domingo, 28 de outubro de 2012

VOU DE BALSA, MAS VOLTO


Amigos 13 e 45, já estou na beira do Rio Acre, no centro de Rio Branco, pronto para embarcar na lendária balsa dos derrotados com destino a Manacapuru (AM), após a primeira chamada. Levo algumas mudas de roupa, além de água, inseticida e farinha de Cruzeiro do Sul. Puma, meu fiel amigo, não consegue se separar de mim. Tentarei convencer o capitão da balsa a deixá-lo permanecer em minha companhia. Vou, mas volto logo, saibam disso, com o couro mais grosso.

Atualização às 21 horas

Vou considerar o apelo do padre Massimo Lombardi:

- Vá não, Altino. Rio Branco precisa de você sempre, para ninguém dormir no ponto. Abençoadas sejam as suas sacudidas.

4 comentários:

Editor disse...

Boa viagem Altino, não esqueça o colete salva vidas, notebook com três baterias e o modem 3G, que em certas curvas do rio tem sinal, para que de lá continue a nos noticiar sobre nosso Acre com seus artigos. Mas volte mesmo, que se vislumbramos democracia verdadeira, a fazemos com contestação e reafirmação. Bons ventos, boa viagem.

Marcos Motta disse...

Olá Altino companheiro de viagem,

Mudando de assunto estou vendo este labrador e gostaria de saber se é um macho, pois tenho uma cadela da raça que gostaria de colocar para cruzar para que eu pudesse tirar um filhote, haja vista que ela nunca cruzou.

ALTINO MACHADO disse...

Marcos, é um pastor. Está aqui disponível.

Débora Bandeira disse...

Grande Altino!!! Adorei seu bom humor!!!