quinta-feira, 7 de abril de 2011

TUDO PASSA

Dia do Jornalista


Já posso dizer que vi a glória e o ostracismo de muitos homens que governaram o Acre. Todos passaram e eu continuo repórter. A foto mostra uma entrevista coletiva do então governador Nabor Júnior (1983-1986). Estávamos lá: Antonio Klemer, eu, Lula do PCdoB, J. Alves e Flamínio Araripe, que enviou a foto e vive na sua Fortaleza (CE). Assustador o tamanho de nossos gravadores com fita cassete.

6 comentários:

Isaac Melo disse...

Altino,
a história contemporânea do jornalismo acreano é essencialmente altiniana, se me permite o neologismo.

Parabéns a você e alguns poucos outros que fazem um jornalismo sério nesse estado, em que alguns fatos parecem brincadeira!

Janu Schwab disse...

Parabéns, Altino. Dos tempos do Folha do Acre, até então, sempre combativo e afins que cabem num jornalista de verdade. Segue firme!

sergio souto disse...

Saudade desse tempo bom!

Acreucho disse...

Sérgio, saudades mesmo do tempo em que a gente podia sair pela madrugada sem ser assaltado ou atropelado pelos malucos da noite. Saudade do Kaxinauá.

Aleta Dreves disse...

Parabéns Altinooo, sabe oque é engraçado olhando estes gravadores, ontem mesmo no site do kibeloco.com.br, sim gosto de ler alguma besteira às vezes, tem um vídeo francês e um brasileiro no qual são apresentadas vários "objetos" comum na nossa infância e juventude para crianças de até 4 anos e elas não os reconhecem, o que o seu neto diria se pegasse na mão um gravador desse? Abraços e mais uma vez Parabéns pelo dia do Jornalista!

Carina Menezes disse...

Parabéns Altino você é um dos poucos jornalista que podemos classificar como profissionais na arte de informar. Muito legal esses gravadores.