quarta-feira, 22 de maio de 2013

Jorge Viana vai apresentar programa na TV para salvar popularidade


Vice-presidente do Senado, o senador Jorge Viana (PT-AC) prepara-se para ser o apresentador de um programa na TV Gazeta, de Rio Branco (AC), afiliada à Rede Record.

A ideia de um programa sobre política, economia e entretenimento surgiu de uma conversa dele com o empresário Roberto Moura, dono da emissora.

Considerado um dos homens mais ricos do Acre, Moura é dono do Grupo Recol, o que inclui empresas como distribuidora de medicamentos e concessionárias de carros.

A data da estreia do programa semanal ainda não foi definida, mas produtores da TV Gazeta e assessores do senador trabalham intensamente desde a semana passada para tornar o sonho realidade.

Quem deve se sentir desprestigiado é o empresário Narciso Mendes, que é amigo do governador Tião Viana (PT) e dono do jornal e TV Rio Branco, afiliada ao SBT.

Quem duvida que o programa dará certo esquece que o senador é bom de papo. O nome ainda não está definido, mas Salve Jorge nem pensar.

9 comentários:

Eduardo disse...

Que tal "Valei-me São Sebastião!" ?

Lindomar Padilha disse...

Infelizmente está cada vez mais comum apresentadores de programas de tv e pastores no arremedo de políticos. Ou está cheio de políticos e apresentadores no arremedo de pastores. Ou está cheio de pastores e apresentadores no arremedo de apresentadores... sei lá. Só sei que isso é péssimo para a nossa já frágil democracia de porca e medíocre representação.

Bom trabalho

Lindomar Padilha

Fátima Almeida disse...

Nosso senador Jorge Vianna tem um discurso fantástico. Eu o ouvi,uma manhã, em evento da Academia Acreana de Letras, focado nos poetas..e as lágrimas dançaram até rolar pelo rosto. O presidente, ao meu lado, notou e disse: você está chorando?! E eu: mas eu choro em filmes e novelas, qual é o problema?
De todo modo, um homem não se banha nas mesmas águas de um rio, porque no dia seguinte as águas serão outras e ele também não será mais o mesmo.
Já rolaram muitas águas debaixo da ponte..e ele, por sua vez, não é mais o mesmo.

Eduardo Carneiro & Egina Carli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Carneiro & Egina Carli disse...

Quem é senador não deve fazer nada mesmo né? Ganha tão bem, deveria ao menos dedicar-se exclusivamente ao cargo. Potencializar todas as energias para o bem público. Para mim, qualquer cargo político, quer seja no legislativo, quer seja no executivo, deveria exigir dedicação exclusiva. Isso por conta dos altos salários que recebem e para salvaguardar a qualidade dos serviços que prestam à sociedade. Ao menos que o exercício do cargo não seja tão enfadonho e fadiga assim. Vejam que no Acre existem deputados que continuam exercendo sua profissão. É o caso dos apresentadores de jornais e outros. Que absurdo!!! Ainda tem um deles que se diz evangélico. O fato revela a todos que o cargo ou não demanda tanto do político ou eles são mesmo CARA-DE-PAU.

adriano feitosa disse...

Dona Fátima Almeida lembre-se que a eloquência é como fogos de artifícios nos traz uma emoção auricular com a mesma intensidade luminosa dos feixes que cobrem um céu colorido. Porém, logo somem e fica somente um espaço vazio e opaco. Não se anestesie com o romanesco pois por estas bandas há muito tempo a verdade é nua, dura e crua! E este personagem aí não dá ponto sem nó. A intenção é tentar salvar o "vianismo". A sensação da derrocada do império já é tangível. Agora como sugestão para o nome do programa eu acho que soaria bem: "Pânico na TV Gazeta". rsrs

Joana D'Arc disse...

ESPERO QUE ANALISEM LEMBRANDO CLARAMENTE:
O Porque das Sucessivas Demissões dos
Jornalistas da TV Gazeta! AGORA CLAREOU!!!
Certamente os Cidadãos Assem Neto & Angelica Paiva destoaram dessa ' Sintonia Fina '...

Beneditino disse...



Este é o programa de TV mais fácil de batizar de toda a história - "O Vendedor de Ilusões"

joao ricardo Bentes disse...


Estudei com os dois,Colégio Acreano, tenho orgulho dos mesmos, chegaram aonde chegaram por inovarem com mudanças boas em todos os aspectos economicos, politicos e sociais , antes deles sinceramente era muito pior. Descontentes existem,mas com esses dois são milhares os contentes.
Obs. não sou Empreiteiro,fornecedor do estado ,Municipio ,funcioário público.
É próprio dos descontentes e repudiados tentear denegrir a imagem dos bem sucedidos como forma de chamar a atenção para si.