terça-feira, 17 de setembro de 2013

Marina reclama: “Quem criou dificuldade para o partido Rede foi a Justiça Eleitoral”


Confiante que vai obter o registro da Rede Sustentabilidade no Tribunal Superior Eleitoral, a ex-senadora Marina Silva disse que a dificuldade que enfrenta para criação do partido decorre da falta de estrutura da própria Justiça Eleitoral.

- Somos solidários com a falta de pessoal dos cartórios, mas não podemos arcar com o ônus do problema da falta de estrutura da Justiça Eleitoral. Esperamos que o dano coletivo da Justiça Eleitoral contra nós seja reparado – disse em entrevista exclusiva ao Blog da Amazônia.

Marina Silva, que ocupa o segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto entre os virtuais candidatos à Presidência, evita falar em frustração de milhares de pessoas caso o TSE não formalize o registro da Rede Sustentabilidade.

- Eu não estou avaliando nenhum plano B. Estamos confiantes na decisão da Justiça. Encaminhamos o processo, temos confiança quanto à nossa capacidade de organização, todos os critérios que utilizamos, e, obviamente, caberá agora ao TSE avaliar as dificuldades que foram criadas por falta de estrutura ou qualquer outra razão nos cartórios.

Clique aqui para ler a entrevista no Blog da Amazônia.

4 comentários:

Altemar disse...

Ontem na rádio senado o Petecão contou uma história interessante. Em suma falava de quando se candidatou a vereador e perdeu e começou a campanha no dia seguinte, foi 3 vezes deputado estad e federal e agora senador. Tai o caso de um cara persistente e que não carrega culpa.
Olha só: se tivesse saído para governadora teria feito o nome e agora estaria montada no legado que contruiria, mas não, se acompanhou daquelas pessoas e deu no que deu, e ainda perdeu pro Serra em casa. Como mero e insignificante acreano me permito sugerir: bote 2018 na proa e comece hoje voto na senhora. Outra: diga-me com quem andas...

Luiz Matos disse...

Recomendando esse vídeo da futura presidente:
https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=VjbQ2TTs3Vs

Thalles Vinícius disse...

Engraçado que com o partido do Kassab, o PSD (Partido Sem Direção) não teve tanta dificuldade.

Não acredito em azar da Marina ou falta de estrutura da Justiça Eleitoral. Está havendo uma mancomunação espúria com o único propósito de desestabilizar a sua campanha.

E a Dilma que se cuide...porque se duvidar essa eleição da Marina não vem em 2018...mas ano que vem mesmo.

Força Marina!

Carlos Floresta disse...

O que me preocupa enquanto eleitor na Marina é o silêncio quando o assunto é a bandalheira que o pt se tornou no Acre, surrupiam o dinheiro público, destroem as florestas com o discurso da florestania, entopem rios e igarapés para extrair madeira e Marina cala.
Proponho-me a pensar: "Quem será o Ministro do Meio Ambiente num possível Governo Marina? Jorge Viana???"
O Professor Elder Andrade de Paula é que não vai ser.