sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

CHORO BANDIDO

4 comentários:

Walquíria Raizer disse...

Encantador!

Paula disse...

Hummm! Seria mavarilhoso se todos nós tivessemos a sensibilidade dos poetas e transformacemos as divergencias amorosas em poesia.

" O amor é um momento excelente,
Que deixa a quem está amando contente,
Ele invade corpo e mente,
Mais depois some sem deixar antecedente."

Paula Frnaça ( as vezes sou poetisa )

Anônimo disse...

Que que tu acha Altino?

ALTINO MACHADO disse...

Não acho nem moeda na rua.