sexta-feira, 14 de setembro de 2012

HOSPITAL DA CRIANÇA SEM MEDICAMENTOS

Farmacêutica do Sistema Assistencial à Saúde da Mulher e da Criança informa à residência médica "estoque zerado" de 43 medicamentos no Hospital da Criança de Rio Branco


 
Assinado em 16 de agosto pela farmacêutica Pollyana Aguiar, o documento de duas páginas foi publicado no mural do Hospital da Criança.

Fonte do blog assegura que nenhuma providência foi tomada desde então e que a lista de medicamentos com "estoque zerado" aumentou após quase um mês.


Em ordem alfabética, medicamentos com "estoque zerado": Amboxol, Amicacina, Amiodarona, Ampicilina Atropina, Benzilpenicilina, Budesonida, Baclofeno, Cefazolina, Cianocobalamin, Ciprofloxacino, Clindamicina, Cloreto de Potássio, Cloreto de Sódio, Diclofenaco, Eritrominicina, Diclofenaco, Dipirona, Espironolactona, Gentamicina, Fenoterol, Fentanila, Fluconazol, Iboprufeno, Levobupivacaina, Lidocaína, Manitol, Metronidazol, Morfina, Oxacilina, Prednisolona, Ranitidina, Rocuronio, Salbutamol, Sulfadiazina, Sulfato de Magnésio, Surfactante Pulmonar, Suxametonio, Tenoxicam e Vancomicina.
 
Com a palavra a secretária estadual de Saúde, Suely Melo, que não foi localizada pelo blog para se manifestar sobre o fato.


Atualização às 12h45: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde promete enviar uma nota de esclarecimento.

2 comentários:

SIMEI disse...

Caríssimo AltinoMachado para aumentar sua lista de medicamentos que faltam em nosso sistema de saúde acrescenta-se “Toxina Botulínica” que a muito tempo esta faltando, medicamento indispensável para crianças portadora de Paralisia Cerebral com problemas de coordenação motora. Nem com ação da Promotoria Pública é acelerado o processo de compra do tal medicamento...Lamentável!!!

Ser ou Não Ser... disse...

Depois que o Dr César Pan saiu ou foi retirado das infiltrações de Toxina Botulínica, nos pacientes com Paralisia Cerebral, virou um caos, pacientes do setor de reabilitação da Escola Dom Bosco, foram seriamente prejudicados pela descontinuidade do atendimento.