quarta-feira, 19 de junho de 2013

Dia do Basta: defensores públicos se mobilizam para garantir legalidade


O presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Acre, Gerson Boaventura, telefonou para este blogueiro do mato para avisar que conversou com o coronel Anastácio, comandante da Polícia Militar do Acre, para assegurar a legalidade da manifestação do povo do Acre durante o Dia do Basta, marcado para sábado (22), às 16h30, em frente ao Palácio Rio Branco.

- Externei ao comandante da Polícia Militar qual vai ser o proceder dos Defensores Públicos no dia da manifestação e o comandante demonstrou sensibilidade e entusiasmo. Nós vamos atuar de modo a evitar excessos, tanto dos manifestantes quanto da Polícia Militar. Também não vamos permitir que a PM proceda repreenda arbitrariamente qualquer manifestante. Caso algum manifestante seja preso, será acompanhado por um dos 20 defensores públicos que estarão de prontidão no evento.

Gerson Boaventura assumiu a presidência da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Acre na sexta-feira (14). Na noite desta terça (18), a entidade realizou uma assembleia extraordinária.

- A decisão da assembleia foi unânime em fazer de tudo para assegurar a legalidade. Nós estaremos lá, identificados com camisetas. Esperamos que seja uma manifestação pacífica e apartidária, que expresse o sentimento do povo acreano. No Acre, nós somos uma tribo pequena, onde praticamente todos se conhecem, e será quase impossível alguém cometer qualquer ato de vandalismo sem que não seja imediatamente identificado - disse Gerson Boaventura.

Atenção

Disponibilizamos alguns arquivos para impressão de cartazes e camisetas. Basta clicar em download. Os cartazes estão em PDF 300 dpi e podem ser impressos em gráficas digitais/rápidas (ou mesmo em gráficas offset). O arquivo para estampa de camiseta também está em PDF e pode ser levado a qualquer malharia para a confecção da tela. Vamos lá: sem cair, sem recuar, sem temer.

CLIQUE AQUI para baixar os arquivos.

2 comentários:

Carlos Floresta disse...

Tenho amigos na PM e na Polícia Civil e pelo que percebo há um forte sentimento de identificação dos policiais com a manifestação do "Dia do Basta" aqui no Acre.
A pauta da manifestação é a pauta dos policiais.
Contudo, independente de ser a PMAC (a mais honesta do Brasil, segundo o Ministério da Justiça) ou a Scotland Yard (a mais bem educada do mundo), depredações, incêndios, violência gratuita devem ser reprimidas e contidas tanto por uma quanto por outra. Falo do ofício da polícia.
Não há motivo para a polícia atacar as pessoas!
O manifesto é legítimo!
Quem estiver lá vai ver PMs e Policiais Civis de folga com suas famílias se manifestando e seguindo para um novo Brasil junto com a população.
Sem essa de truculência. Sem essa de violência. Sem essa de vandalismo. Todos juntos em uma só voz!

Carlos Floresta disse...

Como medida de Justiça e equilíbrio, seria bom e justo que no caso dos vândalos que por ventura vierem ser presos, que os policiais gozem da mesma presteza do Defensores Públicos na medida em que estes prestem testemunho em favor dos policiais e das milhares de pessoas de bem que pacificamente ali se manifestam...
JUSTIÇA É PARA TODOS.