quinta-feira, 13 de setembro de 2012

ARROGÂNCIA E MENTIRAS


Na noite de 11 de agosto, em discurso no bairro Laélia Alcântara, o candidato à prefeitura de Rio Branco (AC), Tião Bocalom (PSDB), anunciou que vai dar uma "surra de votos" em seu adversário Marcus Alexandre (PT), logo no primeiro turno.

Um mês depois, baseado em pesquisa do Ibope indicando empate técnico entre os dois candidatos, o senador Jorge Viana (PT) alfinetou Bocalom:

- Arrogante, falava em dar surra de votos, agora, teme pesquisa.

Jornalista acreano que vive em Brasília e sempre apóia candidatos que os governadores do Acre apóiam também se entusiasmou:

- Marcus Alexandre vai vencer no primeiro turno.

Nem dá pra sentir saudades de Mãe Dinah. O colunista Luiz Carlos, de A Gazeta, relata nesta quinta conversa mantida com o governador do Acre:

- Tião Viana me ligou ontem com uma previsão otimista. Marcus Alexandre (PT) vence no primeiro turno.

Em setembro de 1996, Orleir Cameli governava o Acre. O prefeito de Rio Branco era Jorge Viana. Não havia o instituto da reeleição. A disputa pela prefeitura ficou polarizada em Marcos Afonso (PT) e Mauri Sérgio (PMDB).

Dias antes da eleição, o médico Tião Viana escreveu o artigo intitulado "Mauri vai perder a eleição porque optou pela mentira", na segunda página do jornal O Rio Branco.

Viana encerrou o artigo assim:

- Mauri e Orleir são iguais, fazem a política da mentira. É por isso que nós vamos eleger Marcos Afonso o prefeito de nossa cidade.

O "mentiroso" Mauri Sérgio venceu a eleição, se tornou o pior prefeito da história da cidade e ainda fez o sucessor. O outro "mentiroso", Orleir Cameli, deixou o governo e logo se tornou aliado incondicional de Jorge e Tião Viana.

Cameli cedeu até os marqueteiros Gilberto Braga e Davi Sento Sé, ambos da agência Companhia de Selva, que desde então são petistas desde criancinhas e detém as contas do governo, da Assembleia e da prefeitura de Rio Branco.

Não dá mesmo para levar a sério o que político diz, escreve ou faz.

Clique aqui e veja mais recortes de jornais.

2 comentários:

simplesmensagens disse...

Político representa quem patrocina sua campanha, e os patrocinadores são sempre os mesmo para o partido A ou B.
Realmente...não existe oposição, é apenas uma farsa criada pela classe dominante. Se opor a o que se na verdade todos tem que seguir as diretrizes dos donos do mundo? Que são banqueiros...

Eduardo Carneiro - é Professor da Universidade Federal do Acre, doutorando (USP). disse...

Caro Altino,

Por gentileza, disponibilize o artigo completo, tirando uma foto do mesmo. Seria legal!

Att.

Eduardo Carneiro