segunda-feira, 13 de junho de 2005

MINISTRO VOLUNTÁRIO

Acho que o governador Jorge Viana obteve excelente desempenho no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Terá sido a entrevista organizada como lançamento do nome dele para o ministério de Lula? Foi uma sabatina para avaliar o futuro ministro da Casa Civil?


Diante de cobras do jornalismo brasileiro, Viana se mostrou um excelente driblador. Falou pouco quando era conveniente falar pouco.

Conseguiu desarmar os entrevistadores em vários momentos. Mas parece ter cometido ato falho ao declarar: "Uma das mudanças que iremos fazer...". Já está acertado que será ministro?


A entrevista deve render bons comentários e até otimismo a respeito do PT. Pode até ser usada para justificar ao povo do Acre sua eventual renúncia ao mandato.

Deixaria o governo estadual para contribuir no projeto maior de ajudar Lula a superar uma fase grave da história do país.


Caso não venha a substituir o ministro José Dirceu, já é o ministro voluntário de Lula.

5 comentários:

antonio carlos alves disse...

Superficial, como intelectualmente sempre foi. Liso, como politicamente sempre foi. mentiroso, como eticamente sempre foi. Eis o perfil desse pobre político no Roda Viva da TV Cultura.

Anônimo disse...

Que seremos nós então, incluindo aí os que se sentem dominados por ele, se o cara é intelectualmente superficial? Imaginou se o intelecto dele fosse menos superficial? Onde é que tu estarias antonio carlos?

josé carlos alves disse...

o problema é que ele é eticamente mentiroso - o que supera a artificialidade de seu intelecto, o dele e o do anonymos.

Anônimo disse...

Jorge foi brilhante, porquê em televisão o importante é passar uma boa imagem e falar bem (repararam que êle nunca gagueja?). Eu acho que está na hora dele voar mais alto, pois o Acre já é pequeno para êle. Mas o problema é que o Jorge sempre foi governo e sempre pegou conjunturas favoráveis a êle (embora tenha em parte tido o mérito de construir estas conjunturas). Se êle se der bem em um Governo tão ruim quanto o de Lula, tem tudo para se consagrar. Mas corre o risco de afundar junto também...

Anônimo disse...

Só os jornalistas que escfrevem sob encomenda para o Jorge acharam boa sua entrevista. Enrolou, não respoindeu nada, se apequenou frente ao Fernando Rodrigues, não respondeu a nenhuma pergunta objetivamente e ainda teve o direiiro de dizer uma hipocrisia ao criticar o PSDB pela oposição que faz ao PT, como se o PRT nunca tivesse sido protagonista de uma oposião sem conteúdo