terça-feira, 17 de maio de 2011

AMANDA GURGEL

Depoimento da professora em audiência pública sobre educação na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

80 comentários:

padilha disse...

Caro Altino,

Lá como aqui! e disse Amanda Gurgel.

Padilha

G. disse...

Parabéns Amanda, pela sua coragem. Sua avaliação está claríssima e correta. Obrigado por lutar por esta classe tão esquecida.

Eu, como professor da educação superior, não tive tanta garra e abandonei a sala de aula a tempos.

Guilherme
phylos.net

Jack disse...

Jackson Cardoso
email: jackson.cardoso.rn@gmail.com

Sou Acreano mas moro em Natal/RN à 15 anos, Educação aqui como em outros Estados é levada na brincadeira, a atual Secretária de Educação do Estado a Sra. Betânia Ramalho como Técnica vinda da UFRN - Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Norte está decepcionando a todos os Potiguares. Eu ainda tinha a esperança de como ela a Secretária sendo técnica não cargo político em melhorar a Educação do RN, mas é incrível ver como Bêtania mudou a entrar como Secretária da Educação! Uma pena isso todo o estado perder!

Sinplac disse...

A função social de todo discurso blasé de "flexibilidade", "evitar radicalizações", "ser racional" está exposta como numa vitrine nesse vídeo.
.
Em nome da "sensatez", da "razão", cria-se uma aliança espúria entre partes totalmente desiguais. Entre explorados e exploradores, entre proprietários e possuídos.
.
Isso serve para dar uma falsa sensação de sensatez e progresso, quando na verdade não passa de uma IDEOLOGIA DE DOMINAÇÃO E CONTROLE.
.
Um aviso: nem sempre o caminho do meio é uma solução real.
.
Outro aviso: em toda a história de luta de movimentos dos trabalhadores não houve UMA MÍSERA CONQUISTA, uma sequer, que não tenha sido conquistada com muita luta, às vezes com prisões e até mortes.
.
Em dezembro de 1988, um desses heróis morreu entre nós.
.
Por que é tão fácil esquecer isso?

cplauto disse...

8m30s, todos sabem que o tempo que levou o desabafo da professora, curto, ecoado na rede social, ainda assim, tenha sido uma gota no oceano. Nossos sacrifícios não interessam a ninguém. Mas, ninguém pode aceitar a idéia de que não é parte do todo, convivendo em sociedade. A escola e a academia são berço e o ninho de quem procura apreender, e por sí, ser mais um a contribuir com o ensino atráves do estudo a que se dedicou. A professora compartilhou sua educação e sua indignação, não por uns trocados, mas para provocar aqueles que por irônia do destino recebem nosso voto, nossa confiança de que um dia vamos mudar para melhor. Mas como? O Sistema, feito para não funcionar, a falta de educação parece ser tudo, mero engano. Existem outras mazelas enraízadas em nossa cultura, a falta de: saúde pública, de moradia, de saneamento básico, ainda o medo da escravatura (preconceito), independente da cor, credo ou opção sexual. Vivemos conquistando de um lado e perdendo do outro. Viva! a professora que não teve medo de se expor. Os políticos? na sua maioria, ignoram o fato de viverem com o dinheiro público e se resumem frutos das mazelas de um país que ainda tem muito o que apreender.

joao disse...

Manifestação de quem sente - lembro de outras épocas, aqui, em que Naluh, professora, sentia; Edvaldo, professor, sentia; Moisés Diniz, professor, sentia; Marcos Afonso, professor, sentia, e tantos outros que deixaram de sentir. Melhor: aprenderam a deixar de sentir (é conveniente deixar de sentir), embora a realidade da educação não tenha justificado tanto assim essa ausência de sentimento. O resto é discurso falso, passado, até que o mundo se exploda.
(faz tempo que eu não ouço tanto sentimento ser dito verdadeiramente)

Fátima Almeida disse...

O Governo não quer explicar como o patrimônio do Palocci aumentou em vinte vezes em apenas quatro anos. No nosso caso começo a pensar que todo o problema é mesmo de mediocridade. Ouvindo a FM aldeia sou obrigada a ouvir o Marcos Vinicius historiador preferido do Jorge Vianna falando sobre fatos da História do Acre de forma pontual sem contextualização, sem os links necessários para apreensão de uma totalidade. Hoje a noite fui à palestra de Laurentino Gomes, autor desses livros de "história", 1808, 1822, pensando que iria ouvir algo interessante. Eu não li esses livros, houvesse lido não teria ido.Ele ficou falando de eventos que sucedem na Historia do Brasil de forma muito aquém do que nossos professores de História formados na UFAC vêm fazendo. Todos eles estudaram teoria da História, todos eles não trabalham com a história evénementielle que predominou no final do século dezenove, combatida e destronada pelas Anales francesa.E ele veio convidado, com platéia de alunos e todos se divertiam quando ele falava aquelas bobagens tipo que d. Pedro I teve diarréia no dia da proclamação da Independencia. Um certo Flávio da UFAC lembrou que d. Pedro I era "insaciável" e o outro que o mesmo teve 190 filhos. A coisa toda virou um programa de humor. Lembrei do Gerson e de como ele ficaria vermelho de raiva se estivesse ali e logo vi que a otária era eu, de ter saído de casa para tal evento.Inacreditável. Inacreditável que o Governo do PT e do PC do B, presumidamente ninho de marxistas, stalinistas e gramscinianos estejam patrocinando isso, e ainda dando certificados.

Joema disse...

Amanda, mulher guerreira e brilhante.
Tanto pra se consertar no mundo e como dizia Hipocrates " a arte e longa e a vida curta". Outra vez seu post me inspira, Altino.

Grande abraco,

Joema.

Leila Ferreira disse...

Depois deste discurso da professora Amanda e bem provável que ela seja demitida, como foi o caso da diretora que falou sobre merenda estragada em reportagem feita pela rede globo em escolas de diversos estados e após a matéria divulgada foi demitida.

Leila

lukinha disse...

apenas uma palavra! " LAMENTÁVEL "

Breno Cardoso disse...

corretíssimo isso, muitos desistem do sonho de ser professor por causa dessa situação

Altemar disse...

Ditadura da infelicidade.

...Biblioteca EaD de Paranavaí!!!... disse...

Parabéns! Amanda. Fiquei emocionada com tanta verdade, inteligencia e coragem. Alguem tem que fazer a diferença numa classe.

cristiano disse...

CRISTIAN SILVA,PARABÉNS AMANDA,O CAOS NÃO É APENAS NO RN, É EM TODO O BRASIL.A EDUCAÇÃO, A SAÚDE NUNCA SERÃO PRIORIADE SE O POVO BRASILEIRO NÃO ACORDAR!!

Marcelo Pinheiro disse...

caro Altino, explanação suscinta e direta dessa guerreira-professora, como uma flexa cortante, na consciência dessa cambada de político que nada faz. Gostaria de levantar junto com você e os sábis internautas que o leêm uma nova bandeira. Vamos levantar a bandeira dessa guerreira e estimular a sua candidatura a vereadora do estado que educa. Só assim, elegendo pessoas conscientes sobre nossa educação é que poderemos virar a mesa e realmente coolocar nosso país no altar mais alto em relação a educação, desenvolvimento e tecnologia.

Marcelo Pinheiro
cmpinheiro@msn.com

Claudio Brites disse...

Curta e divulgue, por favor: #MOVIMENTOAMANDAGURGEL: Esta página é em homenagem à fala da Professora Amanda Gurgel. A fala da professora colocou em pauta o óbvio, mas um óbvio ignorado, banalizado. Objetividade, ações práticas. Junte-se a nós, faça barulho, não permita que o que foi levantando pela professora só vire mais? um hit do Youtube.
http://on.fb.me/jpnkHW

João disse...

Parabéns Professora AMANDA GURGEL. Parabéns a seus familiares que lhe souberam transmitir princípios básicos de ética e da moral. Você é uma maravilha de pessoa que aumenta um pequeno grupo de brasileiros autênticos, decentes, entre outros: Rachel Sheherazade, Lucia Hippolito, Salete Lemos, Sônia Bridi, Miriam Leitão, Ana Maria Braga, Dom Manuel Edmilson Cruz, Divaldo Pereira Franco, Boris Casoy, Heródoto Barbeiro, Alexandre Garcia, Arnaldo Jabor, Luiz Carlos Prates, Dr. Lair Ribeiro, Dr. Drauzio Varela, José Antonio Reguffe, Max Gehringer, João Dória, Carlos Alberto Sardenberg, e outros tantos que a memória me falha. Pessoas como vocês deveriam ocupar as emissoras de TV e rádios, para transformar em poucos anos nosso país. ÉTICA E MORAL deveria ser o pré-requisito para ser apresentador de programas. Daí sim, podermos sentir honrados de ser Brasileiros. "HÁ QUEDAS QUE PROVOCAM ASCENSÕES MAIORES. Shakespeare " João Wanka, adv., BLUMENAU/SC- BRASIL.

G. disse...

Necessário é, também, lembrarmos de que não foi apenas a elite ou a classe dos governantes que abandonou a educação.


A sociedade brasileira inteira (ou quase inteira) virou as costas para a educação. Quantas vezes participei de reuniões escolares (em escolas particulares) na posição de pai, para ouvir pais e mães reclamarem que o banheiro da escola está sujo, de que as mensalidades estão caras, ..., ou outro assunto de natureza não acadêmica.


Para não faltar com a verdade devo dizer que já ouvi sim, pais reclamarem do conteúdo curricular: reclamam que o inglês ou a matemática está difícil demais e que eles não estão sabendo ajudar seus filhos em tarefas escolares. Nunca vi ou ouvi um pai questionar a escola sobre salários pagos a seus professores ou pedir para que o conteúdo curricular fosse aprimorado!


Como já disse: a sociedade brasileira virou as costas para a educação.


Guilherme - visite o meu site (sobre educação e cultura)
phylos.net

Andréia Berretta disse...

PARABÉNS AMANDA, VC CONSEGUIU DIZER TUDO O QUE TODOS OS PROFESSORES BRASILEIROS QUEREM E NÃO TÊM CORAGEM!

Vilma Monteiro disse...

Vejamos: Muito me preocupa com a atitude da nossa brasileira que foi feliz com as suas colocações e de alguma maneira representou toda a sociedade que reconhece o valor da educação, mas sejamos cuidadosos de nos juntar a ela pra enfrentar os seus perseguidores que virão logo depois que passar a febre de toda essa repercussão e se farão presentes sem que tenha como se defender dos ditos poderosos... Deveremos garantir a nossa colega de trabalho e de causa todo nosso apoio para o que poderá lhe aguardar.
Professora Vilma Monteiro (blogueiros unidos em defesa da corajosa professora Amanda Gurgel)

Vilma Monteiro disse...

Vilma Monteiro

Vejamos: Muito me preocupa com a atitude da nossa brasileira que foi feliz com as suas colocações e de alguma maneira representou toda a sociedade que reconhece o valor da educação, mas sejamos cuidadosos de nos juntar a ela pra enfrentar os seus perseguidores que virão logo depois que passar a febre de toda essa repercussão e se farão presentes sem que tenha como se defender dos ditos poderosos... Deveremos garantir a nossa colega de trabalho e de causa todo nosso apoio para o que poderá lhe aguardar.
Professora Vilma Monteiro (blogueiros unidos em defesa da corajosa professora Amanda Gurgel)

GabrielaJaquet disse...

AS PALVRAS DA COLEGA SÃO IRRETOCÁVEIS: SIMPLES SEM SER SIMPLÓRIA A PROFESSORA AMANDA DISSE TUDO O QUE ESTES POLÍTICOS SAFADOS JAMAIS IMAGINAVAM OUVIR EM UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA.SOU PROFESSOR E TENHO 35 ANOS DE MAGISTÉRIO; JAMAIS VI ALGUÉM COLOCAR DE UMA FORMA TÃO OBJETIVA,CLARA E REALISTA O LIXO EM QUE SE ENCONTRA A EDUCAÇÃO NO PAÍS. E AINDA AS AUTORIDADES VEM COM ESTA DE QUALIDADE DE ENSINO.O NÚMERO DE ANALFABETOS FUNCIONAIS VAI SUBIR DE FORMA EXPONENCIAL NOS PRÓXIMOS ANOS.QUEM VIVER VERÁ ! CHEGA DE PEDAGOGISMOS BARATOS !!
EVERTON ,PORTO ALEGRE, RS

Lucafa disse...

Essa moça é um exemplo de luta e carater! Enquanto muitas outras na idade dela estão vivendo a vaidade do mundo, ela quer transformar o mundo! Me lembrarei sempre!

Elizabeth disse...

Grande professora!!! A educação está mesmo um caos não só no RN como em todo o Brasil... Precisamos acordar pra essa realidade e fazermos o que cabe à sociedade, cobrar ações, fiscalizar, afinal juntos temos esse poder. Parabéns pela coragem!!!

Elizabeth disse...

Ouvindo o discurso da professora Amanda Gurgel me lembrei desse trecho de John Donne (1572-1631)que foi o mais notável dos Poetas Ingleses metafísico e um churchman famoso pelas suas atraentes sermões.

“Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do género humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.

E a minha admiração dobra por ti. A tua dor deve ser a de milhões de brasileiros que vivem a mesma injustiça. Parabéns

*-*mari*-* disse...

amanda parabéns!!!!
você falou por muitos silenciosos deste país!!!!

maria genoveva disse...

Amanda querida parabems pela sua bvavura.eu na condição de mulher filha de Natal te adimiro e disso que o nosso páis precisa de brasileiros que diga SIM aos seus direitos NÃO para a corrupição para o discaso. Bôa sorte grandiosa professora.

angela disse...

Parabéns Amanda por representar tão bem a classe dos professores desse país... E por vc aproveitar essa oportunidade rara que nunca é dado a nós.

POWER ELECTRONICS disse...

CARISSIMA AMANDA,NAO TENHAA MEDO SER DEMITIDA,SE NOS QUEREMOS TER UM BRASIL DECENTE PARA NOSSOS FILHOS,TEM QUE RECLAMAR,COBRAR CON SOLUCOES,FALTA GERENCIAMENTO DE LOS RECURSOS,FALTA FISCALIZACION,NAO ADIANTA SO INVESTIR EN RECURSOS FISICOS,SE NAO SE INVERTE EN O CAPITAL HUMANO,A CARREIRA DO PROFESOR TEM QUE SER VALORIZADA COMO EN KOREA,A ESCOLA PUBLICA TEM QUE TER ALTO NIVEL,COMO A ESCOLA PRIVADA E UM GRANDE NEGOCIO,NAO VENHA A FALAR QUE FALTA DINHEIRO,MORO EN CEARA A QUANTIDADE DE IMPOSTOS QUE SE PAGA E UMA VERGONHA,SOMENTE UM EXEMPLO BASICO O 60% DE MI CONSUMO DE ENERGIA ELETRICA ELETRICA E IMPOSTO,E OS IMPOSTOS DIRETOS NOS ALIMENTOS SAO ALTISIMOS,ESPERO QUE EST REDE CREZCA SEM FIM E DENUNCIE ESTOS GRAVES PROBLEMAS.

Edna disse...

Parabéns Amanda pela sua coragem, sua situação não é diferente da nossa que somos professores na cidade de Timbaúba-Pe. No inicio do ano letivo houve revezamento de turmas porque não havia carteiras nem professores para atender a clientela da nossa cidade.E mais professores que tiraram licença maternidade não foram substituído, assim quando o aluno não ficava em casa ele sobrecarregava outro professor que tinha que juntar as turmas. Enfim, são muitos os desmandos e precisamos de pessoas assim como vc para lutar pela nossa classe!!!!!!!!!!!

Renato Lazzari disse...

Cara Amanda Gurgel, sem querer te desmerecer, vou te contar uma novidade: o problema da Educação no Brasil não é novidade nenhuma.

Há muito tempo que o sistema funciona da forma que vc aponta, tempo suficiente para TODO mundo já ter percebido isso. A novidade mesmo, de fato, é vc ter ganho espaço na mídia. E como acabei de ter o prazer de te ver no Faustão defendendo-se com galhardia e facilidade da mais terrível das armadilhas do sistema, o apelo à sua vaidade pessoal, me ocorreu dizer que, se vc concorda comigo, quem sabe nas próximas oportunidades vc queira frizar que:

1) "Não estou apontando esse problema para que a gente fique indignado e repita o que vem repetindo há 500 anos, que a Educação no Brasil é ruim, é para que paremos de reclamar e efetivamente façamos algo pelo bem do Brasil agora! A hora é essa!"

2) "Vc, que me assiste e que tem seus filhos fora desse sistema, em escolas particulares por exemplo, saiba que também é vítima dele na medida em que o país todo acaba sofrendo enquanto houver UM cidadão brasileiro que sofre. É da sua mobilização, pessoa que pode mais do que a maioria, que, não eu mas que o Brasil todo precisa."

Isso é um pequeno esboço, Amanda, mas as idéias que podem ser desenvolvidas são trazer a classe média para a mesma luta mostrando que ela própria acaba sofrendo prejuízo se o Brasil continuar sendo prejudicado E que sua fala não é prá reforçar a canção de Milton Nascimento, "de um gente que ri quando deve chorar"... nem riso nem choro: luta, determinação, e junto com TODOS os setores da sociedade, vitória para o Brasil todo.

Onde já se viu, 53º na Educação e 7º em PIB?!!!

Enquanto as desigualdades sociais se mantiverem, o Brasil será sempre avaliado pelo menor, mesmo o mais rico ainda será pejorativamente chamado de "brasileiro", E se as desigualdades sociais sumirem, ainda assim haverá espaço para todos.

Por um Brasil melhor a todos!

Renato Lazzari disse...

Cara Amanda Gurgel, sem querer te desmerecer, vou te contar uma novidade: o problema da Educação no Brasil não é novidade nenhuma.

Há muito tempo que o sistema funciona da forma que vc aponta, tempo suficiente para TODO mundo já ter percebido isso. A novidade mesmo, de fato, é vc ter ganho espaço na mídia. E como acabei de ter o prazer de te ver no Faustão defendendo-se com galhardia e facilidade da mais terrível das armadilhas do sistema, o apelo à sua vaidade pessoal, me ocorreu dizer que, se vc concorda comigo, quem sabe nas próximas oportunidades vc queira frizar que:

1) "Não estou apontando esse problema para que a gente fique indignado e repita o que vem repetindo há 500 anos, que a Educação no Brasil é ruim, é para que paremos de reclamar e efetivamente façamos algo pelo bem do Brasil agora! A hora é essa!"

2) "Vc, que me assiste e que tem seus filhos fora desse sistema, em escolas particulares por exemplo, saiba que também é vítima dele na medida em que o país todo acaba sofrendo enquanto houver UM cidadão brasileiro que sofre. É da sua mobilização, pessoa que pode mais do que a maioria, que, não eu mas que o Brasil todo precisa."

Isso é um pequeno esboço, Amanda, mas as idéias que podem ser desenvolvidas são trazer a classe média para a mesma luta mostrando que ela própria acaba sofrendo prejuízo se o Brasil continuar sendo prejudicado E que sua fala não é prá reforçar a canção de Milton Nascimento, "de um gente que ri quando deve chorar"... nem riso nem choro: luta, determinação, e junto com TODOS os setores da sociedade, vitória para o Brasil todo.

Onde já se viu, 53º na Educação e 7º em PIB?!!!

Enquanto as desigualdades sociais se mantiverem, o Brasil será sempre avaliado pelo menor, mesmo o mais rico ainda será pejorativamente chamado de "brasileiro", E se as desigualdades sociais sumirem, ainda assim haverá espaço para todos.

Por um Brasil melhor a todos!

J.Nunez disse...

Não preciso dizer o que penso porque porque a nossa companheira já disse tudo...
só quero dizer que estou nessa briga mais do que nunca!...

Renato Lazzari disse...

Caro Altino, estou utilizando seu blog para enviar um recado à Amanda Gurgel. Espero que, se não for estorvo, o encaminhe a ela e que aceite meu agradecimento por ter proporcionado esse espaço em seu blog.

Renato M. Lazzari

Valéria Poubell disse...

Uma única voz, de qualidade, na representação de milhões de vozes de profissionais da educação pública do nosso país.

Valéria Poubell disse...

Uma única voz, de qualidade, na representação de milhões de vozes de profissionais da educação pública do nosso país.

Gláucio Machado disse...

Altino! Vamos aproveitar o momento para dar ênfase ao movimento "liderado" pela professora Amanda Gurgel. Esse é o momento pra uma REVOLUÇÃO!

Maira disse...

Sua fala foi muito clara e expressiva.Todos nós professores estamos admirados e muito bem representados pela sua pessoa.
Parabéns pela coragem!

Maíra

Lucilla Brida Ferraz Góes disse...

CEIÇA FERRAZ
PARABÉNS AMANDA, PRECISAVAMOS DE UMA PROFESSORA CORAJOSA PARA REPRESENTAR A CLASSE, QUE INFELIZMENTE É DESUNIDA E FRACA, AQUI EM PERNAMBUCO A SITUAÇÃO É IGUAL OU PIOR DO QUE A RN,O GOVERNO DAQUI RETIROU A GRATIFICAÇÃO DO MAGISTÉRIO, E COM ELA COMPLEMENTOU O SALÁRIO, OU SEJA O PISO, E DIVULGA PARA O MUNDO INTEIRO QUE FOI O PRIMEIRO ESTADO A PAGAR O PISO.

jf.duraes disse...

Parabéns! Sou de Bh/MG, posso dizer que me senti muito bem representada através da fala da colega Amanda. Essa também é a minha fala com certeza. Júnia

♥MARÊSSA♥ disse...

como faço para fotar no10% do PIB f
para educação que amanda pediu no Fa
austao? A NA RN

♥MARÊSSA♥ disse...

VOTEM NO 10% do PIB para educação

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

O professor tem como tarefa fundamental ser portador da esperança, de um projeto de futuro, recusando-se, portanto, a aceitar que a configuração do mundo que está aí é a única possível, recusando-se a amesquinhar sua existência, negando-se a abrir mão de seu sonho de uma vida melhor para todos.
Este é o alimento, o combustível do revolucionário: esperar contra todas as desesperanças. Ainda sonho com salário digno,e com pais nos apoiando nessa luta.Com uma sociedade que volte a valorizar a educação como prioridade fundamental. Precisamos sensiblizar a comunidade para a causa da educação de qualidade democrática e desencadear um processo de recuperação salarial por aproximações sucessivas e recuperar nossa autoestima, isso só vai ser possível com a união de todos.

sgt HERNANI disse...

hernanicarlos@yahoo.com.br
Parabéns você em poucas palavras você expressou a realidade das Escolas e do ensino no Brasil. Os políticos só falam em educação no período eleitoral.Depois eles em todos os níveis ão estão nem aí para ninguém. Isto Tem que mudar. Parabéns desejo a todos sucesso no seus objetivos que também e nosso. Abraços.

marcos disse...

Você é fantástica Amanda, em poucos minutos falou mais do que várias lauda de teses de doutorado sobre a atual situação da educação brasileira. Também superou o que as grandes redes de televisão ficaram semanas e não conseguiram dizer nada de forma contundente, sempre superficial e tendenciosa. Sobre mendigar a merenda "dos alunos" (quem criou essa idiotice?) Você foi demais...

milenabae disse...

PARABENS AMANDA GURGEL PELA SUA CORAGEM
ELISABETH

MEU ESTILO disse...

Amanda Gurgel mostrou-se uma professora muito consciente e crítica, a visibilidade da educação na mídia neste momento deve ser aproveitada para que os governantes percebam que precisamos dos dezporcentodopibjá. Parabéns Amanda, e todos os professores que mostram a realidade da educação com muita coragem.

luis disse...

a professora amanda,relatou a verdadeira situação do nosso pais,e a verdadeira situação dos professores,so gostaria de pedir aos nossos puliticos que eles tivessem a mesma coragem que os professores tem. que na maioria das vezes pegam onibus varias vezes ao dia para ensinar e varios colegios, coragem de dar aula em salas que parecem caixas de fosfóro,que não são iguais as belas salas com ar-condicionado,sem estrutura nenhuma,sem segurança, quantas e quantas vezes ja ouvimos falar em casos de violência contra os professores.professor estuda e estuda muito e merece respeito,professor não é eleito para um cargo que muitas das vezes vocês não tem a maior competencia para para exercelas.parabens professora amanda.

Sarah disse...

regina diz:a escola virou creche onde os pais/ empregados depositam seus filhos para ficarem livres deles por não saberem ou quererem criá-los, para enriquecerem seus patrões trabalhando por micharia com a ilusão de que eles estão sendo educados para terem vida melhor ou/e por falta de opção educacional.só que,quem sustenta esta escola-senzala moderna,são os mesmos que empregam os pais.classe rica,comerciantes,industriais,politicos, precisam de empregado obediente e limitado.o círculo vicioso continua e se perpetua o melhor e mais barato sistema escravicionista do mundo.será que a princesa isabel pensou nisto quando assinou a lei áurea??????será até quando os políticos vão se agarrarem à zona de conforto deles para manterem este brasil de fantasia que eles insistem em apresentar na m´dia???????que amanda tenha astúcia para circular no meio dos que vão querer usá-la e saia vitoriosados que vão querer derrubá-la.regina carlos

VALDEMIR disse...

Parabéns pela sua coragem, precisamos desmistificar nossa classe política que vive maquiando os números e a condição do trabalhador honesto esta cada vez pior.E veja que nossa Presidenta, pertence ao Partidos dos Trabalhadores, estranho não.

Marcelo Anjos disse...

Parabéns Amanda venho aqui para agradecer a você pela sua coragem.
Eu não estou aguentando mais tanta injustiça nesse Brasil: um lugar onde corrupção e tráfico são sinônimos de sucesso. A educação e estudo? pra quê? se pra liderar esse país é só saber roubar? Professor, na cabeça dos nossos governantes, dá prejuízo. Infelizmente nós somos um número para cálculo de despesa.

Obrigada pelo espaço

bruna disse...

Obrigado Amanda! Suas falas para mim e demais profissionais e tudo que vivenciamos na nossa realidade escolar, e um absurdo o que os governantes têm coragem de fazer na educação, ou melhor, o que eles não fazem para a melhora a educação. No estado de Goiás esse cenário não e diferente, o governado Marconi Perillo que foi eleito por boa parte profissionais da educação, planeja realizar corte da folha de pagamento de demais funcionários, ativinha onde que eles planejam realizar mais corte? Dos professores, para isso o secretario da educação do estado de Goiás Thiago Peixoto que já vez vários anúncios decepcionante para educação, anunciou retira os contratos, mas, não pense que em Goiás as escolas estão cheios de professores, a realidade de Goiás como em todo o país falta profissionais e os concursos públicos que são realizados nos da à impressão de que e para arrecadarem verbas, o professor tem que retira do salário o seu lanche e sua locomoção, a reportagem do jornal nacional onde o profissional relator que ganha 1.600.00, gostaria de perguntá-la como você ganha esse valor? Pois estamos ate hoje repondo aula da greve que realizamos no ano passado. Mais uma coisa eu lhes digo: o estado de Goiás não vai sediar a copa do mundo, mais o governado quer fazer um estádio de futebol em Goiânia que já tem três estádios, além de estar reformando o estádio serra dourada para o jogo da seleção brasileira. Em resumo e brincadeira a forma que somos tratados.

nely sperotto disse...

È ISSO AI ..PROFESSORA AMANDA...ESTOU COM VC...SABIAS SUAS COLOCAÇÕES...ESTAMOS EM GREVE EM SC...POR ESTARMOS LUTANDO PELOES NOSSOS DIREITOS....

nely sperotto disse...

Dilma diminui 3,1 Bilhões da educação......e aumenta para 45% para o bolsa esmola...vergonha....o 7º País mais rico do Mundo...educação falida, saúde falida, segurança falida

Paulo disse...

Parabéns professora Amanda pela sua fala, pena que o que é justo e honesto está em extinção neste país. Mas devemos fazer a nossa parte. Se não formos reconhecidos nesta vida seremos, com certeza, na eternidade.

luceliafraga2010 disse...

PARABÉNS AMANDA,O BRASIL PRECISA DE PESSOAS COMO VOCÊ.QUE MUDANÇAS IMEDIATAS POSSA ACONTECER.QUE DEUS ESTEJA NA DIREÇÃO DA SUA VIDA E QUE SEJAS SEMPRE GUERREIRA!!!LUCÉLIA FRAGA

drica.ranzani disse...

PARABÉNS! PELA INICIATIVA. VOCÊ CONSEGUIU RESUMIR A REALIDADE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA. NÓS, DO PARÁ, APOIAMOS SUA LUTA, QUE É A DE TODOS NÓS. ADRIANA - ALTAMIRA-PA

Lourdinha Duque disse...

Para os governantes, que a Educação não é prioridade ninguém tem dúvida. Ontem no Domingão do Faustão ela ficou conhecida do público que não acessa internet. E... falou de forma simples e clara para a população. Noutro momento o Fausto pede que lindas moças, comissão de frente do programa, definam o que são predadores? Elas não sabiam uma elementar definição do nível de 6ª série ou 7º ano. E, isso só interessa a governantes...
Professora Lourdinha, Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo

Priscilla Paiva disse...

Para onde vai a educação brasileira.
Esta ai o motivo do Governo Federal em Financiar cursos de licenciatura, creio que daqui a uns 10 anos não havera mais professores nas escolas.
E pensar que os problemas não são só esses.. Pensar que existem problemas como a falta de material didático, hoje os professores que necessitam de material tem que comprar, tirar do proprio bolso...
Salas abarrotadas de alunos, não há condição nehuma do professor atingir um ponto positivo em 40 até 45 alunos por sala de aula.
E isto nao é so na educação basica não, os professores das "Tão Sonhadas" universidades Estaduais e Federais vem sofrendo o mesmo.
Além disso, ainda temos o problema da falta de segurança.Tournou-se comum nos noticiarios agressão de aluno a professor.. os problemas externos de calamidade publica como drogas, prostituição estão passando para dentro do muro que rodeia a escola..
E o governo ainda tem a "cara de pau" de passar projetos para que nós professores trabalhemos em sala de aula contra as drogas...
Neste caso eu me pergunto: Do que adianta projetos lindos no papel sendo que o proprio governo não faz nem 15% do que esta proposto?! Será que vão nos crucificar como Jesus Cristo em prol desta nação?
A confusão é tamanha que o jovem não pensa em um curso superior para praticar cidadania, preocupa-se somente com os "tais" cursos tencnicos.. É o sinonimo da formação a curto prazo e emprego rapido para hostentação de status.. Vemos somente o mundo Globalizado...
A pedagogia de Paulo Freire é muito linda no papel, mas infelizmente nosso país ainda não tem estrutura humana pra isso.
Gente... Aonde está a cidadania neste país?!!
Espero que professoras como a Amanda Gurgel não deixem de lutar por uma educação de qualidade.
Espero também que muitos professores que estão encostados nas escolas, que colocam a "culpa" no desanimo e na falta de estrutura, sigam o exemplo de Amanda. Pois a certeza de que os alunos que formamos hoje, podem ser os professores de nosos filhos e netos amanha.

NAINHA disse...

Parabéns Amanda,faço do seu grito os meus, pois as situações são bem parecidas no nosso ato de Educar, os governantes parecem ter copiado os seus discursos de uma região para outra.Pois tudo o que disse é também a nossa realidade em Almas no Tocantins.

Leci aparecida daros disse...

Parabéns, professora Amanda pela sua coragem e discurso, em poucos minutos você conseguiu dizer o que milhares de educadores tem vontade de gritar.
Leci

lele disse...

também aqui no estado do Pará, a situação de abandono de nossa educação é a mesma. porém quero repudiar o comentário do "especialista em educação" declarou sobre a educação no estado do Pará, que aqui ele aprendeu um novo verbo com os professores, que foi o verbo grevar. Então me digam de que forma podemos lutar por melhorias... Apenas a greve chama atenção para a situação de nossa educação. Mas mesmno assim a educação esta como esta.

aurorapmj disse...

Estamos em greve desde 09/05/11 (A saúde e a educação do município). Hoje 23/05 fui para a assembléia querendo desistir da greve pela pressão familiar. Mas ao ver a entrevista da Amanda Gurgel no faustão, motivei-me a não desistir e enviei o video da Amanda na plenária aos demais colegas professores. Obrigada Amanda, queria você em nossa cidade para palestra e motivação aos nossos colegas.
Aurora A. S. Zimmermann - Joinville/SC

Edilene Oliveira disse...

Meu nome é Edilene de Oliveira, não sou professora, sou Psicóloga de São Paulo, capital.
Há mais ou menos 6 ou 7 anos tive contato com uma escola pública, de São Paulo, por conta de uma paciente adolescente que eu atendia na época. Fizemos uma reunião na escola, para falarmos desta paciente, e na sala estava uma professora, uma coordenadora, uma das diretoras, eu e uma colega. Ao terminar o assunto que nos tinha levado até esta escola, estas pessoas, verbalizaram um pedido de ajuda. Se como Psicóloga não era possível fazer algum trabalho com elas, professoras, porque o cotidiano estava muito difícil. Na época não entendi direito que isso era um pedido de ajuda. Como estava sem poder desenvolver um trabalho com elas e para elas, deixei pra lá. Só fui me dar conta do pedido de ajuda 2 anos depois quando liguei para essa mesma escola para pensarmos em algum trabalho juntas, e soube que uma das profissionais, que estavam naquela sala, naquele dia havia falecido de câncer.
Há 3 anos tenho pensado muito sobre a ALMA dos professores. Guardo notícias. Gravo reportagens. Estudo sobre algumas doenças psicossomáticas, enfim, faço um movimento silencioso a respeito desses profissionais. Procurei, por diversas vezes, pessoas que se juntasse a mim para desenvolvermos um projeto, um trabalho, um pensar junto a respeito, e só encontrei pessoas que concordaram comigo na necessidade e sempre diziam: “É, os professores precisam de ajuda, e como precisam!”, mas ninguém, absolutamente ninguém, quis abraçar comigo uma possível proposta de trabalho. Por isso, o meu movimento foi silencioso.
Como fiquei feliz em saber que tem alguém, Prof.ª Amanda, que teve mais coragem do que eu, para explicar alguns dos pontos que podem adoecer essa PESSOA que tem a profissão de professor.
Altino, muito obrigada por conceder-nos esse espaço para pelo menos um desabafo. E espero sinceramente que eu consiga fazer o meu movimento com um pouco mais de barulho ou menos silencioso.

Ilce Stockmans disse...

Grandiosa Amanda Gurgel. Merecedora de nossos aplausos e nosso respeito pela coragem.


Ilce Stockmans

Paralização Total disse...

Aguardo o momento em que o Governo admita e abra falência de todos os setores, educação, saúde, segurança, transporte, moradia, entre outros. É triste, a meses atrás países da Europa estiveram no Brasil para tirar um modelo de tecnologia, justamente a Urna Eletrônica, que é o que interessa aos ladrões de colarinho branco. Ficha limpa é uma fraude, políticos corruptos, colocam seus filhos nas candidaturas. A reforma previdenciaria foi pra Grego ver. Devemos entrar em greve sim, mas devemos encarar o governo e fechar tudo, bancos, aeroportos, rodovias, correios, não pra melhoria de salário de professores, mas pra investimentos em todos os setores, devemos acabar com os corruptos. Eu tenho um projeto, é muito radical, mas é funcional e não agradaria boa parte da população(ao menos os que estão mamando dos cofres públicos). Paralização já e inclusive na copa do mundo, vamos fechar os aeroportos, assim eles vão nos ouvir.

Ligia disse...

Está corretíssima, quanto mais gente apoiar e colaborar mais chance teremos de mudar essa situação.

. disse...

Parabéns professora Amanda Gurgel, você mexeu com milhões de pessoas, nós brasileiros acreditamos que isso pode ser mudado, basta de desvalorizar as pessoas que podem mudar o futuro do país.

josefa maria disse...

Parabéns amanda você deu voz a muitos professores e falou com muita propriedade de todas as dificuldades vividas por nos em sala de aula.sou professora de creche e passo por problemas piores pois nem o giz eu tenho , falta tudo de material ao respeito

Meu nome é Daisy. disse...

Hj em dia as escolas são encaradas por muitos como depósitos de crianças e não instituições educacionais, muitos professores precisam trabalhar mais para poder manter o minimo necessário para viver dignamente,quando a situaçao é precaria em nossas escolas públicas, surge esta voz lá do RN e fala com clareza, sinceridade e verdade o que todos os professores do Brasil sabem e sentem na pele todos os dias. Parabéns, Amanda. Você merece toda a nossa admiração e apoio. Tua voz é a nossa voz.

Madalena disse...

Elisabeth disse:

Oxalá nossos governantes acordem para a lamentável situação em que se encontra nossa educação.

Prof. Rogério Paiva Castro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amo trabalhar com crianças disse...

Parabéns Amanda, você merece toda nossa gratidão e respeito, pois teve ousadia e coragem para dizer ao Brasil parte do que nossos governantes fazem com a educação dita por ele em seus mentirosos discursos de campanha politica como sendo prioridade.
Vejo em você uma mulher guerreira.
Muito obrigada colega, nós professores nos alegramos com seu (nosso) desabafo.
Você é fantástica!

Leo disse...

Está mais que na hora dessa classe se unir e (re)discutir a Educação a partir de suas vivências.

Teorias dissociadas da prática não nos servem; importação de modelos europeus não nos cabem.

Que tal criarmos um Movimento Unificado de Professores?

Vamos aderir a essa ideia?

Sou professor de ensino fundamental em SP e, por aqui, a catástrofe é a mesma!

Katia disse...

Não tiro o mérito do uso das palavras adequada na defesa dos salários e as condições de vida dos nossos educadores no País , mas por traz desse discurso agora vejo que a mesma nao estava em sala de aula e estava usando o momento oportuno como conhecedora das proposta do PSTU em sair candidata , entao vejo que agora ela será mais uma na politicagem do Brasil o melhor farinha do mesmo saco , será mais uma a comer do bolo ,,!!!!!

professora socorrinha disse...

Assim como vc Amanda,tbm sou professora e apaixonada pelo que faço.Mas ,apesar da nossa profissão ser uma das mais necessárias,é uma pena que seja vista de qualquer jeito.Como vc falou,somos professoras sim ,mas não somos as salvadoras de toda uma nação.É uma pena que pessoas como vc ,que tem a coragem de expor sua opinião seja vista como uma ameaça paras essa sociedade ,em que bons são as pessoas hipocritas.Parabéns pela sua coragem.

Luiz disse...

se tivessemos mulheres como Amanda no congresso ao invés desta corja de bandidos, nosso pais seria diferente, sou seu fã Amanda assim como milhões de Brasileiros, sorte e força.

maria helena disse...

Faço minhas as palavras da Prof. Amanda.Também, Professora e Psicóloga; Aposentada por Invalidez Permanente, quero acrescentar que nós sevridores públicos fomos presenteados em 12/2003 pelo então governo do partido dos trabalhadores com a EC 041/2003 que reduziu os rendimentos do servidor aposentado por invlaidez e retirou-he o direito da paridade.
Voces podem conferir isso no site 'quero aprovação da pec 270/2008' que aguarda há 3 anos para votação no Congresso; de autoria da Deputada Andreia Zito. Acesse o site MOSAP e vote no manifesto pela aprovação da pEC 270 que possa resgatar o direito dos rendimentos integrais ao servidor que se aposentar por invalidez permanente ! Nunca se sabe do dia de amanhã !
Além do prof ter apenas o giz e o quadro negro enquanto tem saúde;porque se a perder, tambem perderá seus 930,00 ...
Abraços
Maria Helena

PROFESSORA LUZIA disse...

Amanda ,parabéns, isso é que é ser educadora de verdade ,tem argumentos suficientes para dar bronca em governantes que cobram sem saber a realidade das salas de aula .

Apelido indisponível disse...

Caiu a máscara de Amanda, agora que ela apareceu no programa eleitoral do PSTU. Tudo o que fez antes tinha como finalidade dar visibilidade ao partido e à sua futura candidatura a algum cargo eletivo - logo ela, que fala mal dos políticos em geral. Deixará de receber o piso nacional que é hoje de R$ 1187 mensais (e não 610, como o PSTU divulga) e passará a fazer parte dos 10% mais ricos do país.