terça-feira, 1 de março de 2016

Ex-petista Naluh Gouveia preside TCE que ela chamava de “tribunal de faz de conta”

Entrevista com a ex-vereadora e ex-deputada petista Naluh Gouveia, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE). Quando era deputada, ela chamou o TCE de “tribunal de faz de conta” e comandou a lavagem da escadaria da sede do Tribunal de Justiça do Acre. Barrada pelo PT duas vezes em sua pretensão de ser candidata a prefeita de Rio Branco, Naluh revela como e quem viabilizou o nome dela para ser conselheira do TCE. Ela se recusou avaliar os governos do PT no Acre.



4 comentários:

Cartunista Braga disse...

Beijo pra minha amiga Naluh que, com suas posições firmes e ideias um tanto quanto polêmicas, enquanto sindicalista, vereadora, deputada... enfim política de grande relevância, me ajudou em minha carreira de chargista, na década de noventa. Gostava muito de reverberar suas ideias e atos no meu trabalho. Nem sempre ela levava na esportiva, diga-se de passagem. Parabéns pelo programa, Altino e sua equipe.

ALTINO MACHADO disse...

Comentário enviado pro Cleber Borges Rabelo: "Conheci Naluh Gouveia ainda como sindicalista, como presidente do Sinteac. Ela era raivosa e corajosa. Encarava governadores e qualquer autoridade ou pessoa que atravessasse seu caminho. Eu a admirava também por isso. Me lembro dela chamar o T.C.E de tribunal de faz de conta. Não estava errada não. Era e e mesmo. Não entendo como o TCE, assim como outros órgãos fiscalizadores, tem seus membros indicados por dirigentes do Poder Executivo. Deveriam ser totalmente imparciais, no entanto não o são. Exemplo disso e o fato dela, enquanto presidente desse tribunal, querer se esquivar de avaliar o governo petista, que a indicou para essa verdadeira zona de conforto. Essa prerrogativa de governos premiar amigos ou "isolar" aliados inconvenientes tem que acabar."

Carlos Floresta disse...

Assim como FHC proferiu a famosa "Rasguem tudo que escrevi!", o pessoal do pt fez o mesmo com suas histórias políticas individuais. Em todos os cantos do país...

Thalles Vinícius disse...

Advogo, há dois anos, no Tribunal de Contas do Estado do Acre. A conduta da Conselheira Naluh Gouveia é irrepreensível. Ano passado, por exemplo, votou para que fosse julgada irregular a prestação de contas do Governador Tião Viana, o que mostra a sua imparcialidade. E, nesse ponto, acredito que ela andou bem ao não fazer qualquer comentário acerca da administração petista. Isso poderia até colocar em xeque os seus julgamentos, as suas decisões. Mais a frente, qualquer comentário que ela fizesse poderia ser utilizado para declarar o seu impedimento ou suspeição nos processos da Corte. A Conselheira faz um belo trabalho à frente do TCE.