sábado, 24 de julho de 2010

PECUÁRIA DA FLORESTANIA

Na Via Chico Mendes, cavalgada da Feira Agropecuária do Acre

4 comentários:

Anônimo disse...

O Parque da Maternidade e o Centro da cidade dormiram "cagados" de tanto cocô de cavalos, além dos "peões" que urinavam nas ruas, sem cerimônia, de tanta manguaça na cabeça, sob o sol causticante de verão.

Minha rede de amigos afirma que não foi diferente na maioria dos bairros de Rio Branco com muita "cabôca" fantasiada de cowgirl acompanahando os "novos barões" do gado do staff governamental ou não.

Florestania é uma contradição histórica pra transformar o Acre num grande pasto de boi pra exportação e o povo comendo carne de vaca uma vez ao ano.

Anônimo disse...

O Parque da Maternidade e o Centro da cidade dormiram "cagados" de tanto cocô de cavalos, além dos "peões" que urinavam nas ruas, sem cerimônia, de tanta manguaça na cabeça, sob o sol causticante de verão.

Minha rede de amigos afirma que não foi diferente na maioria dos bairros de Rio Branco com muita "cabôca" fantasiada de cowgirl acompanahando os "novos barões" do gado do staff governamental ou não.

Florestania é uma contradição histórica pra transformar o Acre num grande pasto de boi pra exportação e o povo comendo carne de vaca uma vez ao ano.

Altemar disse...

Eita!!!!

silene.farias disse...

O Acre dos pastos mais verdes do Brasil,o verde boi. Hélio Melo já sabia disso quando pintou nos seus quadros a seringueira com cara de boi.Nada de novo sob o sol e sobre a terra dos aquirianos...Viva o Hélio Melo e sua rabeca smpre serve!