quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ARAKEN É SHOWMAN

PT perdeu a noção de realidade e democracia no Acre


O desembargador aposentado Jorge Araken, 72 anos, considera desrespeitosa a forma como o Congresso tem tratado o referendo do Acre sobre o fuso horário.

- O referendo é a máxima do desejo do povo e deve ser respeitado de qualquer forma. O instituto referendo representa vontade real. Os parlamentares representam indiretamente e não podem discutir uma decisão da população - afirmou Araken ao repórter Adailson Oliveira.

Quem tem representado o Acre no Congresso, além dos deputados federais? O ex-senador Tião Viana (PT-AC), que mudou o fuso horário sem consultar a população, e os senadores Jorge Viana (PT-AC) e Aníbal Diniz (PT-AC). Os três se esforçam para provar que perderam a noção de realidade e democracia.

Em defesa da Rede Globo e da Rede Amazônica de Televisão, via Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), manobram contra o interesse da maioria da população do Acre nos bastidores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Salvam-se se apenas o deputado Flaviano Melo (PMDB-AC), que viabilizou o referendo, e o senador Sérgio Petecão (PMN-AC), relator da matéria na CCJ, cujo voto é para que se estabeleça a força da vontade popular acreana.

Leia mais em A Gazeta.Net.

4 comentários:

ROMISSON NAWA disse...

leia mais em romissonac.blogspot.com

SIMEI disse...

Se a reunião da CCJ foi adiada é porque o coisa enguiçou, ou, o relatório do Petecão não tem tanto poder de convencimento como o próprio e a oposição quer.

Quando o projeto do senador Tião Viana foi proposto e aprovado pelo senado a população do Acre se assustou, pensarão que o dia passaria para 25 horas, não queriam admitir que só é uma mudança de costume, de ponteiro de relógio. Tenho a mais absoluta certeza, se o tal referendo fosse realizado logo após a aprovação da tal Lei não seria só 56%, seria algo em torno de 90%, se fosse daqui 01 ano talvez nem haveria mais referendo nenhum.

Na época, dep. Flaviano Melo já com sua carreira política mostrando sinais de decadência achou um “filão de ouro”, achou um meio de dar um solavanco em sua carreira, assumiu a dor dos 56%. Por outro lado o dep. Sérgio Petecão vendo que seu Ônibus com a frase “100 x 100% popular na FPA não levantaria vou migrou para a oposição onde esta hoje sendo manipulado pelo dep. Flaviano Melo.

Independente de eu achar que a vontade popular deva ser respeitada, no caso, o referendo, ninguém sabe qual é a verdade da lei, se assim fosse não haveria necessidade de julgamento de Leis pelo supremo, bastava interprelá-la. A verdade vai da interpretação de uma maioria de ministros, vejam por exemplo a Lei da Ficha Limpa que até hoje aguarda o voto de um julgador para passar a valer. Posso ser vencido e guiado por opiniões de uma maioria, ninguém é dono da verdade, nem mesmo o decano jurista personagem desta postagem.

Ta bom, que passe valer o que os 56% votou, quando chegar o horário de verão cuja diferença será de 03 horas em relação ao centro-sul e tiver uma partida transmitida ao vivo pela TV do “frameguinho” e muitos dos 56% estiver ainda no trabalho, no transito ou nos ônibus lotados, talvez queiram fazer outro referendo para voltar o horário do Tião Viana.

ISAAC RONALTTI disse...

Bem...deixa o Simei se aventurar aí!

Quanto ao Mestre Araken...esse sim é digno de todas reverências da população acreana: homem forte...jurista dos melhores...tanto é que foi uma das figuras consultadas na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente...também participou do processo de revisão do Código Civil...veio para o Acre convidado por outro homem de história e contribuições incontáveis para o Acre, o Sr. Lourival Marques.
Tive o privilégio de ter horas de conversa com Mestre Araken...homem de fibra...único Desembargador que se desligou do Tribunal de Justiça por vontade própria...homem guerreiro que enobrece a carreira dos advogados militantes...por via das dúvidas, foi Mestre Araken que advogou em favor de Jorge Viana na oportunidade que tentaram cassálo usando como motivo o uso do logo da gestão de Jorge...lembram da arvorezinha? Nem por isso, Mestre Araken não deixa de honrar seu compromisso sagrado com o Estado Democrático de Direito...ele mesmo reconhece o abuso contra a decisão da população promovida pelo Vianas.
Deixo meu abraço ao querido Mestre Araken...homem que me ensinou muito sobre a História da Justiça de nosso Estado...esclareceu-me princípios básicos do Direito...tenho muito respeito por esse senhor...para mim uma referência para qualquer jovem acadêmico de Direito.

SIMEI disse...

Grande abraço Isaac, é muito bom tê-lo como interlocutor!!!

Não questiono a capacidade e do conhecimento jurídico do Dr. Arakkem, questiono é que a verdade para ser verdade precisa ser debatida, depois prevalece a tese da maioria. Muitas vezes quem vence é o álibi, que nem sempre é ou foi a verdade.

Quanto ao tema Fuso Horário esta havendo julgamento, tanto por parte da impresa como os que fazem oposição como torcida apaixonada de futebol. Vencer a qualquer custo, nem que seja na base do chute na canela do adversário.

Abs