agora não sei se a frente popular ainda estar
com essa bola toda não , mas dar pra ganhar.Se um monte de engraçadinho acabar
com as boças e forem pedir voto na rua vai.

Anônimo disse...

Volta Jorge!

Beliza disse...

Admiro o bom gosto do ex governador Jorge Viana. Nunca votei nele, nunca vou votar. Mas, por mais paradoxal que possa parecer quero vê-lo novamente governador do Acre. Não gosto da cara dele, nem do discurso dele. Consegue se apequenar muito quando se pronuncia politicamente. Diferentemente do irmão, o Senador Tião, que quando se pronuncia, mesmo em palanque, procura preservar o ponto que delimita a fronteira do equilíbrio. Nunca resvala na vulgaridade dos arroubos políticos. O PT (à quem nunca fiz parte nem farei) cometerá o maior equívoco ao lançar o ex-governador para o senado e o senador para o governo. Cada qual com o seu perfil (cada macaco no seu galho). Quem vai perder com o desfecho dessa vaidade será o Acre e nós acrEanos. Não se permuta competência. Jorge Viana já demonstrou que sabe executar, governar, (diferentemente do cara pálida que aí está)

Anônimo disse...

Bem,
Acredito que os descontentes estão aumentando, estão perdendo o medo de reclamar, este pessoal da frente está sem um líder por isso estão perdidos e, quanto mais pressão eles sentirem mais erros grosseiros vão cometer.
O que vemos é que depois de muitos anos no poder a arrogância já começa a tomar o lugar do caminho para uma política elevada onde se buscava o companheirismo, o desenvolvimento do Acre, o resgate daquele “orgulho de ser Acreano”, agora começa a ficar desnuda a verdadeira intenção daqueles que prometiam o povo no poder.
Hoje eles querem calar nossa voz, tentam usar a censura, pressionam ou cooptam os líderes sindicais, querem um povo de joelhos, mas começam aparecer pessoas lúcidas e preparadas para um “confronto” de idéias, colocando o contraditório na mesa e é isso que os está assustando, eles só lidam bem com quem baixa a cabeça, se alguém discorda é um reacionário.
Não podemos negar que eles sabem usar da política do medo, pois a única arma que ainda dispõem é o medo que ainda temos dos desmandos administrativos da antiga oposição, é isso que ainda infelizmente, mantém o poder da FPA.

Anônimo disse...

O blog deve está com problemas pois o Internet Explorer não consegue abrir e sempre dá messsagem de erro ao postar um comentário

Anônimo disse...

De fato o autoritarismo faz mal, assusta e pode ajudar a derrubar a FP, só espero que o PT e o PC doB, ancoras dessa frente percebam que a liberdade de expressão é que leva à verdade e à confiança. Os politicos, em geral geram desconfiança por causa das ações da maioria,se "vacilar" ajuda a reforçar essa desconfiança.
Agora as pessoas precisam decidir: "não gostam do Jorge" mas sonham com ele em seus partidos. Sabem quando ele vai para o PSDB? Esse é pior do que o PT, tem um tucano de simbolo, mas é um ninho de cobras.

Bia disse...

Altino,
Onde foram parar as pessoas tão interessantes que comentavam
Suas matérias? Por que sumiram? Será que não agüentam mais
A chatice desses “ANÔNIMOS”?
Afinal quem pode respeitar alguém que não assina o que pensa?

Vingador disse...

Bem,
Bia talvez seja o medo, uma vez o Deputado Moises Diniz em um post me convidou a sair do anonimato e debater com ele, não aceitei o convite por que pareceu uma ameaça.
Não mais postarei como anônimo, usarei o meu velho "apilidi".

Anônimo disse...

Da forma que o Edvaldo estar crescendo meu os petistas que se cuidem, ele não é nem pouco besta.