quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

CULINÁRIA DO ACRE EM SÃO PAULO

"Em uma palavra: sensacional"



Uma resenha deliciosa da jornalista Ailin Aleixo sobre comida do Acre no restaurante Brasil a Gosto. Veja o que escreveu sobre o nosso tradicional quibe ou "quêbe" de macaxeira:

- O começo foi o melhor bolinho de mandioca que comi, e acho que comerei, na vida: casquinha absolutamente crocante e fina que revelada um interior sedoso como purê e, dentro dele, carne moída lindamente temperada. Para acompanhar, molho de pimentas acreanas, repleto de nuances de sabor e no qual a picância era só um detalhe.


Clique aqui para saber mais.

5 comentários:

Enzo Mercurio disse...

Altino o " quebe " é influencia dos Libaneses que foram para o Acre ? tenho essa duvida .
Quando eu era criança o "quebe " de arroz era muito bom assim como o de macaxeira , tinha tambem os " charutos " .
tudo isso vendido pelos meninos nas ruas de rio Branco.

Joema disse...

Que orgulho!Nota mil!

Janu Schwab disse...

É o nosso "sincretismo gastronômico". Uma delicatessen de influência indígena com sírio-libanesa e - porque não ? - dos novos cristãos (judeus).

Francisco Nazaré disse...

Me deu água na boca!!!

Regina Cavalcanti disse...

Ai que saudade. hummmm.... Delícia