quarta-feira, 5 de junho de 2013

EXCLUSIVO: Veja o inquérito da Operação G-7 apresentado à Justiça pela Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal no Acre



Cópia do inquérito da Operação G-7 que a Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal no Acre apresentou à desembargadora Denise Castelo Bonfim. O inquérito já foi enviado ao Ministério Público do Estado.

Lista dos indiciados

Narciso Mendes de Assis Júnior - empresário

Wolvenar Camargo Fillho - secretário de Obras

Carlos Takashi Sasai - presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac)

João Francisco Salomão - vice-presidente da Fieac

Carlos Afonso Cipriano dos Santos - empresário

Assurbanipal Barbary de Mesquita - empresário e secretário Adjunto da prefeitura de Rio Branco

José Adriano Ribeiro da Silva - empresário

Marcelo Sanches Menezes - assessor da Secretaria de Habitação

Sérgio Yoshio Nakamura - empresário

Vladimir Camara Tomás - empresário

Gildo Cesar Rocha Pinto - diretor do Departamento de Pavimentação e Saneamento do Acre

Aurélio Cruz - ex-secretário de Habitação, atualmente assessor especial do governo do Acre

João Braga Campos Filho - empresário

Sérgio Tsuyoshi Murata - empresário

Thiago Viana Neves Paiva - sobrinho do senador Jorge Viana e do governador Tião Viana

João Oliveira de Albquerque - empresário

Rodrigo Toledo Pontes - empresário

Narciso Mendes de Assis - empresário

Keith Fontenele Gouveia - empresário

Acrinaldo Pereira Pontes - empresário

Neildo Franklin Carlos de Assis - empresário

Orleilson Gonçalves Cameli - empresário

Jorge Wanderlau Tomas - empresário

Ronan Zanforlin Barbosa - empresário

Paulo José Tenello Mendes Ferreira - empresário

Gerival Aires Negre Filho - empresário

Ricardo Alexandre de Deus Domingues

Adriano Sasai - empresário

Fabiano Sasai - empresário

Para ler ou baixá-lo, clique nos links dos volumes e apensos:

Volume 1 de 7

Volume 2 de 7

Volume 3 de 7

Volume 4 de 7

Volume 5 de 7

Volume 6 de 7

Volume 7 de 7


Apenso 5

Apenso 6

Apenso 7

Apenso 8

Apenso 9

Apenso 10

Apenso 11

Apenso 12.1

Apenso 12. 2

Apenso 12.3

7 comentários:

Joana D'Arc disse...

ALTINO, Aquí a Plenitude da Transparência e Liberdade de Expressão.Doa em Quem Tem Dor prá Sentir#

Joana D'Arc disse...

ACREANOS PERDEM O BONDE da HISTÓRIA QUANDO NÃO COMENTAM e CALAM DIANTE do MAIOR CLAMOR PÚBLICO ENSURDECEDOR do...
NUNCA ANTES Na HISTÓRIA do ACRE...TÃO ACRE...

Joana D'Arc disse...

ESTA PEÇA JURÍDICA DEVERÁSER LEITURA OBRIGATORIA Em TODOS Os CURSOS JURÍDICOS
No ESTADO do ACRE.DEVERIA SER DEBATIDO No SENADINHO, Nas PRAÇAS, IGREJAS, BAIRROS,
RÁDIOS, JORNAIS, TELEVISÕES, TERREIROS!!!
Por Fim quese comentem nos Cemitérios o Histórico Óbito da Vergonha e Dignidade
Institucional No Acre : Definitivamente
a Governança seConfigura Oficialmente na
Inglória Impostura de " Cavalo para Bispo do Rei : Xeque Mate " !!!O ano de 2013 e a
História que Nunca Vai Calar...

Paulo Wadt disse...

Altino, deveria dar-lhe parabéns por disponibilizar o material; li uma pequena parte (trechos do volume 6/7) e fiquei espantado com a quantidade de irregularidades. Há trechos do extenso relatório, que cada parágrafo acrescenta uma nova irregularidade na execução das obras vistoriadas.
Mas, através de seu site, faço os parabéns a toda equipe da Polícia Federal e espero que o cidadão acreano também agradeça por mais esse serviço da Polícia Federal.

william bittencourt disse...

O QUE DIZ A DRA. JOANA D'ARC CONDIZ COM A NOSSA REALIDADE, OU MELHOR COM A NECESSIDADE GRITANTE QUE TEM O NOSSO POVO DE VER A JUSTIÇA SE SOBREPOR ÀS FALCATRUAS E DESMANDOS DE UMA ELITE QUE SE DIZ POLÍTICA. UMA CLASSE QUE DOMINOU E AINDA DOMINA O NOSSO ACRE COMO SE ELE AINDA FOSSE UMA GRANDE SERINGAL. HÁ QUE SE DAR UM BASTA NO SOFRIMENTO DO POVO E ISTO NÃO OCORRERÁ DA NOITE PARA O DIA. HÁ QUE SE PENSAR, PLANEJAR E EXECUTAR AS OBRAS NECESSÁRIAS, COMO POR EXEMPLO A BR-364 SE TORNAR REALIDADE, OS RAMAIS DOS PROJETOS DE ASSENTAMENTO SEREM REALMENTE RECUPERADOS COM OS RECURSOS CONVENIADOS COM O ÓRGÃO DE REFORMA AGRÁRIA,SOLUCIONAR-SE PARTE DA QUESTÃO ENERGÉTICA (ALCOOLVERDE), TORNAR VIÁVEL ECONOMICAMENTE A FÁBRICA DE CAMISINHAS, FUNCIONAR A FÁBRICA DE TACOS E, MUITAS OUTRAS QUE SE PENSADAS OU INICIADAS, DESFIZERAM NO AR. COM RESPONSABILIDADE E ZÊLO PELA COISA PÚBLICA PODER-SE-Á CHEGAR A UMA SITUAÇÃO BEM MELHOR DO QUE A QUE NOS ENCONTRAMOS. OS BENS PÚBLICOS NÃO SÃO PROPRIEDADE DA CLASSE DIRIGENTE, EMBORA POSSAM PARECER. NINGUÉM É PERFEITO E NINGUÉM NUNCA ATINGIRÁ ESTE PATAMAR; SE FOCARMOS NA NOSSA CLASSE POLÍTICA PODEREMOS ACHAR QUE A MESMA NÃO SE ENCONTRA A ALTURA DO POVO QUE REPRESENTA; SE OBSERVARMOS A NOSSA JUSTIÇA, PODEREMOS CHEGAR à CONCLUSÃO DE QUE A MESMA, MUITAS VEZES AGE COM CORPORATIVISMO E COM DETERMINADA TENDÊNCIA; SE DIRIGIRMOS NOSSO OLHAR CRÍTICO AOS EXECUTIVOS, EM TODOS OS NÍVEIS, PODEREMOS VIR A CONSIDERÁ-LOS,EM SUA GRANDE MAIORIA,INEFICIENTES E INEFICAZES E DESONESTOS. O OBSERVÁVEL NO COTIDIANO, MUITAS VEZES NOS DEIXAM DECEPCIONADOS E DESCRENTES, NO ENTANTO, GRAÇAS A DEUS, ATOS CORAJOSOS E DESTEMIDOS SEMPRE SURGEM DAS EXCEÇÕES, DOS DESTAQUES MORAIS E ÉTICOS QUE SE DESTACAM NA MASSA AMORFA.
A CONVIVÊNCIA SOCIAL, COMO TODOS SABEMOS DA NOSSA PRÁTICA COTIDIANA, É COMPLEXA EM FUNÇÃO DAS DIFERENTES CULTURAS E DOS MAIS DISTINTOS INTERESSES; DE TODA FORMA A SOCIEDADE ESTÁ BASTANTE CARENTE DE PRINCÍPIOS ÉTICOS E MORAIS. MESMO SABENDO QUE NUNCA ATINGIREMOS A PERFEIÇÃO, DEVEMOS BUSCÁ-LA. ERRAREMOS TENTANDO ACERTAR, O QUE NÃO SE PODE ACEITAR É O ERRO PROPOSITAL, URGE QUE MUDEMOS O(S) PARADIGMA(S) DA NOSSA SOCIEDADE.
WILLIAM BITTECOURT/PROFESSOR

Emmanuel Rodrigues disse...

Apenas Altino Machado, Ac 24 horas e Rede Boas Novas, levam a verdade ao conhecimentos do povo acriano e dentre os parlamentares federais conta-se no dedo apenas um(a) Antonia Lúcia, parabens.

Carlos Pereira da Costa Filho disse...

Os acreanos já tiveram bons exemplos de homens na história. É só lembrar de Plácido de Castro. Diante do que está acontecendo não se acovardem. Já morei no Acre e gosto muito do Estado. Expulsem os canalhas do poder e ajude jogá-los na cadeia, sem quem for. Mesmo que ele tenha te enganado outras vezes não se deixe enganar agora.