segunda-feira, 14 de março de 2005

COISA FEIA

Recebí dois e-mails assinados por Manuel Cesário e Raquel Rangel Cesário, ambos sanitaristas e pesquisadores do Observatório da Amazônia Sul-Ocidental em Saúde Coletiva e Ambiente, da Universidade Federal do Acre.

A primeira mensagem, destinada ao Tião Vítor, editor do Página 20, foi enviada como cópia para várias pessoas. Trata-se de uma queixa grave que não cai bem no momento em que o jornal comemora 10 anos de existência.

O jornal tem o dever de corrigir as falhas apontadas pelos pesquisadores e de explicar aos leitores a respeito da "chupada" do repórter Juracy Xangai.

Na segunda mensagem, os pesquisadores compartilham, comigo e Toinho Alves, satisfação e contrariedade:

- O artigo teve uma boa repercussão; ficou três dias na home-page do UOL, foi publicado em três sites de ONG's e entidades ambientalistas e até em um blog, além de ter sido muito mal pirateado pelo Página 20 de 13 de março (Juracy Xangai), que pega as informações do artigo, distorce, acrescenta erros e apresenta sem citar a fonte. Se vocês quiserem publicar a versão correta para os seus leitores, sintam-se à vontade.

Leia a mensagem enviada por eles à editoria do Página 20:

Senhor Editor-chefe,

Ao mesmo tempo em que o congratulamos pela iniciativa de divulgar no Página 20 a ocorrência da Bartonelose na fronteira Peru-Brasil, lamentamos o fato de a matéria ter sido muito mal pirateada na edição do jornal, de 13 de março, pelo repórter Juracy Xangai, que pega as informações de nosso artigo, publicado na revista Scientific American Brasil, de março de 2005, distorce, acrescenta erros e apresenta sem citar a fonte.

É inaceitável que a imprensa leiga veicule informações técnicas errôneas e dite pautas (inexistentes) para reuniões técnicas.

Se vocês quiserem publicar a versão correta para os seus leitores, atendo-se à verdade dos fatos e citando sua fonte de informação, sintam-se à vontade.

Quando o anexo acima abrir, com a edição de março da Scientific American Brasil, clique no link "Infecção bacteriana rumo ao Brasil" - a primeira das notícias, abaixo da figura com os dinossauros.

Esperamos ver as correções para estas falhas antes do dia 17 próximo.

Raquel e Manuel Cesário

7 comentários:

Prof.Dr. Manuel Cesario disse...

Caro Altino,
muito obrigado pela pronta divulgação de nosso artigo e da "coisa feia" feita pelo Página 20.
Só tenho a informar que a mensagen nem saiu do site daquele jornal (ainda está onde foi veiculada: POLÍTICA - Nova doença surgida no Peru pode chegar ao Acre - Juracy Xangai), nem teve, AINDA, nenhum tipo de correção. Ela apresenta 12 erros de conteúdo e 2 de digitação!
Mais uma vez, obrigado pelo apoio, Manuel Cesario

Altino Machado disse...

Caro Manuel Cesario, a correção já está feita. Acabo de incluir a indicação da "reportagem" integral do Xagai, que consta na última edição do Página 20. Eu havia tentado buscar a reportagem diretamente no arquivo online, mas o mesmo não devia ter sido ainda atualizado. Nada melhor que a transparência, sobretudo por parte da imprensa que pretende ser formadora de opinião. Disponha sempre desse modesto espaço. Forte abraço!

Moisés Diniz disse...

É por isso, Altino, que a página na internet, nos moldes que você propôs, precisa sair. Estamos cansados de vexame!

Moisés Diniz disse...

Milagre! Consegui postar um comentário no blog do Altino! E aí, Altino, percebeu que você tem mais defensores do que detratores, quando te postei no meu blog?

Raquel Rangel Cesario disse...

Altino, também quero agradecer o seu apoio na divulgação do artigo. Entretanto, como leitora do seu blog, gostaria de ver sua opinião sobre o artigo.
Um abraço,
Raquel

Altino Machado disse...

Raquel, a minha opinião está expressa ao afirmar que o jornal tem o dever de corrigir as falhas que foram apontadas e de se retratar do seu erro pera os leitores. Isso não é coisa comum no Acre, onde as empresas e pretensos jornalistas julgam o leitor um idiota a quem podem escrever qualquer baboseira. Um amigo leu a nota "Coisa feia" e me mandou uma mensagem perguntando se o Juracy Xangai é formado em jornalismo. Expliquei que não é formado, mas ponderei que, para evitar uma "chupada" dessa, não é necessário frequentar uma faculdade. Existe gente que já cursou faculdade e incorre no mesmo erro. Bem, o Xangai deveria ter sido humilde e buscado satisfação em conversar com duas pessoas que realizam pesquisas reelvantes no Acre e que têm credibilidade suficiente para publicar um artigo num site especializado em ciência. Não é fácil assegurar espaço numa publicação dessa natureza. Caso tivesse feito isso, Xangai teria ampliado o assunto, angariado credibilidade e, o que é mais importante, teria evitado esse mico. Mas saiba que isso acontece todo dia na imprensa. Leia os jornais com mais atenção. É isso.

Altino Machado disse...

Como todos podem conferir, o jornal Página 20 preferiu ignorar na edição de hoje a reclamação dos pesquisadores que tiveram um artigo plagiado e deturpado pelo repórter Juracy Xangai. Coisa feia o que o repórter fez, mas não é nada bonito o jornal tentar ignorar o caso. O jornal deveria admitir que foi induzido ao erro e exigir do repórter que assumisse publicamente o erro. Ah, tem mais: não pode esquecer de pedir desculpa aos pesquisadores e aos leitores pelo vexame. Do contrário, Manoel e Raquel Cesario teriam que recorrer à Justiça para proteger seus direitos autorais e a imagem deles.