quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Padre estrangeiro e três brasileiros são mantidos presos por indígenas em aldeia

Líder indígena Lucas Manchineri
 Um padre estrangeiro e três brasileiros estão detidos desde o domingo (18) após  invadirem a Terra Indígena (TI) Mamoadate, em Assis Brasil (AC), na fronteira com o Peru, região habitada pelos índios jamináwa e manchineri, além de índios isolados.

A aventura do padre Juan Fernando López Pérez na Terra Indígena começou às 17h de quarta-feira (14), quando chegou à aldeia Jatobá na companhia dos brasileiros Isaias Flores Lopes, Oliveira Ferreira Lopes e Genivaldo Batista de Mendonça.

― No começo desta semana, solicitamos à Funai e à Polícia Federal que providenciem a retirada desses indivíduos de nossa área. O padre tem um documento de identidade que os manchineri não conseguiram ler e tem se recusado a revelar o seu país de origem - disse o líder indígena Lucas Manchineri.

Os indígenas contam que o padre, sem autorização da Funai, entrou na TI e se apresentou como funcionário do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Alegava que iria vistoriar os índios isolados, fazer registro fotográfico do vestígio deles e preparar uma documentação para ser entregue à Funai, em Brasília.

― Ele conseguiu enganar o indígena Francisco Napoleão Manchineri, mais conhecido como Chico Tampa, e o levou como guia. A promessa era de que o estudo que faria seria entregue em Brasília para reativar a Coordenação Técnica Local da Funai ― acrescentou Lucas Manchineri.

O suposto padre seguiu até Extrema, que é a ultima aldeia da etnia manchineiri no Rio Iaco, quase na fronteira com o Peru. Viajou mais um dia e chegou na boca do Igarapé Abismo, onde habitam índios em isolamento da etnia masko.

― Acima do Abismo, embora ainda seja Terra Indígena Mamoadate, nós e os jamináwa decidimos não andarmos por lá porque reservamos aquele território para os nossos parentes desconfiados (isolados). O padre não respeitou esse limite e passou com seu grupo pertinho dos indígenas desconfiados, que gritaram e assobiaram ― relatou Lucas Manchineri.

Segundo o líder indígena, o padre continuou viagem até.o limite da Terra Indígena Mamoadate, na fronteira com o Peru. Na volta, quatro dias depois, os manchineri decidiram detê-lo porque o padre não avisou à Funai e nem às lideranças manchineri que vivem nas cidades e na aldeia sobre a viagem.

Os manchineri pretendiam amarrar o padre estrangeiro e seus três companheiros brasileiros, mas prevaleceu o bom senso e o grupo está sendo mantido sob severa vigilância dia e noite para evitar fuga.

Os manchineri da aldeia Extrema interrogaram o padre, pois querem saber quem o enviou, o motivo da vistoria, a quem se destina o relatório da viagem, além do motivo de ter mentido ao se apresentar como representes do Cimi e do ICMBio.

― Perguntaram também ao padre por que não avisou à Funai e lideranças manchineri. Ele acabou dizendo que trabalha no Cimi e não no ICMBio e que estava fazendo um trabalho para ajudar na luta pelos direitos dos povos indígenas. Ele chegou a dizer que quer ajudar nosso povo a impedir a construção do ramal Jorgeney Ribeiro. Acontece que esse ramal foi desativado por força da organização dos jamináwa e dos manchineri, com apoio da Comissão Pró-Índio e do Ministério Público Federal. Foi aí que nosso povo percebeu que o padre está realmente mentindo e precisa se explicar às autoridades ― concluiu Lucas Manchineri.

Um comentário:

Masonic Truths disse...

The Problem in our society are the Freemasons, aka masons. If they were to disappear, the world would be a farrrr.....better place!

Masonry, the sure path to ruin. You may not see it now in the beginning, but you will as you progress in the craft and further yourself away from God and your Christian faith...

For starters, masons are interested ONLY in accepting those that hold some position of importance or authority in society. If it is a would be or actual politician than even better! Masons do NOT accept regular joes, homeless, or unimportant lazy folk. Second, the hook is the so-called Believe in a Higher Being nonsense (be it Jew, Christian, Buddhist, Muslim etc.). Third, as the mason progresses through the stages in the craft, the end goal for him is to realize that He does not need God because the transformation has occurred whereby the member realizes he is a God unto himself. Moreover, the ceremonies he participates in are Occult period and anti-Catholic (Christian), Muslim, Jewish, and Buddhist. They are demonic period.
Fourth, it is the duty of every mason not to knowingly or wittingly do harm, talk bad about or tell on his fellow mason. And, when a fellow mason is in need or danger to help him above all else. Therefore, this is the WHY it is so simple for the pedophiles within the occult mason organization to easily rape, molest, enter children with impunity. Some use mikey Finn, or simply get vulnerable children in exchange for cash to their families who need it. No fellow mason can, or is allowed by their own acceptance of the rules when entering the craft, to "tell" on one another. Hence, the perfect crime.
Fifth, just to clarify, the end game of masonry, which also is the de facto mission of the occult, is to slowly like hairloss, have it's members deconstruct all that is descent and Holy in society. Masonry and Catholicism are non-congruent. This is why every mason has a duty to oppress society (one of the masonic central tenets is: Through Chaos Comes Order, and it is the masons that will establish their occult order unto society). This is the reason why they work hard to destroy all that is sanctity in society and impose demonic teachings (For example: no Lord's prayer, gays and lesbians and 1/2 and 1/2 are a good thing,not a mental disorder which it is and if you oppose this you are racist of some sort. Have an abortion because it is not a human you have inside you but a piece of pepperoni, flood countries with muslims who NEVER integrate and are shut-in and by nature only impose on all their religious ways of thinking at all costs etc.).
And lastly, If one is a Catholic one cannot become a freemason. DO NOT be fooled by the masons and their lies. It is a mortal sin and excommunication to follow. If it were up to me i would banish masonry peiod, jail the pedophiles and bring forth to the Hague International Court all masons to pay for their Crimes Against Humanity. Hopefully, some day, this will occur.