sexta-feira, 17 de maio de 2013

STJ determina suspensão e frequência de Tiago Paiva na Secretaria de Saúde


Após deferir a liminar em habeas corpus que libertou o diretor de Análise Clínica da Secretaria de Saúde do Acre, Tiago Viana Neves Paiva, sobrinho do governador Tião Viana (PT),  preso pela Polícia Federal, na sexta-feira (10), durante a Operação G-7, a ministra relatora Maria Thereza de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça, enviou telegrama ao presidente Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Roberto Barros dos Santos.

No documento, a ministra comunica ao desembargador que deferiu a liminar, mas nos moldes do artigo 319 do Código de Processo Penal. O artigo trata de medidas cautelares diversas da prisão. A ministra substituiu a prisão preventiva de Tiago Paiva pela proibição de frequência à Secretaria de Saúde do Acre e suspensão do exercício da função pública desempenhada na secretaria.

- A ministra fundamenta a decisão em cima do quantum da pena acaso Tiago Paiva fosse condenado. Dessa forma, avalio que quem deve ser solto também é o Gildo César, diretor  do Departamento de Pavimentação e Saneamento do Acre. Todos os que são acusados de cartel e formação de quadrilha, falsidade ideológica e peculato não deverão sair - comentou um advogado que leu a decisão da relatora.

Atualização às 16h04

De Brasília, uma fonte do blog promete enviar uma cópia da decisão da ministra. A cópia vai ser disponibilizada aos leitores caso a promessa da fonte seja cumprida.

4 comentários:

Maria de Jesus disse...

vc

Joana D'Arc disse...

Traduzindo : MANDOU DEMITIR!!!

Joana D'Arc disse...

Traduzindo: Mandou DEMITIR Já que Ainda Não Havia Sido DEMITIDO!!!

Julinho disse...

Falando em G7, o tal sobrinho do governador, Tiago Viana, com impedimento de retornar à Saúde, está agora no GEAP, o plano de saúde dos federais, aguardem, logo, logo, ele "mete a mão" no dinheiro do povo da UFAC, no ACRE de novo. Que impedimento é esse, essa terra pelo jeito tem dono sim, herança do ARENA. Vão ter resposta nas eleições.