quarta-feira, 19 de junho de 2013

Magistrados consideram Aníbal Diniz exemplo negativo para a juventude


"A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e a Associação dos Magistrados do Acre (ASMAC) considerando as declarações proferidas pelo senador Aníbal Diniz (PT-AC) contra as Desembargadoras Cezarinete Angelim e Denise Bonfim, em ato público realizado em Rio Branco/AC, no dia último dia 13 ofendendo-as em razão da sua condição feminina vêm a público:

1) REPUDIAR a manifestação do parlamentar, que não guarda compatibilidade com o equilíbrio, urbanidade e espírito republicano esperados e exigidos pela sociedade de integrante do Senado Federal, pois não são os cargos que honram os homens, mas os homens que devem dignificar os seus cargos;

2) LAMENTAR o exemplo negativo do senador para a juventude brasileira, a qual, como noticia amplamente a imprensa nacional, mostra-se insatisfeita com os modelos políticos e institucionais praticados no país. Nesse contexto, em nada contribui para o amadurecimento da nação declaração permeada de discriminação contra a mulher. Mais útil é a atuação parlamentar quando, antes de construir conceitos, dedica-se à destruição de preconceitos;

3) MANIFESTAR solidariedade às magistradas Cezarinete Angelim e Denise Bonfim, que gravaram nas suas biografias anos de dedicação e compromisso com a magistratura brasileira.

Nelson Calandra
Presidente da AMB

Raimundo Nonato da Costa Maia
Presidente da Asmac"

4 comentários:

elmo persch disse...

O homem-de-neandertal ou (Homo neanderthalensis)

Lindomar Padilha disse...

Para o Anibal vale aquela máxima, cujo autor não me lembro: "fique calado e deixe que pensem que você é um idiota, para que não venha a falar e, com isso confirmarem a suspeita".

Ele é, em sí mesmo, um exemplo da arrogância e do deboche com que somos tratados todos os dias. São inúmeros os Anibals, Felicianos, Genuínos... è por isso que vamos às ruas e praças dar um basta.

Bom trabalho e até sábado às 16:30

Lindomar Padilha

Carlos Floresta disse...

Essa foto me lembra muito um macaco-prego que tive há muitos anos: o Chico!
Lembra não!
Desculpa, Chico!!!
Que descanse em paz...

Andarilho disse...

Boa tarde Altino.

Não sei por qual motivo, mas sempre que vejo a foto do senador, recordo-me sempre do caso 'boca de lobo'. Já é cara dele 'boca de lobo'. rsrs
Olhando para esses rostinho, tão meigos e penosos, pela mal interpretação da fala do senador contra as duas CORAJOSAS desembargadores (que tem mais culhões do que muitos outros da classe), que foi da terra aos terreiros, sinto que cada vez mais o dicionário Aurélio é menos utilizado por esses arautos da verdade e dos bons 'curtumes'(porque fede demais).
Os dois adjetivos que o senador deu para as duas desembargadoras, tem seu significados bem escritos em qualquer dicionário da nossa língua. Simples e cristalino.
Ao menos não estou sabendo se alguém andou utilizando esses adjetivos para outro pensamento que não seja aqueles definidos no dicionário.
Ou alguém já viu saudarem um desembargadora, em ato solene, assim:
"Obrigado pela presença da 'mal resolvida' desembargadora fulana de tal em nosso evento!"
ahhh vai catar coquinhoooo!!!