sexta-feira, 20 de abril de 2012

CONSTRUTORA DELTA ESTÁ NO ACRE


Até o distante Acre, governado há mais de 13 anos pelo PT, foi alcançado pelos tentáculos da construtora Delta, do empresário Fernando Cavendish, investigada pela Polícia Federal por supostamente ser parceira do grupo do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Em maio de 2011, o governo Tião Viana (PT) contratou a empreiteira por R$ 1,3 milhão para executar serviços de conservação, manutenção e recuperação de rodovias estaduais e federais no Estado – BR-364 (trecho Rio Branco-Sena Madureira), AC-010 (trecho Rio Branco-Porto Acre e AC-090 (trecho Rio Branco/Km 60).

O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial do Acre, em 31 de maio do ano passado.

Ainda em vigor, o contrato com a Delta foi assinado pelo diretor-presidente do Deracre, Marcus Alexandre Médici, pré-candidato do PT a prefeito de Rio Branco, e Franco Ferreira da Silva, pela empreiteira.

Em agosto de 2011, três meses após a assinatura do contrato, houve um termo de aditamento. Fizeram readequação de planilha orçamentária em função de acréscimos e supressões de serviços. Disseram que isso não alterava o valor global do contrato.


"ESTADO DO ACRE
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO Nº 4.11.090Q
PROCESSO Nº 000.145/11
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRAESTRUTURA
HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERACRE, contratante e a empresa DELTA CONSTRUÇÕES S/A, contratada.

OBJETO: Contratação de empresa de engenharia para executar serviços de conservação, manutenção e recuperação de Rodovias Estaduais e Federais no Estado do Acre: Rodovia BR 364 – Trecho: Rio Branco/Sena Madureira; AC-010-Trecho: Rio Branco/Porto Acre; AC-090-Trecho: Rio Branco/Km 60, na conformidade do Edital de Licitação da CONCORRÊNCIA nº 024/2011 CPL 03.

VALOR: R$ 1.310.602,43 (um milhão trezentos e dez mil seiscentos e dois reais e quarenta e três centavos).

PRAZO: 12 (doze) meses.

DESPESA: Programa de Trabalho: 754.201.26782101311550000 – Conservação e Restauração da Rodovia Federal BR 364; 754.201.26782211711570000 – Conservação e Restauração das Rodovias
Estaduais; Rubrica Orçamentária: 33.90.39.00 e 44.90.39.00 - Outros Serviços de Terceiros e Fontes de Recursos: 100 RP e CIDE.

DATA: 24 de maio de 2011.

ASSINAM: MARCUS ALEXANDRE MÉDICI AGUIAR, pela contratante
e FRANCO FERREIRA DA SILVA, pela contratada."

14 comentários:

eliomar m. disse...

Altino esse contrato näo tem nada haver com o Carlinhos Cachoeira, e sim com o Carlinhos Cascata. E é mais ou menos assim que esse bando da frente popular vai dizer sobre esse contrato e nada mais à declara, colocando um ponto final. E vamos rumo as eleiçöes pois nosso candidato o Marcos, que näo é ném Cachoeira e muito menos Cascatinha.

Francisco Nazaré disse...

Então tem que ver se não está na lista de contribuição de campanhas dos candidatos?

Carlos disse...

Agora está explicada a situação precária em que se encontram as rodovias do Acre. Durante os últimos 13 (olha que coincidência) anos que o PT esteve (e ainda está) no poder, nunca via as rodovias tão abandonadas como agora. A AC-40 que liga Rio Branco e Senador Guiomard, recentemente re-feita, está se esfarelando e a equipe que está "trabalhando" na recuperação a mais de 1 mês ainda não conseguiu terminar a "recuperação" e os primeiros buracos que foram tapados já estão abrindo novamente. A Via Verde e Chico Mendes também estão com suas pistas de rolamento em situação precárias. O trecho da AC-40 entre Senador Guiomard e Plácido de Castro tem buracos que já completaram 2 anos de idade. Fora outros detalhes como limpeza dos acostamentos, sinalizações verticais e horizontais, etc.

Jairon disse...

Altino,
Aprendi com os historiadores que a história não se repete. Mas em 1991/1992, o governo Edmundo Pinto estava metido em várias trapalhadas semelhantes a este da atualidade. A principal delas eram as denúncias de superfaturamento em obras envolvendo algumas empreiteiras(Odebrech, Mendes Júnior e CR Almeida), resultando em uma CPI. O Acre foi alcançado por esta CPI através do nebuloso caso "Canal da Maternidade" cujo depoimento a ser prestado na aludida CPI pelo então governador Edmundo Pinto acabou não ocorrendo em razão do desfecho trágico que todos têm conhecimento.
Obviamente, os tempos são outros e os atores também. Mas não deixa de ser curioso o fato da motivação ser a mesma.

Lucas Silva disse...

Altino, fisicamente o Cachoeira lembra muito você, só que sem o cavanhaque rsrs.

eliomar m. disse...

Francisco Nazaré, näo precisa está declarado que a Delta fez ou näo contribuiçöes para as eleiçöes da frente popular. Até porque o que se usa muito é o caixa dois e sem rastro e é assim que está sendo armado pelo bando da frente popular, para estás eleiçöes. E isso eu até já disse para o senhor Luiz Calixto como é que anda a gestaçäo lá dentro da Fieac.

Ser ou Não Ser... disse...

Após Governadores, Senador, Revista de gigantesca tiragem semanal, chegou quem estava faltando a lista de toma lá dá cá do tal Cachoeira, o nosso Estado do Acre. Como diz o Pedro, meu filho adolescente: "fechou, fechou..."

Juliano Cesar disse...

Eu só não entendi uma coisa;

01 - ate onde eu sei, não ha nada de estranho em uma contrutora ganhar uma licitação e ter o contrato assinado com um governo. ruim era se não fosse licitado, licitações são publicas e todos podem concorrer, o problema é quando ela tem contratos com governadores a quem ela beneficiou diretamente em doações de campanha, ai tem rolo;

2 - pelo que sabemos não ha uma só doação dessa empresa na campanha do governador do Acre

3 - Estranho mesmo é o fato de o senador Petecão estar entre osunicos 7 senadores que não assinaram o pedido de instalação da CPI do cachoeira

Altemar disse...

Mas Pera ai, nao to defendendo ninguém nao mas, nesse caso, se e pra falar de partido obra e a mesma construtora dêem uma espiada aqui: http://rodopiou.com/2012/04/20/curitiba-tem-a-rua-mais-cara-do-mundo/

Se formos procurar vamos achar o alfabeto grego inteiro pais afora. Esse Cavendish...

Altemar disse...

Sr Juliano... Disse tudo!

@MarcelFla disse...

Petecão não assinou CPI? Tá deixando a peteca cair...

Mas o povão tá nem ai pra isso, nem sabe quem é cachoeira, então tá tudo na paz.

:D

Regina Cavalcanti disse...

A Delta é uma empreiteira, e como tal, tanto no Brasil como em todo o mundo, deve ter jogado pesado, de acordo com o jogo desse ramo,das grandes obras públicas, senão não chegaria onde chegou. Mas, estranhamente, após vir à tona o escândalo Cachoeira, só aparece a Delta nas manchetes da grande imprensa, ou do PIG, Partido da Imprensa Golpista, com uma enxurrada de notícias apressadas e mal embasadas. Parece-me que o objetivo é desviar o foco do escândalo, que é a relação entre políticos, como Demóstenes (outrora proclamado bastião da moralidade), Perillo e outros, incluindo-se aí petistas, com o crime organizado, e contando com a conivência de vários órgãos da mídia – principalmente a Veja. Muita cautela nessa hora, a CPI terá que manter o foco, que é apurar a ligação de agentes públicos com o contraventor e seu grupo (e certamente aparecerá o envolvimento da grande mídia).

ronilda disse...

e ainda quer ser prefeito de rio branco,nao me admiro com tanta cara de pau.

Imoveis Itapema disse...

Tomara que não seja mais um caso que acabe em pizza.