sexta-feira, 9 de maio de 2014

Dona Maria, 70 anos, meu amor


Dona Maria da Cruz Machado, minha mãe, exemplo de fé, humildade, sabedoria, disciplina, paciência e amor. Ela não se cansa de lembrar aos filhos, netos e bisnetos que foi criada sem pai e mãe.

- Fui conduzida na vida por Deus e a Virgem Mãe. O que aprendi foi prestando atenção, evitando os erros de quem errou e guardando para mim o que é bom, os bons exemplos - repetia nesta manhã.

Saúde, equilíbrio e paz, que a maioria de nós quase se mata para alcançar um tiquinho a partir de, por exemplo, esportes ou meditação, estão incorporados na rotina dela.

Dorme regularmente às 21 horas, acorda às 4h da madrugada para rezar até às 6h da manhã, depois cuida da casa, do jardim; almoça às 11h, se recolhe para mais reza e descanso, levanta por volta das 14h, e retoma o pique até às 18h, quando volta a se recolher para mais orações. São milhares, todas anotadas num caderninho. Grosso modo esse é o resumo de sua vida diária.

Viúva, 70 anos, dona Maria é detentora de mais saúde e disposição física que a dos filhos, netos e bisnetos. Desprovida de vaidade, tem um corpo esbelto, como se malhasse em academia todo dia.

Muito frequentemente pessoas me confundem como sendo irmão dela. Não toma nenhum tipo de remédio e tem na ponta da língua a receita para saúde e beleza:

- O segredo para emagrecer e se manter em forma é reeducação alimentar. Eu como para viver e não para morrer.

Certa vez, meu amigo Oswaldo Sevá, um professor da Unicamp, fez uma visita e eu o levei para conversar com minha vizinha.

- Dona Maria, desse jeito, pode ter certeza, a senhora vai enterrar todos os seus filhos - brincou Sevá ao se despedir.

É quase como eu gostaria que fosse porque é tormentoso pensar na possibilidade de viver sem mãe.

Feliz aniversário nesta antevéspera do Dia das Mães. Nós te amamos, mãe.

4 comentários:

Nery Tenorio disse...

Parabéns! Reverenciar as origens, os exemplos de casa, os que nos honraram com a dádiva da vida é um bom exemplo de humanidade a ser seguido. O mundo estaria muito melhor se reverenciássemos, dia após dia, os nossos pais. Abraços

joaomaci disse...

Bonita homenagem e declaração de amor a sua mãe Altino.
Desejo muitas felicidades para ela e para todas as mães.

Cesar Augusto disse...


bela homenagem você fez a sua mãe. parabéns.

Juarez Nogueira disse...

Saudade, saudade! Um abraço em Dona Maria e todos.