sábado, 2 de abril de 2011

RESPOSTA DE PASCOAL MUNIZ

"Prezado jornalista,

Considerando matéria veiculada no seu blog, datada de terça-feira, 29 de março de 2011, sob o título “Luci Maria Teston”, temos a esclarecer o seguinte:

Durante o período de admissão da referida professora aos quadros da Universidade Federal do Acre (Ufac), não assumi a reitoria da instituição, não autorizando, portanto, qualquer contratação;

Todas as contratações da Ufac obedecem aos procedimentos legais de rotina na instituição;

Não sou candidato a reitor;

Lamento o envolvimento de membros da minha família. Neste caso, esclareço que a minha esposa fez parte de uma comissão da Secretaria de Ciência e Tecnologia há três anos e foi convidada para retornar a esta comissão.


Ela é técnica em informática, formada pela Universidade Católica de Pernambuco; graduada em Ciências pela Universidade Federal do Acre; especialista em Economia do Trabalho, pela Unicamp; e cursou o Mestrado em Economia e Meio Ambiente pela Unicamp.

Respeitosamente,

Prof. Dr. Pascoal Torres Muniz
Vice-Reitor"


Meu comentário: o vice-reitor Pascoal Muniz está parcialmente com a razão, pois apenas articulou e defendeu a nomeação da professora Luci Maria Teston. Na verdade quem assinou a nomeação foi a reitora Olinda Asmar, claro. No mais, não mencionei o nome de sua esposa. Fiquei sabendo que voltou a ocupar cargo no governo a partir dos comentários feitos por leitores deste blog.

3 comentários:

Fala Caserna disse...

Coitado deste Estado que se quer novo mas em si sempre assume as velhas práticas.

Alysson disse...

Depois de tanta idiotice que tem acontecido, como essa Olinda não sucumbi?

ENFERMAGEM disse...

Deixe-me falar a verdade sobre a nomeação da esposa do pascoal muniz, e se procurarem outras pessoas ligada a área da saúde na ufac no governo vai encontrar.
É que o "Govverndor" tião Viana quer acabar com a classe da enfermagem no Acre, dando curso superior de enfermagem por quilo, do tipo pega todo mundo e transforma em enfermeiro, e precisa destas pessoas na UFAC para aprovar tal interesse.
E o COREN fica ineert com tal situação, pois nosso presidente é um vendido.
Fique atento altino para tal fato que levanto aqui no seu blog