terça-feira, 28 de outubro de 2014

Primeira análise de Marina Silva sobre o resultado das eleições presidenciais

3 comentários:

gerere disse...

Marina Silva perdeu toda a credibilidade quando apoiou Aécio Neves. Sua opinião não tem mais força, vai acabar como Heloisa Helena, líder local que não interfere mais na politica da nação.

Carlos Martel disse...

Caro gerere, essa leitura não deve ser feita assim de forma segregada e pontual, francamente creio que a credibilidade de Marina ainda permanece incólume. Não defendo, com isso, o apoio feita à Aécio, mas o contrário seria se se alinhasse com Dilma depois da pesada campanha de desconstrução feita contra ela e sua candidatara, que de forma vil, sorrateira e nefasta tratou de desqualificá-la. Ai sim teria a sua credibilidade maculada.

Gabriel disse...

Engraçado como a petulância de petistas e comissionados, como gerere, a deixam cegos, pois só veriam relevância na Marina se ela houvesse apoiado a Dilma. Marina jamais iria apoiar a mentira. Quer dizer que os 51 milhões de eleitores do Aécio não são nada. Marina é muito, mas muito maior que Dilma. Presidente travada que não sabe nem se expressar. Lembre-se que os eleitores da Dilma pouco influenciam no pensamento da sociedade, porque, infelizmente, a maioria são pessoas desinformadas que não tão nem aí com debate, só pensam no bolsa família. A Dilma sai dessa eleição menor do que entrou, pq seu único alicerce de campanha para vencer foi a MENTIRA e a DESCONSTRUÇÃO. Mas isso vai lhe custar caro. Aguarde!!!