sábado, 13 de novembro de 2010

A PEDAGOGIA DO CASTIGO


Apaixonado, um garoto de 11 anos, filho da jornalista Surama Chaul, foi suspenso no Colégio Meta, em Rio Branco (AC), após "tatuar" na mão esquerda o "S" do nome de sua amada.

"Ah o amor, o que é o amor? Ainda mais o amor da primeira infância, das primeiras palpitações, da ansiedade de ver a pessoas amada. Me lembro até hoje do meu primeiro amor, quando eu tinha entre 10 e 12 anos. É aquela época em que a gente não sabe se brinca ou se paquera. A fase de descobertas gerais.

Pois é, hoje estou vivendo isso na pele dos meus filhos de 10 e 11 anos, na pele mesmo porque foi nela, mais precisamente na mão, que meu filho de 11 anos “tatuou” com a ponta de um lápis a letra S do nome de sua amada."

Clique aqui para ler o relato da mãe.

3 comentários:

MANOEL DE JESUS disse...

Olá...
Sou professor do Colégio META, porém não me dirijo como funcionário, mas como educador.
Acho pouco conveniente o título desta reportagem do ponto de vista que generaliza a situação e julga a escola com esse padrão educacional. E ainda: me faz sentir parte da situação, já que faço parte desta instituição.
Creio que o sistema de ensino, como um todo, necessita de uma reforma onde outros profissionais (como psicólogos)possam atuar de forma mais expressiva. Isso tudo por que a escola deve ser sim o centro da sociedade, pois ai a sociedade se forma.
Ainda convém lembrar como educador, que muitas das nossas crianças que estão em processo de formação, inclusive de caráter, não tem acompanhamento da familias nesta fase crucial para a vida delas (o que lhe parabenizo, se este acontecimento não foi o único no ano que lhe levou até a escola).
Insista no META!
Se a escola tomou medidas (por mais que você as considere erradas) é porque quer o melhor para seu filho.

Manoel de Jesus

surama chaul disse...

Prezado professor, creio que não leu o artigo, mas somente o lead, qndo puder, o faça no seguinte link http://www.janelao.net/index.php?option=com_content&view=article&id=2256:a-pedagogia-do-castigo&catid=41:opiniao&Itemid=105
Como educador e professor da instituição em questão: O Meta, suas palavras são muito bem vindas pela lucidez de quem pensa educação como um todo e não apenas com rgras impostas. Se a escola quis o bem do meu filho, como vc disse, acho q ela deve rever os seus conceitos sobre o q julga como pedagógico. Nos 3 anos em q meus filhos estudam lá. tivemos muitas experiências desgastanets, por isso, eu desisti do Meta sim, é lamentável, não é mais como era no passado, parou no tempo. Luto p/ formar seres pensantes e questionadores e não seres aquados e medrosos. Obrigada pela manifestação.

Elvis Cunha disse...

'' Nos 3 anos em q meus filhos estudam lá. tivemos muitas experiências desgastanets '' ... acho que quis dizer desgastantes, e como a senhora mesmo disse ja que foi mais de uma vez que houve desentendimento pelas duas partes será que o problema realmente esta apenas na escola?