terça-feira, 5 de abril de 2011

INDIOZINHO NA FRENTE DO PALÁCIO RIO BRANCO

"Inúteis batalhas pra sobreviver, sabe Deus"



CURUMINZIN

(Sérgio Souto, Zé Carlos e Altino Machado)

Vem meu Curumim
Barranqueiro
Bandoleiro
De las plagas
Lá do deus Tupã

Meu Curuminzin
Varejeiro
Caçador
Aventureiro
Rei Apurinã

Mostra-me
As histórias
Das noites de breu
Dos sacis e mortalhas
Inúteis batalhas
Pra sobreviver
Sabe Deus

Traz pra mim
As cantigas
As cores, os sons
Os penachos,
Tambores e flautas
Os balangandãs, as maracas
O arco e flecha-me

Vamos dançar o mariri
Na boca-da-noite
Vamos tomar cipó
Na beira do rio

10 comentários:

Lindomar disse...

Caro Altino

"O projeto (PL 1057/07) de autoria do deputado Henrique Afonso, do PV do Acre, torna obrigatório o alerta à Funasa, Fundação Nacional de Saúde, e à Funai, Fundação Nacional do Índio, sobre casos de infanticídio em comunidades indígenas."

Alguém avise ao nobre deputado que infanticídio é o que os governos, federal, estadual e minicipal, estão fazendo, ou melhor, deixando de fazer, às criaças indígenas. Basta entender porque os indígenas estão acampados na sede da Funasa à seis meses.

Só que ver isso e se comprometer efetivamente com a vida dos povos indígenas é tudo que as autoridades não querem. É mais fácil fazer projetinhos que culpam os povos indígenas e dão uma aurea de santidade que possa render votos e prestígio no meio religioso e político. Não dá para aceitar!

Bom trabalho

Lindomar Padilha

Carina Menezes disse...

Que bela mensagem conseguiu captar com essa foto Altino. Adorei a imagem é linda. Parabéns.

Paulinha disse...

Andando pelo centro da cidade pode-se ver muitas cenas dessas.Fora os que chegam quase morrendo no hospital com pneumonia por viverem ao relento.
Agora por que isso acontece?
Que expectativa de vida tem um ser humano desse, que ja sofre desde criança.

Marcel Marques disse...

Mais e ai Paulinha, o que tu sugeres?? :x

Marcel Marques disse...

*Mas

Juliana disse...

Oi Altino,

Eu no seu lugar adotaria esse menino!

;)

SIMEI disse...

Esse Curumim nunca dirá que esta com o saco cheio dos branco. Haja incheção de saco para encher este saco.

Pietra Dolamita disse...

Esse índiozinho renascerá sempre nas aldeias ou cidades, enquanto os "tais representantes" desfrutam de mordomias e verbas destinas a melhoria de suas vidas nas aldeias.
Esse indiozinho é a prova falha da corrupção tantos dos branco como dos índios civilizados que só se dizem índios para benefícios próprios .

sergio souto disse...

"Um índio descerá de uma estrela colorida e brilhante
De uma estrela que virá numa velocidade estonteante
E pousará no coração do hemisfério sul, num claro instante."

Caê-Velô

sergio souto disse...

Índios e seringueiros, só foram bons na época da mini-global-serie!
E agora Kaxinauas, kampas,Kulinas, Apurinãs,Yauanawas, Ashaninkas, Katukinas e outras tantas...que serão de vocês?

POEMA DA MORTE

A MORTE LIBERTA O ESCRAVO
A MORTE SUBMETE O REI E O PAPA
E PAGA A CADA UM SEU SALÁRIO
E DEVOLVE AO POBRE O QUE ELE PERDE
E TOMA AO RICO O QUE ELE ABOCANHA.

Hélinande de Froidmont

Abraço!