terça-feira, 22 de novembro de 2011

ASSEMBLEIA DO ACRE DEBATE PARADA GAY

Deputados evangélicos se aliam contra “boquete"


Sem mencionar as palavras “boquete”, felação ou sexo oral, por causa do decoro parlamentar, deputados estaduais da base governista e da oposição se aliaram em críticas à performance do cabeleireiro carioca Carlos Duarte, 56 anos, fotografado durante a Parada Gay do Acre, no domingo (20), no centro de Rio Branco, sugando um pênis de borracha usado por outro homem.

O primeiro a ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre nesta terça-feira (22) foi Jamyl Asfury (DEM) para criticar duramente o “ato obsceno” registrado na Parada Gay, que ganhou repercussão nacional após a publicação de fotos nas redes sociais.

- Quando temos órgãos masculinos sendo expostos, pessoas expondo seus seios, isso é crime. Eu não concordo com isso. Essa imagem me estarreceu. Existiram exageros premeditados - afirmou.

Asfury, que é evangélico e agente da Polícia Federal, lamentou que a música gospel “Faz um milagre em Mim”, tenha sido tocada durante o evento.

- Compete ao Estado reprimir aquele tipo de manifestação. Nós temos um símbolo para nós, que é um hino, e ele foi profanado. Um dia, um líder religioso foi condenado à prisao porque chutou a imagem de uma santa. Não basta pedir perdão, tem que ser punido.

Leia mais no Blog da Amazônia.

6 comentários:

Josafá Batista disse...

Danilo Gentili chupa pepino de Bruna Surfistinha:
.
http://www.meionorte.com/blogdochris/danilo-gentili-chupa-pepino-de-bruna-surfistinha-189238.html
.
.
E aí, deputado, defensor da moral e dos bons costumes. Vai pedir a prisão do Danilo Gentilli e da Bruna Surfistinha também? Ou só se for com um cabeleireiro numa parada gay?

@MarcelFla disse...

Crime é igrejas evangélicas que extorquem seus fiéis, que não pagam impostos, e só enchem os bolsos de seus pastores.

o melhor do quinari a gente mostra!!! disse...

Deputado tenha um pouco mais de respeito com a santa,vc pode ser contra,é seu direito.Assim como vc tambem deve respeitar o direito do próximo.NÃO META A SANTA NESSA HISTORIA!

Enzo Mercurio disse...

Nao teria um assunto mais importante pra debater ; o transito por exemplo ta difícil em Rio Branco-AC , muito acidentes evitáveis.

Pietra Dolamita disse...

E muita falta do que fazer!
Se diz um evangélico e nem a Bíblia conhece, que ensina a perdoar.
Esse senhor deputado está mais para seguidor do Código de Hamurábi.
O senhor que punição? Então vamos punir, a começar pelos seus pecados de não amar o próximo, que no caso em tela, é o cabeleiro.
A postura do deputado contraria o que diz ser.
"Amai ao próximo como a ti mesmo".

Blog Católico do Leniéverson disse...

Intolerância religiosa também é crime e daí?