terça-feira, 1 de novembro de 2011

GOVERNO NÃO "HOUVE" MESMO

Repórter Jairo Carioca, do site AC 24 Horas, se supera a cada segundo. Quando teremos Procon contra isso?


Atualização às 17h22: Sem concordância e plural, o repórter voltou a golpear a última flor do Lácio no título abaixo, que poderia ter sido assim: "Elevado grau de desmatamento e degradação em reservas extrativistas e assentamentos. Já foram desmatados 1,4 mil hectares nas áreas críticas."

21 comentários:

tony disse...

Kkkkkkkkkkk .. éh muito HOUVIDO pra pouca noticia!

Júnior Shin. disse...

Minha nossa. o_o'

Onde a língua acreana - para não falar portuguesa e ferir o ego de alguns - vai parar. ._.'

Aleta Dreves disse...

digna de publicação no colonheiro.blogspot.com kkk

Janu Schwab disse...

Ô beleza!

Jonathan disse...

É nisso q dá deixarem de exigir diploma pra jornalista

Fátima Almeida disse...

O Governo deveria fazer concurso para assistente social de modo a existir um desses profissionais em cada escola. Em Alagoas, as coisas já estão assim há muito tempo. Quanto ao Jairo só teve a infelicidade de ter professores (as) despreparados ou descuidados.

Francisco Nazaré disse...

O Uoxintom Aquino é bem pior e está na tv.

ALTINO MACHADO disse...

Jonathan, isso não tem nada a ver com ter ou não diploma de jornalista. Não tenho diploma, mas não escrevo assim. Conheço quem tem diploma de qualquer coisa e escreve pior. Ou simplesmente nem escreve.

Janu Schwab disse...

Conheço uma pancada de jornalista com diploma que chama sofá de sofar, confunde mas com mais, mal com mau e acha que o Canadá faz parte dos Estados Unidos da América.

Roberto Feres disse...

sepultura sem esplendor...

Regina Cavalcanti disse...

Isso não está relacionado com a exigência ou não de diploma de jornalista, mas a uma formação básica deficitária. O ensino fundamental tem que melhorar urgentementeeeeeeeeeee....

Rodrigo Medeiros disse...

Tiririca acreano!

Raimari Cardoso disse...

Ray Melo segue a mesma regra gramatical de Jairo. Senão vejamos o seguinte título de reportagem de sua autoria: "Interesse de pessoas ligadas ao governo se sobrepõe à menor preço em pregão presencial e empresa ganha mesmo apresentando proposta com diferença de R$ 1,2 milhão da menor proposta".

Em síntese, uma verdadeira gramática às avessas, esse AC.

Altemar disse...

Prefiro achar q foi falta de douto.
Deixa o cara....

Roberto Feres disse...

Na manchete de hoje do AC, os deputados ... "podem está" usando ...
Altino, convenhamos, os erros são propositais para te provocar... rrsrssr

Renaldo disse...

Acho que deveria-se ter um revisor também nas redações destes sitios informativos, melhoraria substancialmente a qualidade das informações. Isso só acontece, 1º pela falta de um revisor, e 2º pela vontade açodada de publicar notícias que sejam contra o governo da FPA. Este é o tipico jornalismo paroquial.

Albuquerque disse...

Concordo, ele deve revisar melhor seus textos. Mas, coragem ele tem e todos entenderam a mensagem.

Francisco Lima disse...

http://www.agazeta.net/politica/125-noticias2/6249-acre-institui-seu-sistema-de-inteligencia.html

Acre institui seu sistema de Inteligência

PERAÍ, O GOVERNO DA FRENTE POPULAR, DA FLROESTANIA, DOS IDEAIS DE CHICO MENDES E PLÁCIDO DE CASTRO CRIOU UM SNI? UMA ABIN? UM DOPS?

Pietra Dolamita disse...

Caro Jornalista,
A realidade é que existe uma falta de respeito ao leitores e descaso com o uso da língua, ou por falta de conhecimento, ou pela falta de leitura, ou pelo simples deboche com toda uma sociedade que saber ler, ou pelo menos pensar saber.

Reinaldo disse...

Meu Deus, como é que uma pessoa dessas escrve em um site de notícias? Erros grotescos e básicos iguais a esses nem alunos do Ensino Médio cometem.

Saudações paroaras Altino...

Arimateia disse...

Tá explicado os cálculos que ele fez sobre o patrimonio do deputado Moisés Diniz!!!! kkkkkkk!!!!!!!!!!!