sexta-feira, 20 de agosto de 2010

MEU DESPERDÍCIO DE ÁGUA

Também contribuo para o desperdício de água potável durante esse período de estiagem amazônica em ano eleitoral, quando colonos e pecuaristas queimam o que bem entendem e nos castigam com muita fumaça.

Ligo a bomba elétrica do poço semi-artesiano e deixo a água jorrar livre debaixo do pé de caju. Por perto, digamos, existe gente com fome, sede e necessidade de banho para aliviar a temperatura de 39ºC desta tarde, com 21% de umidade relativa.




11 comentários:

Pensentimentos disse...

Sortudo...
Mora muito bem ;)

ALTINO MACHADO disse...

A única coisa que me "incomoda" por aqui é o "barulho" dessa "gente", às centenas, o dia inteiro. Como dizem os ashaninka, a gente luta, mas come fruta. Abraço

silene.farias disse...

Aqui na Dr Pereira passos 201, casa de minha mãe, segundo distrito,não tem água prá nada.Nossa música é aquela que a Emilinha Borba canta: "Tomara que chova". Cruel, muito cruel essa falta d'agua. Quando é mesmo que isso vai acabar?
Mesmo com todo o apoio do presidente da República e do governo estadual,a falta d'agua continua...a minha grande mágoa é que em casa não tem água nem prá se lavar...tomara que chova tres dias sem parar...

Valterlucio disse...

Altino
Sendo vc nosso blogueiro-mor, gostaria de saber sua opinião sobre a pauta do encontro de blogueiros progressista que ocorre nestes dias 21 e 22 em São Paulo.

Odele Souza disse...

Querido Altino,

Sem dúvida, um privilégio ser "ïncomodado" pelo barulho "dessa gente".
Bom fim de semana.

Katiana Assunção disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LegalJunior disse...

olá..
gostei da postagem..
bem desenvolvida :D
sou do MA...
passa lá no meu blog tbm..


http://legaljunior.blogspot.com/

saitica disse...

Rola em porto alegre o 34 encontro de jornalistas. o Acre está bem representado por Andrea, Mario e outros companheiros. Na bagagem brindes com um pouco da história do Acre. chama a atenção, digo, destaca-se a arte desse Estado. Belo e singelo artesanato. Altino e Elson Martins não vieram, que pena!
daniel

ALTINO MACHADO disse...

Caro Daniel,

na verdade foram mais de 10 pessoas do Acre, mas todos escolhidos a dedo pelo sindicado e o governo estadual, que doou as passagens. Como minha posição costuma ser pública e clara em relação a vários temas, jamais seria escolhido para um evento dessa natureza. Prefiro o jornalismo a certos salões. Forte abraço.

Catarina disse...

Tá altino, que eu admiro teu texto e adoro os nossos acreanismos, mas pé de cajueiro é demais né? rsss
É igual pé de mangueira....
Paz e dias felizes, se a fumaça permitir e a água não ficar mais "toldada" com o novo canal...
Brenda.

ALTINO MACHADO disse...

boa, boa. Tão boa que tratei de fazer ac orreção antes mesmo de liberar seu comentário. Grato