terça-feira, 25 de outubro de 2005

2 comentários:

Sílvio Vasconcellos disse...

Parece um barquinho de brinquedo no fundo de uma banheira.
Nada mais somos, brinquedos perante os deuses, fantoches gregos, marionetes da Natureza.
Quando pensamos dominá-la ela nos avassala.

André Muggiati disse...

É uma balsa em um banco de areia surgido no meio do rio Solimões.