terça-feira, 24 de maio de 2016

Adeus, Zezé Gouveia

O Acre perdeu na noite desta segunda-feira (23) o economista José Carlos Freire Gouveia, 69 anos, funcionário público aposentado, ex-diretor da Assembleia Legislativa, ex-secretário do governo estadual e da prefeitura de Rio Branco. Também se destacou como jogador de futebol nos campeonatos acreanos, na posição de zagueiro. Natural de Tarauacá (AC), Zezé Gouveia viveu muitos anos com um rim doado pelo irmão Cleomar, o que demandava manter imunidade baixa. Há uma semana, foi internado por causa de uma pneumonia. Eu o conheci no final dos 1980, quando acompanhava como repórter os trabalhos na Assembleia Legislativa e ele era diretor. Era um homem culto, perspicaz, aparentemente fechado, mas muito afetuoso e solidário. Católico fervoroso, nos últimos anos se dedicava exclusivamente à família e às atividades da paróquia Santa Inês. Nossa amizade se estreitou quando passei a fazer parte da confraria de homens que se reúne ao amanhecer de todos os domingos no Mercado Elias Mansour para passar em revista o Acre e o resto do mundo. Deixa a esposa Maria Inês Gouveia, os filhos Keith e Kelly, netos e uma legião de amigos.

3 comentários:

Unknown disse...

Aqui é um dos netos do Zezé Gouveia, muito obrigado por essa homenagem ao meu querido avô, ele fará falta na vida de muitas pessoas, principalmente, na de sua família
Breno Gouveia

ALTINO MACHADO disse...

Breno, querido, realmente Zezé, seu avô, fará falta na vida de muitos. Mas sinta-se fortalecido pelo exemplo que ele deixou para todos nós. Receba meu abraço.

Breno Gouveia disse...

Aqui é um dos netos do Zezé Gouveia, muito obrigado por essa homenagem ao meu querido avô, ele fará falta na vida de muitas pessoas, principalmente, na de sua família
Breno Gouveia