quarta-feira, 16 de julho de 2008

A BEM DA VERDADE

Está no Blog do Tião uma nota assinada pela assessoria de imprensa do senador. Diz a nota:

"O senador Tião Viana (PT-AC) solicita que Altino Machado corrija as inverdades em seu blog acerca da reunião que promoveu na segunda-feira, 14/07, com os sindicalistas acreanos para tratar do novo fuso horário do Acre.

Ao falar com o senador, o jornalista disse que não havia expressado os fatos como ocorreram na reunião em razão do pouco espaço que tinha para descrevê-los em seu blog.

Diante disso, o senador Tião Viana deixou como ponto definitivo que não mais trataria do assunto, a não ser que os fatos fossem descritos como exatamente eles ocorreram.

O senador reafirma sua convicção de que a lei que resultou do projeto de sua autoria foi uma excelente conquista da sociedade acreana".

Vamos aos fatos:

1. O senador Tião Viana telefonou, no final da tarde de segunda-feira, para reclamar do título do post "Tião Viana recua na hora certa", cujo subtítulo é "Senador apóia referendo para mudança do fuso e plebiscito para exploração de petróleo e gás". Ao telefonar, o senador queria que o título fosse alterado por causa da palavra "recua", mas pareceu ter desistido definitivamente da idéia quando argumentei que, para compor título no blog, só posso usar pouco mais de 30 caracteres;

2) O senador pediu então para que minha reportagem deixasse mais explícito o novo posicionamento dele em relação ao fuso horário em vigor no Acre. Acatei prontamente, consolidando o texto com um acréscimo, logo na parte introdutória da matéria, assim: "A decisão não é um recuo completo porque, embora tenha acatado a proposta de uma consulta popular, o senador disse que continuará fazendo a defesa da mudança de fuso horário que deixou o Estado com uma hora a menos em relação a Brasília".

3) O título "Tião Viana recua na hora certa" foi um trocadilho com o slogan "o Acre na hora certa", da campanha dele em defesa da lei que alterou o nosso fuso horário, o que não significa que o senador tenha recuado na defesa da mudança que impôs à sociedade acreana na pressa de atender à Rede Globo (confira) em decorrência da portaria do Ministério da Justiça sobre programação indicativa;

4) Na política, recuar ou avançar faz parte da lida de um senador que chegou a formalizar, mas retirou sem explicação, a proposta de um plebiscito para que a população pudesse decidir se queria ou não a mudança do fuso horário;

5) Portanto, a nova posição do senador, ao acatar a sugestão de um referendo para que a população possa ratificar ou rejeitar a lei que mudou o fuso horário do Acre, significou recuo dele, sim, em relação ao que estava a defender, baseado apenas na força da lei de sua autoria, sancionada pelo presidente Lula, sem consulta popular;

6) Faço o esclarecimento aqui porque o blog do senador não o publicou na forma de um comentário que postei lá;

7) Como a assessoria do senador não menciona as tais "inverdades", posso reproduzir aqui a íntegra do arquivo sonoro da reunião com mais de duas horas de gravação. Por enquanto, apenas alguns trechos de declarações do senador após a reunião e que foram reproduzidas parcialmente na reportagem. E que tive o cuidado de registrar também em video.

4 comentários:

jordanv19 disse...

Todos os argumentos usados pelos que são contra a mudança do fuso horário vão cair por terra a partir de setembro, quando iniciar a primavera e os dias passarem a ser mais longos. Assim, as 06 horas da manhã no fuso atual, o dia já estará claro e com sol brilhando. Assim, vão reclamar do que ainda? Um dos argumentos usados para criticar o fuso, é que o Acre está numa região equatorial que não tem variaçao no horário do nascer e por do sol durante o ano, o que é um equívoco muito grande, pois o Acre já está numa latitude ao redor de 10°S, o que já permite variações do horário do nascer e por do sol, e fará com que a partir de outubro, o sol começe a nascer por volta das 05:40 da manhã, isso no fuso horário atual. Imaginem só, seriam 04:40 no horário antigo.. hahahah! Vai cair tudo por terra, é questão de tempo!!!!!! É muito mais simples atrasar pelo menos em meia-hora o horário de entrada dos alunos nas escolas durante a manhã, de 7 para as 7:30. Gente isso é tão simples que eu fico pasmo quando vejo gente criando confusão por causa de algo que só veio para beneficiar a populaçao. O fuso está tão compatível com o Acre, que estamos rodeados por terras que possuem o mesmo fuso horário que temos agora. Basta ir ali na fronteira por exemplo, onde agora tanto Brasiléia quanto Cobija estão na mesma hora, ou ali na fronteira com Rondônia. É tudo questão de tempo.

Júnior Carvalho disse...

Estou de volta a minha terra natal a 3 meses, sinto muitas saudades ai de Rio Branco e toda região.
Me impressiona um estado com tantas nescessidades para uma melhor qualidade de vida para o seu povo, ter como 'prioridades' de um senador, a questão de fuso horário, para atender interesses privados. Que pena!
Júnior Carvalho

Mariana disse...

a fogueira das vaidades continua queimando; qual o problema em "recuar"? qual o problema em divergir? viva a divergência!

walmir.AC.lopes disse...

Não se deve impor um ponto de vista, mesmo que baseado numa utilidade pretensamente absoluta, até porque utilidade é algo relativo, que depende do ponto de vista de cada cidadão diretamente afetado. Nem tudo que é útil para a plim!plim! é útil para os acreanos. Propor, pode-se e deve-se. Impor, jamais.