domingo, 24 de julho de 2011

ESTADO CRÍTICO

Não acho que pecuária seja atraso. Atraso é posar como pecuarista e se comportar como peão. Foto de James Pequeno mostra a situação de uma mulher após a cavalgada de abertura da Feira Agropecuária do Acre. Bunda suja de povo chic ou povo chic de bunda suja? Alguém pode até dizer que foi apenas momento de prazer de uma fedelha. Segundo Pequeno, ela fez nas calças.

27 comentários:

Roberto Feres disse...

povo sujo de bunda idem...

Jhennyffe disse...

Povo gosta de se prestar ao ridículo...

...vdj... disse...

Curioso é o Governo do Estado organizar uma "comitiva" - estruturada com o $$ público - e ainda cobrar caro para se ter acesso a ela.

Prestação de contas que é bom...

Janu Schwab disse...

Mas o que aconteceu com a moça? Não chegou a tempo? Perdeu o controle das funções?

Je vois tout disse...

Não duvido nada que tenha feito nas calças mesmo, pois quem presenciou i estado de muitas pessoas ali não pode descartar isso.

Albuquerque disse...

Deixem a moça se divertir!! Vamos procurar aonde tá sendo gasto 18 milhões para realização da expoacre, isso sim, é um vergonha um assalto ao cofres públicos. Cadê o MPE e MPF.

joaomaci disse...

Concordo contigo Altino, essa de posar de pecuarista é triste!!
Se a pecuária é a maior manifestação cultural do povo do Acre como tenho ouvido algumas pessoas falar, acho que os fundamentos culturais que a sustentam, contrariam o que acontece com a maioria das festas populares que se tem conhecimento. Muitas dessas festas realmente tem suas origens motivadas pela celebração da produtividade, da boa colheita, enfim... mas a colheita partilhada por todos, não como a pecuária cuja riqueza concentra-se na mão de uma meia dúzia e que se produziu a partir da espoliação de muitos dos quais, hoje em dia, seus filhos, netos e netas se prestam a esse tipo de papel.
Lastimável!!

luciano disse...

ô albuquerque, cê tá doido? por acaso no acre tem MPE? na terra das aparências o MPE acreano é o maior "faz de contas".

Estou Sabendo disse...

Os orgânizadores devem estar lavando as botas com champanhe e acendendo cigarro com notas de cem!!!!

Odilon Alves disse...

Os verdadeiros pecuaristas desfilam em cavalos de ate 40 mil reais, deixando o rastro de dejetos dos animais por onde passa. E o resto das pessoas, ficam satisfeitas em pagar em media 120 reias para ter a honra de vestir-se de cowboy e cowgirl e acompanhar as comitivas, esquecem que são pobres assalariados e gastão todo dinheiro, muitas vezes de seu limite bancário, fazendo com que a feira seja sim um sucesso movimentando muito a economia, mas em seguida o mercado fica as moscas, afinal grande parte desse dinheiro fica concentrado nas mãos de poucos.

Acreucho disse...

Também não sou contra a pecuária, nem acho que seja atraso. O grande problema é que não temos tradição em pecuária, criamos um gadinho e é só. Essas fantasias de peão e peoa que aparecem na ExpoAcre é que são um atraso.

Fátima Almeida disse...

Tudo isso é o que comumente de se chama de "mundiça". Os descartáveis no chão são uma demonstração da ausência completa de educação ambiental por parte do populacho desvairado. Eu vi vários desvairados circulando pela cidade em suas montarias com as latinhas de cerveja na mão que jogavam por toda parte, "se achando" o máximo. Duvido muito que os promotores do evento tenham estabelecido normas para o "uso" dos infelizes animais forçados a trotar na chapa escaldante do asfalto do meio dia às 3 da tarde.Duvido muito que tenham traçado alguma política de educação ambiental. Esse é um Governo permissivo até as raias do absurdo ridículo, pois é graças a esse populacho desvairado que essa turma está se dando bem com alta remuneração, gordas diárias, nacionais e internacionais, afora outras benesses...

Administrador disse...

Evento lamentável este que chamam de Cavalgada, que é um misto de passeata com carros e cavalos e bebedices no trânsito. Os que delam participam, do modo como é legitimada pelo próprio governado do Estado, começam a tomar a cidade transformando a capital numa cidade de bêbados e cavalos. No sábado mesmo, ao passar no local para trabalhar, a cada 50 metros uma confusão se formava: carros batidos, pessoas brigando das mais diversas formas, aos tapas, aos socos, fazendo necessidades fisiológicas à vista de todos, uma verdadeira desordem. E o pior, as pessoas que não apreciam tal evento sofrendo por uma coisa que não é culpa delas. O mais triste ainda é as bandeiras do Brasil, do Acre e de Rio Branco iam na frente, legitimando toda a bebedice e confusões. Lamentável essa história toda.

Carlos disse...

concordo plenamente com você Administrador! sempre sou convidado a ir nessas babaquices, mas não gosto de hipocrisia e não vou, sendo chamado de antiquado e tals, mas prefiro defender uma postura do que posar de bacana, tripudiando os que pagam as contas no final: o povo.

Lú (Simples assim) disse...

...e no final das contas, era só uma bunda suja. nada mais que isso.

ISAAC RONALTTI disse...

Não vou me aventurar a defender nem justificar pessoas bêbadas ao volante, mas não é de se analisar o quão perigoso é uma pessoa bêbada montada em um cavalo - e perigoso não somente para a pessoa que está à cavalo, mas principalmente para pedestres. Nos últimos anos o que percebi foi apenas o poder público cautelando as várias demonstrações de aberrações na cavalgada. Na cavalgada mesmo desse ano, uma garota caiu de um cavalo de queixo no chão. Além de vários irresponsáveis carregados por cavalos à beira da BR no sentido da cidade de Porto Velho, disputando espaço com carretas. É uma abertura desprezível, esnobe e que coloca uma série de valores em questão. Sobrou (com o perdão da palavra) merda de cavalo para os infelizes pedestres pisarem e para os bravos trabalhadores da limpeza.

tiao bruzugu disse...

A tal da cavalgada e animada e tem mta bebedeira assim como no carnaval,vamos proibir o carnaval?eu nao subo numa carroceria daquela nem que me pague,mas tem gente que gosta,se incomoda alguem,caramba e so um dia no ano,da pra aguentar.

Andarilho disse...

Vi pior que isso na cavalgadaaa!!! rsrs
Pena, que não tenho uma 'digital' para registrar.

tony disse...

Rapaz ridiculo mesmo e quem fica em casa doido pra ir e nao vai! E se ela tiver assim pq se sentou devido estar cansada e como nao tem cadeiras sentou em cima de uma termica e consequentemente ela estaria molhada? Vao catar coquinho rapaz! Deixa a melhor festa do estado em PAZ. Duvido qual festa da mais lucro em geral para todos!

J.23 disse...

Tbm acho ridículo essa cavalgada, o que seria na verdade uma cavalgada, virou carreata, onde as pessoas saem pelas ruas enchendo a cara e causando brigas, coisa mais ridícula. Isso tudo só pra aparecer. A cavalgada na verdade deveria ser somente com cavalos e ser proibida o consumo de bebidas. Que beber? vai p bar hora!

Cristina Lopes disse...

É,as coisas estão mesmo mudando, só não sei para que rumo. Parece-me que não é para um lado bom. Tomara seja apenas coisa de mocinha rica, deslumbrada.

ISAAC RONALTTI disse...

E fala o Tião...e fala o Tony...que bom que vivemos em um país de escolhas e opiniões abertas, e por tal característica de nosso país ser bem evidente, justo é que nos coloquemos contra, ou, a favor do que nos convêm, ou daquilo que pensamos ser ou não nocivo para o convívio em sociedade. Meus caros a cavalgada é sim uma grande bestialidade das vontades de nossos peões...como dizia meu amigo José Chalub Leite: "a besteira é a mãe do mundo e no Acre encontrou o seu reinado"...mas falem aí...rsrsrsrs

admins disse...

Viva a política do pão e circo!!!

Administrador disse...

Caro ISAAC RONALTTI, já vi deputados da situação bebados na cavalgado causando confusão, rs, estado kafkiano este...

ISAAC RONALTTI disse...

O engraçado também é que a imprensa nem chegou a mencionar a menina que acabou sendo eletrocutada após encostar em um fio em cima de uma destas carretas...não sei se eu estava sonhando, mas parece que eu fui o único que acabei vendo esta cena. Não vou citar o nome da comitiva, pois não sei ao certo o que aconteceu com aquela menina, mas com certeza deve ter ficado em um estado muito grave. Simplesmente nenhum jornal comentou o ocorrido. Ninguém falou nada a respeito. Queria na verdade saber se por um acaso outro mortal viu isso, ou, apenas se tratou de uma ilusão de ótica.

Deyse disse...

Se todas as pessoas que vão à cavalgada são produtores rurais, então o Acre construiu a maior reforma agrária já vista na História Mundial...Quiseram eles saber pelo menos como se ordenha uma vaca.

ISAAC RONALTTI disse...

E AÍ, HOUVE UM MENINA ELETROCUTADA NA CAVALGADA EM CIMA DE UM CAMINHÃO SIM, OU, NÃO? ALGUÉM PODE ME TIRAR ESSA DÚVIDA?