terça-feira, 22 de junho de 2010

FUNDAÇÃO HOSPITAL DO ACRE


Para realizar cadastro e obter cartão, passei duas horas e meia desta terça-feira (22) numa fila da Fundação Hospital do Acre (Fundhacre).

Posso afirmar que estive na sucursal do inferno.


Além da longa espera e da falta de pessoal para atendimento, centenas de pessoas (crianças, mulheres e idosos) padecem nas filas com o calor de um ambiente que jamais foi climatizado.

Faz 34ºC na cidade, mas nos salões da Fundhacre a sensação térmica é superior a 50ºC.

Visto de fora, o salão principal é uma beleza, com aquela sua imensa parede curva de vidro - um material usado para captação de luz e calor em construções de países de clima temperado.


Lá dentro, apenas dois dos três ventiladores funcionavam, o que contraria regras elementares de saúde, como aquela de que todo ambiente deve ser arejado ou ventilado.

Enquanto permaneci lá, mais de 300 pessoas se abanavam na tentativa de minimizar o calor dantesco de um ambiente que faz qualquer pessoa saudável sair doente.

- O sistema de refrigeração do ambiente nunca funcionou. Agora está é bom porque instalaram esses ventiladores - disse uma funcionária.

O governador Binho Marques (PT) e o Ministério Público do Acre têm conhecimento dessa realidade? Ou ambos estão sendo omissos ao permitir que se formem filas imensas e um ambiente tão insalubre numa unidade de saúde pública?

7 comentários:

Eliane Sinhasique disse...

Altino, e depois disso tudo vc conseguiu ser atendido???

ALTINO MACHADO disse...

Sim, Eliane. Demorou, mas fiz meu cadastro para atendimento. Mas o sofrimento das pessoas é de outro mundo. Engraçado: no vídeo, pergunto a uma mulher se faz muito calor. Ela responde: um pouco. O povo é muito resignado, mas nZão precisa se martirizado tanto. Não posso acreditar que relatem ao governador que está tudo bem naquele ambiente. Abraço.

lzomatos disse...

Como tudo no Acre, aposto que já já vai aparecer um assessor dizendo que o ar condicionado está em manutenção esperando uma peça que virá "de fora".

Em tempo, quanto nosso estado gastou naquele projeto megalomanico para sediarmos a copa do mundo de 2014?

Será que se convertessemos isso em outras benfeitorias, situações como essa não seriam evitadas?

fatima almeida disse...

E os velhinhos do hospital dos idosos voces por acaso acham que eles passam seus longos dias em ar condicionado?

Andarilho disse...

boa tarde Altino.

Fico me pergutando. Será que a obra orçada ficou realmente como estava na planta ao final da reforma do prédio?
Alguém já viu um 'trapiche' valer 200 mil?

Roberto Feres disse...

Estufa. O calor do Sol na forma irradiativa passa pelo vidro e aquece o ar do interior. O ar aquecido, por sua vez não consegue mais sair pela parede de vidro e mantém o local quente.

Gabi Ramos disse...

E os milhões investidos na Floresta Digital? Será que não tem como desviar um pouquinho pra saúde e amenizar esse sofrimento da população?
Gabi Ramos
Cvl - Pr