sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"Eu fiz tudo que podia fazer", diz governador sobre fuso horário do Acre

Foto: Sérgio Vale

Durante entrevista coletiva na Casa Civil, na manhã desta sexta-feira, quando o governador anunciou concurso público na área de saúde, o repórter Luciano Tavares, do AC 24 Horas, foi o único que teve coragem de perguntar a Tião Viana (PT) sobre o restabelecimento do fuso horário antigo do Acre.

Surpreso com a pergunta, o ex-senador, autor da mudança da hora, em 2008, respondeu:

- Eu já fiz tudo que podia fazer para o Acre estar atualizado.

Viana acrescentou ao repórter do AC 24 Horas:

- Você imagina que as pessoas agora vão ver jogo com atraso de uma hora. Você imagina que as pessoas vão ver um jornal muito cedo, não vão tá nem em casa. Elas vão gastar 10% a mais na conta de energia, porque o anoitecer se antecipa e elas vão chegar em casa à noite. As pessoas vão ter uma dificuldade porque os bancos vão abrir 7h da manhã e fechar uma da tarde. 80% dos países do mundo mudaram o horário e, no Acre, transformaram numa questão eleitoreira. Eu fiz minha parte, agora com a palavra o povo.

7 comentários:

Sara Daniela disse...

Eu fiz de tudo para ... não prevalecer a vontade da maioria.

Sara Daniela disse...

Eu fiz de tudo para ... não prevalecer a vontade da maioria.

Josandro Cavalcante disse...

Quando desejar fazer de tudo, e esse tudo interessa ou atinge diretamente o povo, pergunte ao mesmo que é o legítimo detentor do poder.

Jose Antonio disse...

Ninguém comenta como foi que o horário foi mudado. Se houvesse uma consulta popular para mudar o horário, mas o que houve foi algo que veio de cima para baixo. Não vejo politicagem e sim um pequeno grupo que não aceita a vontade popular. Que vença a maioria, esse é um dos pilares das sociedades civilizadas. O atraso que o acre tem em relação ao resto do país é de falta de pensamentos inovadores. Políticos que pensem coisas que possam gerar renda na iniciativa privada. Outro plesbicíto ou referendo só vai servir para alimentar a vontade de uns poucos. Vamos esquecer isto e partir para coisas mais importantes. Termos o mesmo horário do resto do país não vai resolver o nosso atraso e que temos que ter é o mesmo empenho político e estratégias de desenvolvimento do resto do país. O resto é só conversa fiada.

Carlos Floresta disse...

Vendo a foto do post, lembrei da cantiga:
"A canoa virou

Pois deixaram ela virar

Foi por causa de Maria

Que não soube remar

Se eu fosse um peixinho

E soubesse nadar

Eu tirava Maria

Do fundo do mar..."

Tal qual Maria, Tião também não sabe remar. Maria eu tiraria do mar, já Tião, está onde merece.

Carlos Floresta disse...

Errata: "Tião fez tudo que NÃO podia fazer."

Evandro Ferreira disse...

Se equivoca o Governador ao afirmar que a conta de energia elétrica da população vai aumentar 10% com a volta do antigo horário. Se a volta do horário vai antecipar o anoitecer no final da tarde, na atualidade o amanhecer está retardado e o consumo de energia é maior pela manhã.

Ele não lembra (ou faz questão de esquecer) que no Acre e em toda a região norte, quase todo o nordeste e parte do centro-oeste, o horário de verão foi abolido há alguns anos porque se descobriu que ele não trazia economia alguma, mas apenas incômodo para a população, que, no caso do Acre, tinha que acordar "à noite".

A eliminação do horário de verão no Acre e demais regiões do Brasil não teve "dedo" de político a serviço de interesses econômicos...foi técnica, partiu do Ministério das Minas e Energia depois de estudos sérios. Além disso, sob o ponto de vista geográfico, não fazia mesmo muito sentido o Acre adotar horário de verão.

Agora...a mudança que o Governador promoveu, que colocou o Acre em eterno horário de verão, essa foi motivada por tudo e todo tipo de interesse pouco esclarecido para a população, menos o técnico. Sem falar que foi imposta...

Não aceitar ou querer admitir que ela foi errada, mesmo após a população dizer 'não' à mesma, e agir abertamente para impedir essa vontade ser concretizada demonstra o caráter do nosso máximo governante.

Espero que os eleitores conscientes fiquem atentos sobre o voto para o governo do Estado em 2014...