quarta-feira, 17 de novembro de 2010

POLÍTICA E ENGENHARIA


Você acredita na honestidade do governo estadual e dos engenheiros, arquitetos e empreiteiros quando executam obras como essas, nas duas entradas de um conjunto de habitação popular ainda vazio? Contrariam códigos de obra, postura, segurança e até de bom senso. E ainda chamam o eleitorado de irresponsável ou hostil quando são contrariados nas urnas. É uma pena que no Acre não haja fiscalização sequer do Ministério Público Estadual.


5 comentários:

Valentina disse...

Altino,

falando em fiscalização, deveriamos, todos os acreanos, começar o ano com nova postura. Para começar fiscalizando os nossos representante do legislativo. Fiscalizando diariamente seus projetos, os votos e a assiduidade na participação das sessões, inclusive, exigindo falta e desconto no dia de trabalhos para aqueles que faltarem ao seus trabalhos e sessões. É isso mesmo. O trabalhador comum não tem o dia de falta descontado no seu salário no dia que falta? Então, porque eles, que são colocados lá para nos representar tem que ser diferente? São pagos, e muito bem pagos para nos representar e não faltar o serviço.

cbruno disse...

Altino,
Explique melhor essa geringonça?

Acreucho disse...

Altino, passei ontem neste local e vi o absurdo "a cerquinha avança em cima do que deveria ser o acostamento", pensei em comentar sobre o assunto, mas, já que voce o fez, está bem feito. Qual será a utilidade dessa cerquinha?

ALTINO MACHADO disse...

Acreucho, é apenas um chiqueirinho. Nada mais.

Andarilho disse...

kkkkkkkkk

A engenharia empregada nessas construções demonstra o nível de profissionais que temos no Estado. Não todos, mas muitos é do 'ctrl+c e ctrl+v'.E se intitulam os bambans da engenharia.
Nosso Estado merece mais que isso.