sábado, 21 de abril de 2012

OSMARINO AMÂNCIO REAGE APÓS MULTA

Multado por explorar madeira na reserva Chico Mendes, o extrativista fundador do PT e do Psol reage: "Nunca fui ambientalista e pensava que ecologia fosse sobremesa" 


Leia mais no Blog da Amazônia.

3 comentários:

Mauro disse...

Conheci o Osmarino em 1985 e a partir daí andei com ele por vários lugares na Amazonia e em São Paulo. É um grande militante pela causa dos trabalhadores e pela defesa da floresta, organizando a oposição sindical em Brasileia e em outros municipios, e participando de empates heróicos como o da Bordon (do qual vi Osmarino chegar da mata depois de dias de resistencia e já quase sem forças). Visitei Osmarino da casa dele, quando ele estava doente e não podia comprar remédio no Brasil por causa do ódio que os poderosos de Brasiléia (sei disso porque fui com ele até Brasiléia para poder comprar remédio. Com certeza esse ódio continua até hoje, e é a causa dessa acusação ridicula de comércio ilegal de madeira (não tenho a mínima dúvida de que a madeira em questão era para uso na casa dele, conforme a praxe legítima em reservas extrativistas). Aproveito para mandar um abraço à distancia para esse antigo amigo que sempre se manteve coerente com seus principios desde aqueles tempos de luta.
Um detalhe. Lembro que na reunião de dezembro de 1986 no Centro de Treinamento de Brasileia Osmarino perguntou uma certa ora, depois de uma discussão sobre a perda de valor da borracha: "E o que é essa tal de ecologia?" Depois de escutar umas explicações, ele disse: "Então isso nós já estamos fazendo há muito tempo!"
Mauro Almeida (professor, UNICAMP)

Roberto Feres disse...

rsrsrs

lazaro barbosa disse...

Lamentável, saber que de um lado, com plano de manejo, se pode passar o rodo nas arvores, mas do outro, não se pode derrubar nem para fazer suas próprias casas na colonia, nos seringais. Acho que faltou para o fiscal, o uso do princípio da razoabilidade. Se não saber que princípío é esse, estuda autoridade. Também estranhei a forma como os fatos chegaram ao conhecimento da imprenssa. Ao que tudo indica o objetivo foi mesmo prejudicar a imagem do Osmarino Amâncio.