domingo, 18 de julho de 2010

FOGO NA CIDADE


O fogo está devastando uma área de capoeira existente entre o igarapé São Francisco e o bairro Placas, em Rio Branco (AC). O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas não fez praticamente nada. A bomba do caminhão pifou após bombear água por menos de cinco minutos.

Existem quatro caminhões do Corpo de Bombeiros em operação na capital do Acre. Os bombeiros trabalham com bastante precariedade por causa das condições de seus equipamentos. Eles possuem, por exemplo, apenas escadas com no máximo 13 metros de altura.

- Recebemos muitos chamados e é quase sempre assim: ficamos impossibilitados de agir. A população percebe facilmente que não dispomos da estrutura necessária. Se esta situação evolvesse incêndio numa casa ou prédio, com vida de pessoas em risco, não poderíamos fazer nada e mortes seriam inevitáveis - disse um bombeiro.

Nesta época do ano, por causa da estiagem amazônica, os bombeiros começam a receber dezenas de chamados diários para debelar focos de incêndio em florestas, capoeiras e pastagens no perímetro urbano. A tendência é a situação se gravar nos meses de agosto e setembro, quando a estiagem na região se torna mais severa.




Um comentário:

Thiago Silva disse...

chegaram cinzas desse incêndio até a minha casa, no Irineu Serra... a coisa foi quente!

paz a todos.