quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

TUDO CONFORME ANTECIPADO PELO BLOG

A edição do Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (22) confirma o que o blog havia antecipado. Errata do DOU comprova que o veto ao Projeto de Lei que restabeleceria a hora antiga do Acre foi assinado pela presidente Dilma Rousseff. Do mesmo modo, o DOU mostra o recuo do Palácio do Planalto, que envia ao Congresso um Projeto de Lei para retorno da hora antiga do Acre e do Sul do Amazonas.

16 comentários:

padilha disse...

Caro Altino,

Fiquei estarrecido com a "baixeza" da entrevista do Leonildo Rosas ontem à noite, concedida a um programa de entrevistas na TV. O único ponto em que insistia, tentando justificar o desrespeito, aliás gravíssimo à vontade popular, era o de que o veto teria sido assinado pelo vice-presidente.

Essa idiotice foi geral e teve a orientação do Governo do Acre já que o próprio lider do governo se valeu dessa mesma "baixeza" política, como se a questão fosse quem assinou. O que vale é que o veto foi da Presidência da República.

Enviar um novo projeto, mesmo que venha devolver o horário roubado do povo, não apagará jamais a certeza de, para nós no Acre, só falta um novo AI-5. O desrespeito à vontade do povo, manifesta em eleição conjunta com as eleições gerais, torna os eleitos ilegítimos e provoca uma ruptura de morte no Estado de Direito.

Bom trabalho

Lindomar Padilha

Fátima Almeida disse...

Ninguém pergunta nem quer saber por que Tião Vianna mudou assim de repente não mais que de repente o nosso fuso horário, se foi como se imagina em interesse da Rede Globo e se assim aconteceu se foi uma decisão de cúpula partidária e se foi uma negociação. Essas coisas precisam vir a luz, a meu ver, são tão importantes quanto o retorno ao fuso horário real. Afinal, o que está por trás desse tortuoso caminho pelas comissões e câmaras do Congresso Nacional passando pela própria Presidência? E por que não se notícia desse fato muito menos destaque nas grandes emissoras e jornais? Onde estão as entidades guardiãs do estado de direito, como a OAB e a ABI? E a CUT, pelega, sequer ouviu o clamor, na época da mudança, por parte dos trabalhadores e suas crianças, e se ouviu tapou os ouvidos, tb não diz nada. Claro que não, é pelega, omissa e não sabe fazer a relação capital x trabalho.? Enfim, o cidadão, de fato, habitante do Acre, está só, com exceção dos políticos de oposição aos dois irmãos que transformaram isso numa arena política, (coisa que não foi de forma alguma, todos sabemos que os votos a favor ou contra o retorno do fuso horário foram dados sem vinculação alguma com a política partidária)e assim o fizeram para escamotear a questão de fundo, a questão que interessa: por que Tião Vianna num passe de mágica alterou o fuso horário da nossa região logo em seguida às determinações do juizado da infância com respeito aos horários dos programas de TV? A sociedade deve rastejar perante à rede Globo e suas irmãs menores? É isso que eles chamam de cidadania?

LUÍZIO VIDEOREPÓRTER disse...

Caros, democracia só é boa com pouca gente ... com muita gente, prevalece a vontade dos tolos.

Eduardo disse...

Sou radical. Viva Mahatma Gandhi! Viva Martin Luther King, Henry David Thoreau, Antígona, (de Sófocles), Hobbes, Jean-Jacques Rousseau e Kant! Viva a desobediência civil como primeiro passo! Depois, urna neles! Já pensaram? Cerca de 500.000 (56,87 %, sem contar os indignados com o desrespeito ao povo e à democracia) acrEanos atrasando os relógios por conta própria? Chegando e saindo do trabalho uma hora mais cedo? Será que os patrões (governo inclusive) teriam coragem de reprimir? Já pensaram no impacto nacional de um movimento desses? Viva Luiz Galvez! Deixemos no hino acreano somente o vermelho do sangue dos heróis e lavemos a nossa bandeira para retirar o emporcalho impingido pelo vermelho do feudalismo de uma família e seus asseclas!

Paulo Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Henrique disse...

Teoricamente Republicana desde 15 de novembro de 1889, por um golpe militar diga-se de passagem, a Nação brasileira é constantemente assaltada pelos "fantasmas monárquicos" que insistem em assombrar a cabeça dos nossos governantes, das esferas municipais à federal. Parece que todos são propensos aos surtos da "febre absolutista" e deliram no poder, passando da função de servidores públicos para a função de reis, rainhas, duques, barões e outras merdas que o valham. É tão costumaz vê-los a balbuciar "L'État c'est moi", que tornou-se "aceitável politicamente" esses atos de pura arrogância e insensatez.

9:43 AM

alisson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alisson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alisson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ALTINO MACHADO disse...

"Prezado Altino Machado

Mais uma vez agradeço ao destaque que está dando a esta medida truculenta e desrespeitosa para com o povo do Acre. Vemos isto de forma que para quem está em Brasília (ou a serviço de lá) “bater” no Acre ou em qualquer outro rincão periférico deste país é muito cômodo, especialmente quando tem o aval dos “comandantes” locais.

Tenho me perguntado onde esta Senhora ( a Presidente Dilma Rousseff) aprendeu o sentido de democracia. Na guerrilha? Parece-me então que o inspirador de sua formação democrática foi as ações de seus algozes e não a luta pela liberdade e igualdade que se travava, na construção um caminho para o socialismo.

Mas olhando melhor as ações de muitos destes “companheiros (as)” e “camaradas”, parece-me que a violência da ditadura ficou tão impregnadas em suas consciências que hoje tornam grandes praticantes destas ações nefastas. Se antes a forma da agressão era violência contra o corpo, hoje é contra a “alma”, enquanto dimensão essencial do ser humano em sua totalidade existencial.

Mas o desrespeito a vontade soberana do povo acriano, não é uma ofensa apenas para nós vivemos aqui e temos coragem de se posicionar contra certas condutas tiranas de alguns dirigentes! É ao povo brasileiro. Sobretudo, a grande massa popular de gentes simples, sem grandes prestígios políticos e econômicos. È, sobretudo um recado para nós que estamos perifericamente situados, diante deste Poder que se estabelece no país: para estes dirigentes, o Acre e outros lugares mais distantes do centro do país, não é nada! Mas nós sabemos o que somos muito!

Por isto, cada cidadão que vive no Acre, deve pensar sempre nestes posicionamentos de seus representantes, em especial, quando for votar e dar-lhes poder político.

Mas, usando as palavras de Chico Buarque podemos deixar um recado para Dilma e seus representantes de lá e de cá: “Hoje você é quem manda falou, tá falado; Não tem discussão, não. A minha gente hoje anda falando de lado e olhando pro chão. Viu? Apesar de você, amanhã há de ser outro dia....”

Abraços

Prof. Dr. Silvio Simione da Silva"

Renaldo disse...

Quero saber se o que foi enviado pela presidente Dilma é um PROJETO DE LEI,ou MEDIDA PROVISÓRIA,ok!

ALTINO MACHADO disse...

Que perguntinha, Renaldo. Não vou responder de jeito nenhum. Abraço.

ED disse...

Não sei se vem ao caso; mas tive "navegando" pelos SITEs e vi no Pagina 20 como eles são desinformados; eles mostram uma imagem do DOU dizendo que quem vetou foi o Michel Temer(PMDB); eles pensam que só existe o Sitezinho deles, entao não mostram a verdade, sempre mascarando tudo, dando a impressão que os errados somos nos leitores. paciencia!

João Francisco disse...

Altino,

Patética a entrevista do Léo "Baba" Rosas, esse rapaz não tem moral, não o conheço, mas acho que seus familiares e amigos ( se é que tem) devem ter nojo das suas colocações e sua forma de agir, Esse pobre rapaz tem uma visão equivocadas do que é republica e democracia. O Tião Viana deveria colocar na secretaria de comunicações um homem e não um badeco.

ALTINO MACHADO disse...

Comentário enviado por Marcel Neme:

"Ninguém percebeu que a "Presidenta" só quer ganhar tempo, para sair a decisao da Adin das teles a respeito da inconstitucionalidade da portaria do Ministério da Justiça da classificação indicativa? Se fosse verdade que não queriam alterar SOMENTE o horário do Pará bastava o veto as alíneas b e c do projeto de lei vetado INTEGRALMENTE:

b) o segundo fuso, caracterizado pela hora de Greenwich „menos três horas‟, compreende todos os Estados do litoral do Brasil, o Distrito Federal e os Estados de Minas Gerais, de Tocantins e de Goiás, bem como a parte do Estado do Pará que fica a leste de uma linha que, partindo do monte Grevaux, na fronteira com a Guiana Francesa, segue pelo álveo do rio Pecuary até o Javari, pelo álveo deste até o Amazonas e ao sul pelo leito do Xingu até entrar no Estado de Mato Grosso;

c) o terceiro fuso, caracterizado pela hora de Greenwich „menos quatro horas‟, compreende a parte do Estado do Pará a oeste da linha fixada na alínea „b‟, os Estados de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, de Rondônia, de Roraima, bem como parte do Estado do Amazonas que fica a leste de uma linha que, partindo do Município de Tabatinga – AM,
segue até Porto Acre – AC;

Apenas a alínea e da tratava do horário do Acre e oeste do Amazonas. Por que enviar novo projeto de lei ao Congresso? Aliás, por quantos anos irá esse projeto ficar tramitando entre as diversas comissões, plenários do nosso respeitável Congresso Nacional? A vontade popular manifestada DIRETAMENTE ficará CONDICIONADA à análise dos "representantes" do povo INDEFINIDAMENTE, sem prazo para a definição.

Confira a alínea e do projeto vetado:

e) o quarto fuso, caracterizado pela hora de Greenwich „menos cinco
horas‟, compreende o Estado do Acre, assim como a parte do Estado do
Amazonas que fica a oeste da linha fixada na alínea „c‟ deste
artigo.”

Qual a diferença com o projeto enviado HOJE pela digníssima PRESIDENTA?"

Francisco Nazaré disse...

Porque isso não foi questionado? porque quando o Tião Viana mudou o nosso horário e o Presidente Lula assinou, não levaram em consideração também os outros Estados, eles também não foram consultados! porque para desfazer,eles tem que ser consultados? Eu sei que o Tião Viana tirou na última hora o artigo que previa a consulta!