quarta-feira, 25 de maio de 2011

UM DISCURSO HISTÓRICO

Citando os "pequenos produtores", a Amazônia e até Irmã Dorothy, a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) defende na Câmara o novo Código Florestal. O discurso é de lascar. Os ruralistas agora aplaudem os novos aliados do ambientalista Chico Mendes.



"Sr. Presidente, colegas Parlamentares, pensei muito se subiria a esta tribuna para discutir o Código Florestal, mas quero dizer ao meus colegas e aos nobres pares que no terceiro mandato de Deputada Federal jamais poderia assistir a um debate como este, em que alguns que defendem a Amazônia como santuário da humanidade e outros que querem devastar nossa Amazônia não conseguem se entender e votar um Código que garanta a proteção de nossas florestas e, ao mesmo tempo, o desenvolvimento do País.

Eu não poderia me calar, Sr. Presidente, sabendo de onde vim e quem sou. Saí do seringal aos 14 anos, quando fui ver energia elétrica e televisão pela primeira vez. Durante muitas noites dormi ouvindo o ronco das onças e comi, às vezes, carne de macaco, quando criança para sobreviver.

Então eu não poderia ficar fora de um debate como esse, um debate que interessa aos pequenos produtores da Amazônia, aos homens e mulheres que estão passando fome na floresta porque alguns bacanas adoram defender o meio ambiente a partir do Planalto Central. Outros adoram defender o meio ambiente a partir desta tribuna. Outros até acham que defender o meio ambiente é fazer manifestações na Avenida Paulista.

Defender o meio ambiente, Sr. Presidente, é subir e descer rios nos seringais da Amazônia, é ver a situação de miséria em que vivem hoje homens e mulheres que moram no interior da nossa grande floresta, maior riqueza do Brasil. Enquanto isso, o País deixa esses pequenos produtores passarem fome.

Aliás, Sr. Presidente, hoje a proposta do Código Florestal mais condenada pelos bacanas é — o Relator, Deputado Aldo Rebelo, ouviu-me e resolveu colocar isso em seu projeto e em sua proposta de relatório — a que isenta os pequenos produtores da Amazônia dessas multas absurdas que têm sido aplicadas pelo IBAMA.

A maioria dos homens e mulheres que vivem hoje na Amazônia estão inadimplentes. Os homens estão acabrunhados com o tamanho da dívida que têm nas costas e não conseguem pagá-la. Mesmo que consigam vender sua pequena propriedade, não conseguem arrecadar o dinheiro, tamanho o número de multas que têm nas costas.

O pequeno produtor sequer tem condições de pagar um advogado para interpretar a legislação atual depois de tantos decretos que saem da Casa Civil, da Presidência República ou do Ministério do Meio Ambiente. Não sabemos nem quantas leis são hoje acerca da legislação ambiental.

O pequeno produtor da Amazônia não tem dinheiro para pagar consultoria, para legalizar sua situação e garantir o cumprimento da legislação ambiental de hoje. Isso é um crime contra quem mora na Amazônia, colegas Parlamentares presentes.

Acho um crime tão grande deixarem soltos os assassinos da Irmã Dorothy, aqueles que desbastaram a floresta do Pará, mas botar na cadeia o pequeno produtor da Amazônia, que derrubou uma árvore para construir a casa de uma filha que vai se casar, por ter cometido um crime ambiental?

Então, como estamos tratando o grande, aquele que consegue se defender, que tem condições de ir ao banco solicitar financiamento, de pagar consultorias, de pagar advogados? Estamos tratando-o com a mesma régua e com a mesma medição como tratam aqueles pequenos coitados da Amazônia?

Portanto, Sr. Presidente, como defensora da Amazônia, como defensora das florestas, defendo a necessidade de esta Casa votar o Código Florestal, porque é importante para o desenvolvimento do Brasil.

Somos o único país no mundo em que se discute proteção de floresta, porque podemos bater no peito e dizer: sim, nós temos floresta. Os outros é que não têm e ficam tentando colocar moral na casa alheia.

Muito obrigada, Sr. Presidente. (Palmas nas galerias.)"

Clique aqui e guarde para as próximas eleições a lista de quem votou contra e a favor das florestas brasileiras.

27 comentários:

Marcel Marques disse...

Enquanto isso, no Pará, terra sem lei, mais um defensor da floresta é assassinado, no mesmo dia.

João Francisco disse...

Altino,

A Perpetua e o derrotado do Edvaldo são amigos dos fazendeiros do Acre. É comum voce encontrar o Edvaldo "Balsa" Magalhaes em restaurantes acompanhado com os barões das terras e destruidores da amazônia. Surpreso? eu não. Comunistas do condominio ipê e novos ricos do Acre o casal (?) não está nem um pouco preocupado em preservar as florestas do Acre.
Parabéns Sibá. Até que fim fez alguma coisa de bom.

Roberto Feres disse...

O PT rachou?

Juliet disse...

Sim, não achei o Henrique Afonso nessa lista...

ariranha disse...

Cruz credo. Ninguém está querendo punir os pequenos. Porém, usá-los para previligiar as elites é demais. A que ponto chegamos. Ambientalisas não são contra ruralistas, pelo contrário, têm muitas a ganharem juntos. A preservação ambiental garante as condições climáticas para a agricultura se desenvolver. É simples.. sem aquela não tem esta. Por quê fica difícil entender isso?

Vingador disse...

Até que enfim os Deputados do Acre começam a abrir os olhos para uma questão fundamental.
Parabéns a Deputada Perpétua e aos demais que votaram uma lei melhor do que a lei atual, sei que é dificil ir contra a idéia de preservação pura e simples.

ALTINO MACHADO disse...

De um velho amigo, paulista, leitor do blog, a quem não pedi autorização para citar o nome no comentário a seguir:

"A sua amiga comunista tem que deixar de ser besta. Há muito tempo o PCdoB deixou de ser um partido de esquerda. É apenas mais um projeto de poder. Conservador e reacionário.

Estive sexta passada, começo da noite, numa manifestação em favor dos povos do Xingu, em São Paulo. Cheguei atrasado, quse no fim. Sentei ali procurando algum conhecido e ouvi conversa de um grupo de jovens. Falavam de organizar um grupo armado para contra-atacar pistoleiros e desmatadores na Amazônia, como a guerrilha do Araguaia. Não falavam de brincadeira, parecia uma idéia que vem sendo amadurecida. Me aproximei deles, evidentemente se dispersaram. É o embrião de algo que pode acontecer a qualquer momento: quando as instituições democráticas falham em responder às necessidades do país, sempre pode haver quem se canse e decida apelar para a violência contra a violência."

Acy disse...

Parabéns Deputada Perpétua, precisamos de representantes assim, onde defendam os sem vóz e sem vez. Hó Pátria Amada... Onde andas Mãe Gentil? Não temos mais Paz no nosso habitar, nem tão pouco segurança, saúde? temos que ter dinheiro no bolso para nos curarmos das enfermidades. Segurança? temos que vivermos enjaulados como féras perigosas...Socorro Pátria!

ISAAC RONALTTI disse...

Realmente o PC do B tornou-se apenas mais um projeto de poder. Não há o que discordar do nosso colega anônimo. Engraçado é ver o matutino noticiando que Dilma ficou enfurecida com a votação. O PC do B é tão esquerda quanto os discursos multifacetados governistas do "camarada" Moisés - discursos estes que já enfurecem até seus conterrâneos.

Leila Ferreira disse...

Parabéns ao Sibá pela postura descente nesta votação. A deputada Perpétua e os demais deputados do pais, que votaram a favor deste código, deveriam discutindo e elaborar um projeto de sustentabilidade onde os pequenos produtores, seringueiros, ribeirinhos, extrativistas e indígenas sobrevivam sem destruir a floresta, e isso que deveria está sendo discutido novas alternativas de produzir sem derrubar a Amazônia e parar os “discursos afinados”, sobre esse código onde muitas partes beneficiam ruralistas, todos sabem que os grandes tem condições de produzir, tem toda tecnologia de produção em suas mãos produz a custa de maquinas agrotóxicos poluindo os rios e igarapés retiram madeira de forma irregular ainda querem anistia de suas irregularidades.

Charles Batista Brasil disse...

concordo que o PC do B é só mais um projeto de poder, nas mãos dos petistas. E além do mais, o código florestal aprovado na câmara federal ainda vai para o senado e se não for alterado no senado, coisa quase impossivel, vai para a presidente dil-má...vetar ou não.
defender os grandes latifundiários do país é fácil, são eles quem bancam as campanhas eleitorais, e agora é que tem que mostrar serviço se não na proxima eleição não tem dimdim....

o que vinga é a oportunidade e conveniência política de cada grupo, tão somente isso.

Acy disse...

Quanta demagogia de certos ambientalistas, mas adoram ir ao restaurante e pedir uma picanha para comerem! Deixem o Brasil crescer! deixem os ruralistas trabalharem, a terra é féstil e existem homens que querem trabalhar na terra sem agrdí-la. Não tém letra de música mais bela que a dos compositores Tom e Ravel: -Obrigado ao homem do campo pelo leite, o café e o pão...

Enzo Mercurio disse...

A Floresta é linda vendo de cima , os Europeus adoram vim fotografar , ficam maravilhados ; depois que se cansam voltam para suas mansoes geralmente feita de madeiras da amazonia .
a unica coisa que ninguem ver sao os que moram na floresta ; esse coitados ninguem fotografa , ninguem quer saber deles , passam fome , doenças e degradaçao.
Isto a midia nao expõe , os deputados nao falam deles e os Europeus acham que sao indios.
Como no seriado LOST eles saos os "outros ".

Acy disse...

Obrigado ao homem do campo
Pelo leite o café e o pão
Deus abençoe os frascos que fazem
O suado cultivo do chão

Obrigado ao homem do campo
Pela carne, o arroz e feijão
Os legumes, verduras e frutas
E as ervas do nosso sertão

Obrigado ao homem do campo
Pela madeira da construção
Pelo cocho de fios das roupas
Que agasalham a nossa nação
Pelo cocho de fios das roupas
Que agasalham a nossa nação

Obrigado ao homem do campo
O boiadeiro e o lavrador
O patrão que dirige a fazenda
O irmão que dirige o trator

Obrigado ao homem do campo
O estudante e o professor
A quem fecunda o solo cansado
Recuperando o antigo valor

Obrigado ao homem do campo
Do oeste, do norte e do sul
Sertanejo da pele queimada
Do sol que brilha no céu azul
Sertanejo da pele queimada
Do sol que brilha no céu azul

E obrigado ao homem do campo
Que deu a vida pelo Brasil
Seus atletas, heróis e soldados
Que a santa terra já cobriu

Obrigado ao homem do campo
Que ainda guarda com zelo a raiz
Da cultura, da fé, dos costumes
E valores do nosso país

Obrigado ao homem do campo
Pela semeadura do chão
E pela conservação do folclore
Empunhando a viola na mão
E pela conservação do folclore
Empunhando a viola na mão

Música letra: Dom e Ravel

joao disse...

O PC do B é tão esquerda quanto o PT do Acre. O pelotão do esquecimento das velhas lutas e dos principios comunistas. Bando de defensores do que há de mais retrogado na politica. Adoram uma retórica (pra bobo engolir) que, por aqui, o Moises Diniz é o campeão. Já o Edvaldo Magalhães, mais realista, nem se dá ao trabalho de gastar saliva - esse é mais convicto de que mudou da água para o vinho, ou da idéia de esquerda para a de direita. Nós estamos de olho.

Diógenes disse...

Parabéns ao Sibá.
Novamente mostrou-se altamente capacitado para fazer o que lhe mandam, afinal não é pela luta para conservar a floresta, no que dependesse de sua vontade votaria igual aos comedores de criancinhas (comunistas) patifes.

cplauto disse...

O problema no Brasil não são as Leis, tem lei até para dizer o que já está dito, boas ou ruins, para uns e outros, sempre há impunidade. Uma vez no poder, poderiámos ter o direito de vetar também os políticos, assim não teriámos que espera 4 anos.

Regina Cavalcanti disse...

A Deputada, “defensora das florestas”, esquece que mais de 40% da área rural do país é composta de pequenas propriedades, e com o novo Código Florestal elas poderão desmatar 100% de suas áreas que não forem de preservação permanente. Imaginem o que acontecerá... Aliás, só a expectativa de aprovação do novo Código já é apontada como a causa do aumento do desmate nesse ano na Amazônia, mais especificamente no Mato Grosso.

Cleísa disse...

Foi lamentável o que vimos ontem com a votação do Novo Código Florestal.
Nossos representantes, deram uma boa mostra da típica política brasileira, imediatista e populista. Usaram os pequenos produtores como desculpa para justificar a sua incompetência para resolver a raiz do problema responsável pela aparente e falsa incompatibilidade entre produção familiar e preservação ambiental: a falta de uma política agrária e agrícola consistente para o país. Talvez nossos representantes desconheçam, e se isso acontece, é por pura irresponsabilidade, que anistia de multas para produtores rurais já é previsto pela legislação ambiental atual. No entanto, se isso for disseminado, vão precisar explicar porque não são aprovados recursos suficientes para a realização de uma reforma agrária e uma assistência técnica mais eficazes para solucionar o problema da produção familiar no país. Infelizmente, ontem vimos foices, facões e motosseras se unirem contra o povo e a vida, uma vez que a aprovação do Novo Código em nada irá mudar na realidade do pequeno produtor que continuará desassistido só lhe restando, no futuro, um pedaço de terra infértil e árida e essa conta será dos que votaram a favor do Novo Código.

Renaldo disse...

PCdoB, o DEM da nossa velha e nova "esquerda"!

Chagas Batista disse...

A compreenção de que o planeta está no limite é praticamente unânime.

A mudança do clima tem se manifestado de diversas formas. Aquecimento global, a maior freqüência e intensidade de eventos climáticos extremos, alterações nos regimes de chuvas e nas correntes marinhas, retração de geleiras e a elevação do nível dos oceanos.

O problema é que, um meio ambiente saudável tem um custo e quem realmente conhece a realidade das populações da floresta sabe que a situação é extremante difícil. A legislação ambiental atual não tem ajudado minorar o sofrimento dessas pessoas, pelo contrário, tem criado mais dificuldades.

Assim, entendo que somente com discursos preservacionista, ( que é muito bonito)não vamos resolver os problemas,salvo para aqueles que acham que nós seres humanos somos a pior espécie existente no planeta terra.

Tenho lido a proposta no novo código florestal e sinceramente, não vejo algo que possa ser tão absurdo e incompatível com a preservação e o desenvolvimento econômico e social do nosso país.

É apenas uma humilde opinião. Nessa briga de gente muito sabido, como diz o poeta, Prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ser aquela velha opinião formada sobre tudo.

Estou Sabendo disse...

PCdoB e PT são iguais, se igualaram em fazer tudo aquilo que combatiam. Descobriram que o capital, principalmente o do povo é melhor do que viver fazendo greves e movimentos sociais.

Altemar disse...

?
:
-
- ...
!
.

Marcel Marques disse...

Idéia de Herbert Lopes, companheiro de causa, que acredita em uma conspiração Leninista:

1.. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;

2.. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;

4.. Destrua a confiança do povo em seus líderes;

5.. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

6.. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7.. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8.. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9.. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10.. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa...

tudoverdeacre disse...

Uma vez votei em Perpetua a pedido de minha pequena filha e hoje essa pequena já é grande e me diz que tem vergonha de um dia ter me feito esse pedido...Que tristezaaaa!! (ainda bem que foi só uma vez)
Hoje sinto-me de luto!!!

Tania disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tania disse...

ah, sim e o Thaumaturgo Lima, que foi o ÚNICO do PT que votou a favor da Emenda 164, que tinha orientação contrária do partido e do governo? Esse ai é que devemos questionar. Que pretende esse senhor, alguém me diga..........