domingo, 11 de dezembro de 2005

LARRY ROHTER BEBEU

Não dá para confiar nem mesmo no jornal mais influente do mundo. Embora há mais de dois meses esteja chovendo quase todo dia no Acre, o correspondente Larry Rohter, a partir de Manaquiri (AM), afirma hoje no The New York Times:

- No Estado do Acre, na região Norte do Brasil, árvores secas viraram mechas e o número de incêndios florestais registrados triplicou para quase 1.500 em seu pico em setembro, em comparação ao ano anterior. A fumaça resultante, que pode ter intensificado a seca ao impedir a formação de nuvens de chuva, tem sido tão espessa em alguns dias que os moradores são obrigados a vestir máscaras para sair de casa.

O que Larry Rohter bebeu na seca amazônica? Ou será novo erro dos tradutores da reportagem?


Assinantes do UOL podem clicar em "Seca recorde incapacita a vida na Amazônia" para ler a reportagem completa.

Um comentário:

Octávio Lima disse...

Vou tomar a liberdade de referir esta posta porque não se deve "brincar" com coisdas sérias. Abraço.