segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

TCE FAZ PIQUENIQUE NA SEGUNDA-FEIRA

Conselheiros e diretores do Tribunal de Contas do Acre alugam barco para "planejamento estratégico" em restaurante


A partir desta segunda-feira (14), as reuniões de "planejamento estratégico" do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) passaram a ser realizadas fora do prédio do órgão.

O TCE pagou R$ 600,00 para que um grupo de 21 pessoas (conselheiros e diretores) fossem transportados no barco Prícia 111 até o Restaurante da Dona Tereza, na confluência dos rios Acre e Riozinho do Rola, a duas horas de viagem do centro de Rio Branco, a capital do Acre.


Famoso por servir a galinha caipira com feijão de corda mais deliciosa do Acre, o modesto restaurante funciona todos os dias na margem direita do Rio Acre.

Conselheiros e diretores do TCE devoraram seis galinhas antes da abertura da reunião de trabalho. Cada galinha custa R$ 60.

Após o almoço, às 14 horas, a conselheira Dulce Araújo associou o ato de servir na vida pública à passagens bíblicas. Ela justificou a escolha do restaurante à necessidade de um "ambiente transcendental", pois geralmente as reuniões de "planejamento estratégico" acontecem no prédio do órgão.


O conselheiro Ronald Polanco também defendeu a mudança do ambiente de trabalho e convidou o maquinista do barco Prícia 111 para relatar sua experiência de vida.

- Ele me contou um pouco da história dele e achei interessante. Gostaria que contasse um pouco para todos nós - pediu Polanco.


Uma caminhonete e uma van do TCE também foram usadas como apoio ao deslocamento de conselheiros e diretores.

Alguns fregueses do Restaurante da Dona Tereza deixaram de ser atendidos nesta segunda-feira.

- Vocês nos desculpem, pois trabalhamos mais sob encomenda. Mas quem chega aqui e não come galinha, bebe pelo menos o caldo - afirmou ao blog dona Tereza, que mora na confluência do Rio Acre com Riozinho do Rola há 42 anos.


Dona Tereza serviu ao jornalista Roberto Vaz, do site AC 24 Horas, farofa, arroz, feijão de corda, além de duas titelas, uma asa e três pés de galinha que sobraram do almoço dos conselheiros e diretores do TCE-AC.


Clique aqui para ler mais no AC 24 Horas.

34 comentários:

*fabio(AMOR)dani* disse...

Aposto que ele se quer pediu autorizacao de dona tereza para esta vinculando a imagem da senhora!

Regina Cavalcanti disse...

Vidão, hein? Quando crescer quero ser Conselheira do TCE...

Ângelo Maykel disse...

É povo acreano vejo que o Acre tem futuro prospere. Mas não pra vocês.

Robson disse...

O Vaz é acostumado a chupar o dedo mesmo, chupando um pé, tá numa boa.

Marcel Marques disse...

Ahhhh! Tenho fé que após realizarem este relaxante passeio pelas águas do nosso Aquiry, os conselheiros e diretores tendo saciado sua míngua de víveres com a deliciosa galinha de Dona Tereza, executaram seus deveres com muito mais prazer e eficiência, o que definitivamente trará muito mais benefícios à população acreana.

:)))))

Estou Sabendo disse...

Tribunal do faz de conta, já não fazem nada e aínda passeiam em dia de expediente, provavelmente à nossas custas, claro!!! e aínda tem gente que acha que a partir de agora eles vão trabalhar melhor, quanta hipocrisia.

Acreucho disse...

Sem dúvida alguma, "grandes decisões" foram tomadas nesta segunda-feira de relax. Relaxar numa viagem de barco, depois comer a galinha caipira da Dona Tereza é algo para os deuses da Frente Popular, nós pobres mortais ficamos mesmo é com as ruas lamacentas e o nosso feijão com arroz. Feliz foi o Vaz!

Roberto Feres disse...

2 aspectos positivos:
- celular não deve funcionar por ali, para atrapalhar a reunião e
- divulgaram mais um passeio interessante, que poucos em Rio Branco conhecem...

kemmil disse...

Naluh tinha razao: "tribunal de faz de conta", aqui (Acre)so falta uma chuva de bosta mesmo!!!!!!!!!!!!

SIMEI disse...

Depois das suculentas galinhas, tomara que peguem uma bela Malária!

roberto disse...

Caros Leitores, planejamento estrategico é uma missão complexa e exige dedicação de todos.
Para escrever um planejamento estrategico é necessario concentração dos técnicos envolvidos,dentro da sede do Tribunal é impossivel obter essa concentração (telefones ligados, os chefes chamnado, assuntos pessoais e etc..) é muito importante não haver facilidade para os técnicos disperssarem, logo o aproveitamento é maior.
Qualquer organização somente pode alcaçar seus objetivos a partir de um planejamento com mestas definidas, por isso é necessário esse isolamento.
parabens aos senhores planejadores do TCE-AC. Roberto C.de Sá Miranda

Alysson disse...

Como assim, caro Roberto? Então quer dizer que os técnicos não estão tendo condições de trabalhar na sede do seu trabalho?
Se o planejamento estratégico é tão complexo como você falou, em uma reunião séria os participantes não deveriam estar com celulares ligados, resolvendo assuntos pessoais etc. Aliás, acho que uma reunião em um restaurante não ajudaria a concentração de nossos queridos técnicos.
Qualquer organização somente pode alcançar seus objetivos a partir de um planejamento SÉRIO, com metas definidas, por isso é necessário TRABALHAR NO TRABALHO.

LN disse...

Interessante. Diz o Roberto que o TCE gastou pouco mais de R$ 1.000,00 para fazer o planejamento estratégico do Tribunal. Diz outro comentário que fazer planejamento estratégico é possível dentro do ambiente de trabalho! Quanto hipocrisia! De fato, é difícil você escrever um relatório em um ambiente de trabalho, com telefones, pessoas te chamando etc. Um lugar como aquele é a melhor coisa que existe inclusive para refletir a realidade em que se convive. É necessário sair do ambiente de ar condicionado e conhecer outras realidades! Imaginem que em todos os lugares, inclusive nas empresas, as pessoas são deslocadas para fora de seu ambiente de trabalho, para melhor pensar! Com o TCE não poderia ser diferente! Quanta hipocrisia. Feio mesmo é um blog fazer uma reportagem dessas e sequer ouvir a outra parte! Interessante ouvir as pessoas envolvidas para saber se de fato os valores são aqueles mesmos e se o TCE pagou a conta mesmo! E se estivesse pagado, quanto custo, não é? Outras situações muito mais graves em todos os órgaos acontecem e o Blog não percebe! Quando há planejamento estratégico do governo que é fora do ambiente de trabalho não se questiona! É bom olhar também esses lados.

Frank disse...

Tá bom, galera, tá bom...

Pode-se detonar os TCEs. Mas a idéia é louvável. O problema é a condução da mesma.

Os conselheiros deveriam ser concursados, assim como são os procuradores, auditores, analistas e técnicos, pelo menos os "não-QI".

Enquanto o governador puder indicar indivíduos aleatoriamente para as vagas, nada funcionará direito. Fala-se inclusive de conselheiros semi-analfabetos...

Até a indicação é uma deturpação do que prevê a CF, quando dos candidatos a conselheiros: "indivíduos de reputação ilibada e notórios conhecimentos técnicos nas áreas de atuação do TCE." Se colocarmos aqui os nomes dos conselheiros do TCE, todos se encaixariam nesta descrição?

Há duas vagas de carreira, o restante são de nomes que vêm da Assembléia e do gabinete do Governador. Antes de mais nada, isto é que deveria mudar, sem falar na criação de um Conselho Nacional, como o CNJ e o CNMP, para verificar e punir os abusos. Tipo aquele conselheiro do TCE-PA que apareceu no Fantástico dizendo que a lei que proíbe nepotismo não valia lá não.

Existem técnicos que realizam muito bem seu papel, não coloquem portanto todos no mesmo saco.

:^|

kemmil disse...

Caro Roberto, seriam os funcionários do TCE tão acostumados a vida rural a ponto de não se distraírem e/ou nao ficarem maravilhados com as paisagens naturais?


P.S: eu trabalho na área ambiental há 12 anos e quando em viagem (deslocamento) não consigo me concentrar em outra coisa. Peço ajuda aos nobres colegas (funcionários públicos)

Estou Sabendo disse...

Esse Roberto deve trabalhar no TC, ou ele vive fora da realidade, para se obter bons resultados, fazer um bom planejamento estratégico, precisa de infra estrutura e isso o TC tem, e não fazendo passeio de barco. Por falar nisso qual será o planejamento estratégico que eles estão fazendo, seria a aprovação de contas de governantes enrolados? isso necessita de planejamento estratégico? só se for para aprovar coisas ilícitas.

Francisco Dias disse...

Tribunais de Contas

Consiste em mais uma inútil instituição pública que... bom... ham... não serve pra muita coisa. O seu objetivo era fiscalizar as instituições públicas dos estados, mas os membros que integram o plenário são escolhidos pelos deputados e pelo governador do estado, aí fica meio complicado qualquer conselheiro punir qualquer instituição pública, afinal, já que conseguiram uma boquinha para mamar gostoso nas tetas do governo, é inconcebível punir os próprios padrinhos. E assim fica a corrupção comendo solta.
O Tribunal de Contas dos Estados consiste em um dos maiores ralos de dinheiro público, da qual suas instalações foram projetadas para abrigar parasitas e fantasmas de todo quanto é tipo, além de milhares de parentes dos conselheiros, deputados, entre outras “otoridades”. Outro trabalho intenso desta instituição é o abrigo de laranjas, e deputados indiciados criminalmente, que são nomeados para se esquivarem da cadeia com o foro privilegiado que detém os “dito cujo”.
Trata-se de um instituição em que as funcionárias do baixo escalão precisam fazer o teste sofá para manter seus emprego, ou senão, será botinada, independentemente do tempo de casa. Outra característica comum é a predominância de estagiários para atender todas as atividades da instituição, uma vez que seus funcionários são ocupados demais com as atividades de levantamento de copo de café e cigarro, nas salas e corredores da instituição.


Elementos Necessários para ser Conselheiro
 Não precisa ser letrado, basta que saiba assinar o próprio nome;
 Não precisa de concurso, basta ser político ou ter bons contatos com os deputados ou governador;
 Desonestidade é obrigação, pois idoneidade é cobrado na Constituição, mas isto não garante uma cadeirinha na Casa da Mãe Joana;
 Parestesco com governantes também, é um item importante para uma possível nomeação;
 Deve-se conversar sobre cavalos, fazendas, etc. nos dias de sessão no plenário, comer galinha caipira é o prato predileto. Quanto aos processos são dispensáveis, e nem precisa saber ler, ou melhor, nem precisa ao menos ver ou tocar neles, pois sempre terá um estagiário para cuidar disso;
 E vista-grossa, para qualquer ato de corrupção, uma vez que os investigados são sempre os que lhe deram uma vaguinha como fiscal do erário público, não é conveniente julgar os atos de corrupção destes, exceto se você for muito ingrato para com quem lhe deu uma vaga com excelente salário para não fazer absolutamente nada, e deseja arriscar esta vida boa...

Francisco Dias disse...

Sr. Altino, me desculpe por aquele comentário infeliz à respeito da sua cerca,Internet bêbado não é definitivamente uma boa idéia. Abraços.

Marcel Marques disse...

Bem, não seria a pobre alma pusilânime do "Estou Sabendo" que seria capaz de entender sarcasmo e ironia, pessoas desprovidas de perspicácia/inteligência nunca entendem mesmo...

Mario Marcelo disse...

Que tal substituir o Tribunal de contas por uma banca de contadores , seria menos custoso pro Estado.

Acreucho disse...

O pior que gente tem que aturar da Frente Popular é que pessoas como o Roberto acreditam naquilo que ele escreveu e têm como verdade. Imaginem, quanta sandice junta! Eles foram foi passear mesmo, não sei como não tinha um tecladista cantando música sertaneja...

Hermerson Almeida disse...

Amigo Altino é a cara do ACRE.
Farra com dinheiro público, alguns não sabem nem o conceito de planejamento estratégico.

lucivaldo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Estou Sabendo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
beth5050 disse...

Pessoal pra falar em TCE - temos q primeiro pedir licença ao SR MOURA (ANTIGA AUDITORIA DE CONTAS, PALÁCIO DAS SECRETARIAS).....

beth5050 disse...

GENTE DO CÉU!!!!! E O RODISIO. SAI A... ENTRE P..., VOLTA I.... ENTRA A... OUTRA VEZ VOLTA E... NOSSA!!! ISTO É INFERNO INFINITO.

Marcel Marques disse...

“Estou Sabendo” suas observações são pífias, você é burro, e o que ocorre quando o Altino permite postagens anônimas é a perca de credibilidade, o blog cada vez mais distancia-se de seu objetivo que é tentar realizar um jornalismo ético e imparcial, e acaba tornando-se uma arena para a oposição despreparada, que tenta ludibriar o que realmente possa ser a real opinião da população, utilizando-se de pseudônimos idiotas como o seu.

E seus ataques ao Aníbal meu filho, são patéticos, sem provas e realizados por uma pessoa sem identidade, ou seja, não significam nada, assim como você não significa nada.

Saia do armário e vire homem (ou mulher).

e Altino, libera logo todos os comentários, a frase aqui embaixo "Este blog não permite comentários anônimos." já deu.

Estou Sabendo disse...

Marcel, vc é muito rancoroso e isso faz mal a saúde, não se preocupe comigo, como vc disse eu sou covarde, pusilânime, etc. más não vou deixar de emitir o que penso, se vc não concorda com minhas colocações, é porque divergimos em nossas posições. Vc deve ser muito bem pago para defender seu chefe e seu governo. Más cuidado que tudo na vida é pasageiro, até nosssos ideais, não seja arrogante e se achando que sabe de tudo, vc é mais uma marionete do poder.

Marcel Marques disse...

“Estou Sabendo”, primeiramente quero dizer-lhe que não sou rancoroso, tento sempre ser o mais justo possível, e nas minhas tentativas acredito que com você não falhei. Bem, dito isto, eu nunca recebi um tostão do governo, nunca fui beneficiado com nenhum ato do mesmo, e é uma das coisas que sempre me garantiram neste blog.

Agora, enquanto houver babacas anônimos como tu, eu não mais postarei aqui, não alimentarei uma chama nefasta e antiética que poderá se torna este blog, um paraíso dos pseudônimos e um lar da devassa oposição acreana.

Contudo, foi um bom passeio, perdi muito mais do que ganhei postando aqui, e agora tive meu basta, desejo uma boa sorte ao Altino, que este mesmo reencontre o seu norte, e aprenda novamente o que é fazer oposição, o mesmo ficou muito tempo observando Bocalândia e companhia e parece ter se esquecido....

Estou Sabendo disse...

Marcel, não dá pra lhe enteder, vc só quer ouvir o que lhe é conveniente? parece criança mimada, eu não gostei do que ele falou e por isso eu não quero mais falar com ele. O Altino é um Jornalista de primeira, democrático, sem mãos atadas e independente, tanto que ele posta as minhas observações de que vc tanto deprecia. Levante a cabeça, deixe de birra, e com certeza vc não deixará de ler esse blog, que é o mais lido da região norte, justamente por ser democrático! Esqueça pseudônimos, nomes, apelidos, o que vale é a chance que nós temos de gritar um pouco contra o que a gente acha errado.

beth5050 disse...

Ei Altino... descupem-nos os leitores. VAMOS CORRIGIR O (RODISIO) leia-se rodízio.

Francisco Dias disse...

Meus amigos aconselho à vcs irem ao Google e digitarem: POLITICO HONESTO e apertem ESTOU COM SORTE e verão os nomes dos melhores.Vcs terão uma surpresa.

lucivaldo disse...

Assim não.

Deriik--Mateus disse...

dona terza q saudades dela eu me lenbro de quando eu ia cm a minha familia para o rio acre e quase td vez q nois ia nois via ela ela pra mim era cm uma madrinha ela era mtu amiga da minha avo q pena q ela faleceu queria q ela aida estivesse viva !!!