domingo, 22 de agosto de 2010

ELIÉZER AYACHE JÁ ESTÁ NA PENAL


O jovem de 25 anos que aparece na foto com o braço direito tatuado, já está na penitenciária Francisco D'Oliveira Conde, em Rio Branco, por ter protagonizado, às 4h30 da madrugada de sexta-feira (20), um grave acidente de trânsito.

Embriagado, perdeu o controle de uma caminhonete de luxo que capotou várias vezes no Parque da Maternidade. Estava acompanhado de quatro mulheres, sendo duas menores -uma garota de 14 anos e outra de 13 anos, que morreu ao dar entrada no hospital.

Detalhe sórdido: paramédicos encontraram um "consolo" na vagina da vítima de 13 anos.

Leia mais:
Outro acidente de Eliézer Ayache com carro importado


Na primeira foto, capturada da Giro Geral, do colunista social e assessor do Ministério Público do Estado do Acre, Moisés Alencastro, o jovem aparece com amigos na chácara de sua família. Foi apresentado pelo colunista como Eliézer Aiache.

E era assim mesmo que costumava se apresentar na cidade pelo fato de ser criado por Yacut Ayache, servidora aposentada da procuradoria jurídica da Assembléia Legislativa do Acre. O nome dele na verdade é Eliézer dos Santos Almeida. É filho de uma filha adotiva de Yacut Ayache.

A testemunha Ailton Braga disse à reportagem da TV Gazeta que o motorista e as menores estavam muito bêbados. O exame bafométrico revelou 0,79 mmHg/l no motorista.

Avisados do acidente, familiares e amigos de Eliézer realizaram a proeza de retirar a caminhonete do local e evitaram o trabalho dos peritos da polícia.

Ainda na sexta-feira, o delegado do 1º Distrito Policial autuou o flagrante, arbitrou fiança e encaminhou o caso para a juíza plantonista Cezarinete de Souza Augusto Angelim.

A juíza decretou a prisão de Eliézer, que dormiu na delegacia e na manhã deste domingo (22) foi encaminhado para a penal. A prisão foi decretada sob o argumento da necessidade de garantia da ordem pública.

A tipificação inicial feita pelo delegado, por culpa, foi reformada pelo Ministério Público e pela Justiça.


Além de decretar a prisão, a juíza, como medida cautelar, suspendeu o direto de Eliézer dirigir por um ano e determinou a busca e apreensão da caminhonete.

Eliezer é reincidente em vários casos de acidentes de trânsito com carro de luxo. Já teve a carteira cassada, mas continuava dirigindo livremente.

Yacut Ayache outra vez intercedeu em defesa do "filho" Eliézer. Quando a prisão foi decretada se deslocou até à casa da juíza. Queria reverter a situação, mas sequer foi atendida. E teve que ser internada em estado de choque.

Às 2 horas da madrugada deste domingo, o advogado Assem Ayache, sobrinho de Yacut, acionou o plantão do 2º Grau do Tribunal de Justiça e ingressou com pedido de habeas corpus.

A desembargadora Eva Evangelista indeferiu o pedido liminar e solicitiou informações ao juiz de plantão Laudivon Nogueira.

Na manhã desta segunda-feira (23), com base nas informações a serem anexadas ao processo, este será redistribuído e passará a ter um relator para o julgamento do mérito do habeas corpus.

Meu comentário: A imprensa sabia o nome do causador do acidente e da morte, mas evitou mencioná-lo. Gente assim não costuma permanecer presa, especialmente no Acre. Como se trata de um conhecido reincidente em acidentes de trânsito com carro de luxo (veja), sempre em nome de
Yacut Ayache, em poucos dias estará novamente solto pelas ruas da cidade para causar novos danos à sociedade. A nota foi atualizada às 12h30 da segunda-feira (23).

Vídeo da reportagem da TV Gazeta

66 comentários:

∞A.R∞ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andarilho disse...

Bom dia Altino!!!
Ratifico minha palavras sobre a ação da justiça, em casos como esse, com pessoas 'filha ou filho de fulano', pq é ou pertenceu ao meio juridico. Isso tem que acabar!!!
Que fato trágico esse. Uma vida foi ceifada por irresponsabilidade de um reincidentes em acidentes de transito.
Se fosse eu ou você, reincidente (Deus nos livre disso), não estariamos dirigindo nem carroça.
Absurdo isso!!!
Parabéns ao delegado a juiza de plantão, que em tempo foram imparciais e agiram, sob a luz da lei, pela ordem e paz da sociedade, prendendo e recolhendo ao presidio esse infrator.

PS: Altino, essas fotos do 'desperdício' de água em sua casa são de uma colocação impar. Somentes olhos iluminados percebem isso.

Fernando disse...

Infelizmente conheço muitas pessoas assim, mal educadas no sentido de não ter limites. Os parentes simplemente preferem dizer que foi uma fatalidade e passar a mão na cabeça como se tudo se resolvesse assim, dizer que foi um acidente. Um cara como esse que teve o privilégio de ser adotado por uma sra. que tem condições financeira e não aproveitou a oportunidade para estudar e ser mais que um "filhinho de papai" mas neste caso "filhinho bastardo de mamãe adotiva". Todos perdem, a sociedade que fica a marcê de tipos como este, a moça que morreu e sua familia que ficou para sofre o luto, enfim, tenho certeza que a dor da sra. que o adotou e toda a sua familia vai até o momento em que ele ficar preso.

Fernando

Mammon disse...

Me desculpe a franqueza, mas quem anda com bandido também é bandido. Se a mocinha ou quem fosse morreu ou está ferido, sabia sim do tipo de pessoa com quem estava andando e por isso recebeu o devido pagamento. Espero que apodreça na cadeia esse muleque, porque homem de verdade, não põe em risco a vida dos outros. E se esse muleque é assim, é culpa de dona yacult, que não impôs limites.

Victor disse...

Prezado Altino, não cruxifique alguem por UM ACIDENTE. UMA FATALIDADE SIM. Poderia acontecer com um filho seu, ou amigo. Isso chama-se fatalidade...
Vocês não conhecem a pessoa Eliezer, então não o julguem. O que pagamos aqui na terra, é fruto de vários acontecimentos, uma guerra ASTRAL, uma coisa vem trazendo a outra, enfim, quem tem alguma doutrina baseada em fé, sabe bem como isso funciona. Se não sabe, eu te mostro qualquer hora. Eliezer sempre foi um cara temente a Deus, e isto é uma barra que ele vai passar, pra provar a Deus que merece estar junto a ele.
Porque não prendem o Governador, que não da saúde, moradia, nem educação pra ninguem. (Talvez se essas meninas tivessem sido educadas, alimentadas e com moradia digna, não estariam ali enfeitiçadas por um carro importado). Porque não prendem os assassinos do Fabricio? Porque não prendem os Caciques do PT que embolsam toda a GRANA nosso ESTADO. PORQUE? PORQUE? PORQRUE?

São tantas perguntas sem respostas na nossa vida, que vou deixar mais uma aí pra vc refletir e responder. Três posts atrás você falou sobre O SISTEMA CARCERÁRIO.. agora me responda. È justo deixa-lo junto com ASSASSINOS FRIOS, SEQUETRADORES, ASSALTANTES, ESTRUPADORES NA PENAL?? vocês reclamam tanto que a lei no Brasil não se cumpre, mas não se cumpre, porque a própria lei não respeita diferenças. Aqui no Acre é tudo na base da AMIZADE. Se a Yacut baixasse a cabeça PRO POVO DO PT, seu neto não estaria preso. NESTE ESTADO CORROMPIDO TUDO É AMIZADE. Fico abobado de ver agora, vários bons samaritanos, acusando ele disse e daquilo.. mas TODOS, sem excessão, dirigem, ou dirigiram alcoolizado alguma vez. Eu o conheço e sei que tudo isso ele vencerá, outros venceram.. não é o fim do MUNDO.
"Uma criança de 13 anos não era pra estar na rua 5 da manhã, atrás de carona e de sexo na noitada.
Cade o tão presado CONSELHO TUTELAR. Doutor Maia é um FRACO, em se tratando de aplicação das leis."

Agora tá aí, um chamado Playboy, que na verdade nunca esteve nem aí pra SOBRENOME Ayache, Ayacho, ou Ayuche, no meio de pessoas de alta periculosidade. Vão esperar que ele saia e dê uma salva de palmas pra justiça, baixe a cabeça e viva recluso o resto de sua VIDA?? A vida continua, para a menina infelizmente não, (que pague o que deve, não junto a bandidos PERIGOSOS) mas para os outros sim, a vida continua.. e que todos que estavam no acidente, você e seus leitores.. tenha esse fato como LIÇÃO DE VIDA. Pode acontecer com qualquer um de nós, a qualquer momento.

Altino, você ainda passará por muitas coisas nesta vida, então como seus leitores, NÃO JULGUEM. DEUS é maior que todas essas coisas.

Falo aqui por muita gente: SOMOS TODOS AMIGOS DELE E NÃO DEIXAREMOS ELE SÓ, A RAZÃO É DELE, A PENA É DELE.. E A FÉ É NOSSA. TUDO VAI SE RESOLVER, meia duzia de INVEJOSOS, querendo.. OU NÃO. Neste ESTADO, ou em qualquer outro lugar.

Leonardo Maia Roma disse...

pegaaaaa playboy a casa caiu pra ti!!!
tomara que tu pegue uns 200 anos em regime fechado pra aprender a ser homem!!

lindalci disse...

Sr. Altino,

Acho válido você se preocupar com a Sociedade, mas não concordo quando olha só uma parte do problema. Vejamos: No caso desse jovem, não acho justo você expor a vida pessoal, ou seja, se ele é o unão filho legitimo, pois cabe a família esse direito. Sabemos que ele é considerado como filho e é muito querido, mas isso não vem ao caso no momento. O que interessa é que você ao expor uma matéria tem que ter uma visão geral do problema, como por exemplo: Nesse lamentável episódio, existem vários culpados: O Conselho Tutelar, O Ministério Público, O Juizado da Infância, A família da vitima,o condutor do veículo e os demais que estavam no carro etc...
Gostaria de saber porque o Conselho Tutelar e Juizado da Infância, não fiscalizam esses menores em casas noturnas, se drogando e se prostituindo? Pergunto isso porque sei de casos que falam que irão acompanhar através de pessoas dessas Instituições, mas na verdade não é investigado nem acompanhado nada, quando acontece, uma vez ou outra, como já vi, eles apenas atuam os menores de melhores condições e os outros(classe média baixa), ficam soltos em frente ao 14 Bis e em casas noturnas, fumando, se prostituindo e se drogando. Fazem vista grossa. Qual será o motivo? Será que terá melhor repercussão na mídia, apreender um menor carente ou um filho de papai? Outro ponto importante é a família. Onde estavam os pais da menor que faleceu e da outra, no horário da madrugada, onde as filhas estavam soltas, fazendo tudo de errado? Como um pai diz que não sabia que a filha tinha saido? Será que a casa é tão imensa para não achar a filha nos compartimentos da mesma.
O que não aceito é crucificar somente o motorista. Se realmente existem culpados, são vários. Sinto muito pela garota que morreu, estava tão feliz no teto solar de um carro empolgada com o carro importado etc. Sabemos da Leis horrorosas e defasadas que regem o nosso País. Então pergunto: Ela foi forçada a entrar no carro? Ele pegou essa "menor" em sua casa? Sabemos que todas estavam na Exacilbur, Casa Noturna da Cidade. E onde estava o Juizado da Infância e Conselho Tutelar?
Temos que ser realistas e não sonhar, prejudicando um lado só. Vamos sim sonhar, mas culpando todos!!!!!
Mais uma vez reforço: Respeitar a família acima de tudo!!!! Expor a privacidade sem autorização da família é crime!!! Temos que ter mais atenção e cuidado ao expor algumas situações. Esta é minha opinião.

lindalci disse...

Sr. Altino,

Acho válido você se preocupar com a Sociedade, mas não concordo quando olha só uma parte do problema. Vejamos: No caso desse jovem, não acho justo você expor a vida pessoal, ou seja, se ele é o unão filho legitimo, pois cabe a família esse direito. Sabemos que ele é considerado como filho e é muito querido, mas isso não vem ao caso no momento. O que interessa é que você ao expor uma matéria tem que ter uma visão geral do problema, como por exemplo: Nesse lamentável episódio, existem vários culpados: O Conselho Tutelar, O Ministério Público, O Juizado da Infância, A família da vitima,o condutor do veículo e os demais que estavam no carro etc...
Gostaria de saber porque o Conselho Tutelar e Juizado da Infância, não fiscalizam esses menores em casas noturnas, se drogando e se prostituindo? Pergunto isso porque sei de casos que falam que irão acompanhar através de pessoas dessas Instituições, mas na verdade não é investigado nem acompanhado nada, quando acontece, uma vez ou outra, como já vi, eles apenas atuam os menores de melhores condições e os outros(classe média baixa), ficam soltos em frente ao 14 Bis e em casas noturnas, fumando, se prostituindo e se drogando. Fazem vista grossa. Qual será o motivo? Será que terá melhor repercussão na mídia, apreender um menor carente ou um filho de papai? Outro ponto importante é a família. Onde estavam os pais da menor que faleceu e da outra, no horário da madrugada, onde as filhas estavam soltas, fazendo tudo de errado? Como um pai diz que não sabia que a filha tinha saido? Será que a casa é tão imensa para não achar a filha nos compartimentos da mesma.
O que não aceito é crucificar somente o motorista. Se realmente existem culpados, são vários. Sinto muito pela garota que morreu, estava tão feliz no teto solar de um carro empolgada com o carro importado etc. Sabemos da Leis horrorosas e defasadas que regem o nosso País. Então pergunto: Ela foi forçada a entrar no carro? Ele pegou essa "menor" em sua casa? Sabemos que todas estavam na Exacilbur, Casa Noturna da Cidade. E onde estava o Juizado da Infância e Conselho Tutelar?
Temos que ser realistas e não sonhar, prejudicando um lado só. Vamos sim sonhar, mas culpando todos!!!!!
Mais uma vez reforço: Respeitar a família acima de tudo!!!! Expor a privacidade sem autorização da família é crime!!! Temos que ter mais atenção e cuidado ao expor algumas situações. Esta é minha opinião.

marx disse...

Venho aqui ratificar o que disse o comentário do VICTOR, e ainda complemento. POrque esse juiz que determinou a prisão do eliezer não determina a prisão do pai da finada, já quE ELE NÃO TAVA NEM AÍ PRA EDUCÁ-LA, APOIÁ-LA E CUIDÁ-LA?????
É a pergunta que deixo aqui!

Fernando disse...

Bem que eu coloquei no comentário anterior, já apareceu alguem - da familia ou circulo de amizades - para inteceder e levantar a bandeira da FATALIDADE. E se no dia em que ele invadiu a casa tivesse alguem perto do muro, também seria um acidente ou uma fatalidade?
Quem bebe e vai dirigir deveria pagar da mesma forma que alguem que anda armado e atira em outrem. Concordo que a moça de 13 e a outra de 14 deveriam está sim em casa e que seus pais são culpados de não impor limites a suas filhas de não fazerem com que obedeçam uma ordem, mas isso não tira a culpa do "iacutizinho" ele deve pagar e sim, ainda mais que é reincidente na mesma infração. Agora jogara figura do governador, "caracas" é muita apelação. Eu prefiro que este "iacutizinho" fique preso a eu ter que a qualquer momento quando estiver caminhando ser pego por um carro desgovernado dirigido por ele.

Fernando

Willy disse...

Por: RHÁVILLA MAIA

Tem tanta gente que fala o que não sabe .. E o que não deve, como você Altino! Pra que melhor informação que a minha ?! O ACIDENTE foi em frente a minha casa .. E eu acompanhei o Eliézer e as meninas até o hospital, nenhuma esta em estado grave, como dizem por aí,a unica que teve problemas graves foi a menina que faleceu, fiquei lá até as 10:00 da manhã de sexta-feira! Ouvi o relato de todas as meninas, e o dele .. O fato é que o Eliézer, passou em frente ao Complexo do 14 Bis, e uma delas pediu carona, até o posto Vitória, pra quem não sabe, o Eliézer mora pertissímo desse posto! No caminho, a garota com certeza ficou entusiasmada, acho que nunca tinha andando em um carro como aquele e pediu pra ir no Teto Solar, ele deixou. Li aqui, que havia um "consolo" dentro da vagina da menina, gente .. Vou ser bem sincera, a menina estava de calça jeans, e não daria tempo de ele vesti-la, assim que o acidente aconteceu eu saí de casa, o vi saindo do carro, e a menina já estava no chão, acho impossível ele ter introduzido isso na menina. E ele é muito homem sim, permaneceu no hospital, dando apoio as outras meninas, e quer dar apoio financeiro total a familia da garota que faleceu, que por sinal deveria estar em casa, por ter 13 anos de idade, ele não ia adivinhar que estava dando carona pra uma menina tão nova, ele só ficou sabendo a idade dela no hospital. E desde quando dar carona é crime ? O Eliézer, não é nem um bandido, ele não merece ficar preso. Que justiça é essa ? Deveriam prender que realmente mata, que realmente rouba, quem realmente merece, não ele, que sofreu um acidente! Isso pode acontecer com qualquer um, ou vai me dizer que é todo mundo certinho, todo mundo anda devagarinho, todo mundo usa cinto ? Quem nunca errou que atire a primeira pedra! Estou do lado dele, e acho que ele não merece passar por essa situação!

ALTINO MACHADO disse...

Lindaci, não tente ser mais realista que a rainha. Quem me deu as informações sobre a relação de parentesco foi uma prima dele, a bem da verdade. Sou jornalista e ao assinar a nota me responabilizo por ela em todas as instâncias. Caso haja algum crime de minha parte, terei que me defender. Se for condenado, tereu que cumprir a pena. Aproveita e leia o que escreveu o jornalista Silvio Martinello nas Gazetinhas de domingo, a respeito do mototista. Portanto, sou jornalista e apenas busquei dar conhecimento à sociedade do que aconteceu. Resolver o problema é algo para o Estado e sua equipe de especialistas discutirem. Passar bem

ALTINO MACHADO disse...

RHÁVILLA MAIA, seu comentário é muito passional, pois você é ex-namorada dele. Inegável que deve conhece-lo bem. Boa sorte

Evandro Ferreira disse...

Altino,

Esse leitor chamado VICTOR deveria medir as palavras ao defender cegamente alguém que, conduzindo um veículo sob influência de álcool (segundo a sua nota o exame bafométrico revelou 0,79 mmHg/l no motorista), contribuiu de forma direta para o acidente que causou a morte de uma pessoa.

Se confirmado que o motorista estava bêbado, então nesse caso não houve FATALIDADE ou mesmo ACIDENTE pois essas situações se configuram como algo que ocorre de forma inesperada, fortuita, sem a contribuição decisiva do condutor. Coisas do tipo: a pista estava escorregadia, outro condutor, dirigindo de modo imprudente, colidiu no veículo, o carro foi passar em uma ponte e ela caiu.

Obviamente que são situações bem distintas visto que quem dirige embriagado perde a noção do perigo e a prudência é jogada às favas...

Felizmente a lei é clara ao afirmar que quem for flagrado conduzindo veículo com 6 ou mais decigramas de álcool no sangue pode ser preso. Portanto, a prisão do condutor é mais que justa.

E se confirmado que o mesmo já teve a habilitação cassada anteriormente (por violações das regras de civilidade no trânsito, imagino eu), o correto é mantê-lo preso pois esse fato é um agravante.

Evandro Ferreira

RodB disse...

Lendo os comentários dos amigos do Eliezer, até me emociono. Que menino bom, responsável, exemplo pra família. Não merece estar preso. Ele errou uma vez? As pessoas erram. Errou duas vezes? Casualidade. Vamos torcer pra que a justiça solte ele. Não o julguem! Acho que depois de passar por isso ele merece, como forma de compensar tanta dor, um carrinho importado novo e uma festa com muita bebida, pra comemorar que a justiça foi feita. Afinal, a culpa foi da menina ou dos pais dela, não de um rapaz tão correto.

* Os amigos do rapaz que o defendem são iguais a ele. O Acre, infelizmente, está infestado de gente assim.

ALTINO MACHADO disse...

Victor, grato pelas ponderações no segundo comentário, que não será publicado conforme seu pedido. Compreendo o drama e vou pensar com carinho na sugestão de artigo que você me fez. Boa sorte!

Fernando disse...

Olha, pelo que vejo os amigonho(a)s do "iacutizinho" vão querer que coloquem a menina que faleceu no lugar dele na penal, a familia dela realmente é muito culpada do que houve, a do "iacutizinho" mais ainda por passar a mão na cabeça desse menino tão perfeito, exemplo de rapaz, ele devia é ter aproveitado a chance que teve a sra iacute e ter estudado e se tornado ai sim, um exemplo de pessoa, ao invés disso ele preferiu "closar" nas rodas de amigos com muita bebida e mulher.
Mais uma vez eu afirmo, prefiro ele preso a ter que ver mais uma FATALIDADE com ele no volante.

Fernando

Aldo Nascimento disse...

Altino, pela Faculdade Euclides da Cunha, do professor Carlos Alberto, estou tentando unir cérebros livres para que escrevam sobre o Acre. Altino, vc é um desses cérebros. Aceita o convite?

Uma proposta:escreva 10 laudas sobre a imprensa acriana. A revista será indexada e quem escrever receberá um valor simbólico.

Meu e-mail é lingua.portuguesa@uol.com.br

Victor disse...

JÁ ESTÃO ME JULGANDO TAMBEM?? Não citem meu nome. Vocês nem me conhecem. Eu nao falo com nenhum de vocês, portanto não toquem no meu nome. Falem ao blog para o Altino, não para mim. CADA um com a sua opinião e PONTO FINAL.
Quem julga ainda vai passar por algum aperto na vida, e vai lembrar disso. TUDO NA VIDA TEM UM PORQUE.
Não é hora de os amigos virarem as costas e sim dar apoio neste momento dificil. vocês nos julgam por isso? Não merecem nem ter familia.

Obrigado Altino, abraços, um dia terei o prazer de conhecê-lo!!!

De Bikes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lindalci disse...

Sr. Altino,
Apenas dei minha opinião, o problema de ser processado, caso seja, é seu e da família. Sou imparcial ao caso. Por favor seja profissional e também imparcial ao dissertar sobre o assunto.
Sou grata pela atenção especial dada a minha pessoa.

Joao Junior disse...

Pra que tantas ofensas ao Eliezer e também a nós amigos dele? vejo que as pessoas que estão comentando essa tragédia não estão preocupadas com os fatos ou com as vitimas,o que houve foi um acidente, uma lamentável tragédia. Um trauma pra vida inteira. Acho que nesses comentários acima são escritos por Juízes? ou por invejosos ?

Fiquem Deus ! JJ.

ALTINO MACHADO disse...

Lindalci, a coisa mais chata para quem faz um blog é admistrar comentários. Claro que você não foi nada imparcial. Veio aqui criticar o que faço e defender o jovem. O espaço é pro debate mesmo. Já tenho o couro duro após muitos anos como repórter. Dizem que repórter bom é repórter odiado. Que eu seja odiado sempre. Apareça mais, pois o blog não aborda apenas casos de polícia. Também sou grato por sua atenção.

De Bikes disse...

é bem verdade que o Eliezer sempre teve a fama de mauricinho, que nunca trabalhou e sempre teve e fez o que queria, sempre se envolvendo em acidentes de transito, bebado, (amigos do Eliezer) pra vcs é facil vir aqui e dizer: poxa o fulano é legal, beltrano é bom, é conveniente a vcs mesmos (Amigos dele) pensem nas familias prejudicadas... um dos casos mais recentes foi quando ele entrou com uma Prado em uma residencia, igualzinha a do ultimo acidente, e mais antigo ainda, quando ele tinha um ECLIPSE e sofreu um acidente na ponte do Raimundo Melo... ou seja ele sempre se envolvendo em acidentes de transito e nunca apredendo como evita-los, agora ta preso, mais infelizmente vai sair logo familia de poder sabe e conhece as brechas da lei... mais a familia nao tem nada haver o dever da familia e ficar ao lado de seus parentes... a culpa é dele mesmo que nao aprendeu nada com sua tragetoria tinha tudo pra ser uma boa pessoa... LETRA DESTA MUSICA CHAMADA (A VITIMA/RACIONAIS) SE ADAPTA AO ELIEZER ((((Naquela noite eu acordei e não sabia onde estava/ Pensei que era sonho, o pesadelo apenas começava/ Aquela gente vestida de branco/ Parecia com o céu, mas o céu é lugar de santo/ Os caras me perguntando: E aí mano cê tá legal?/ Cheiro de éter no ar nunca é bom sinal/ Dor de cabeça, tontura/ Aquela sala rodava estilo brisa de droga, loucura/ Sangue na roupa rasgada/ Fio de sutura me costura, porra gente não vale nada/ Do que adianta você ter o que quer/ Sucesso, dinheiro, mulher, beijando seu pé/ E num piscar de olhos é foda/ Você é furado igual peneira ou sem valor numa cadeira de roda/ (O que que eu to fazendo aqui, não quero admitir, agora é tarde, tarde, tarde...)/ Lamento, meus parceiros me contaram/ Cena após cena, passo a passo que presenciaram/ Mano foi um arregaço na Marginal/ Você capotou, teve até uma vítima fatal/ Da Zona Sul e tal, sentido ao centro/ 1 da manhã, lembrei daquele momento/ Vários Opalas, mó carreata/ E eu logo atrás da primeira barca diplomata/ T o dirigindo ali no volante/ PRADO PRETA, 2Pac no alto-falante/ Por um instante tive um mal pressentimento/ Mas não liguei, não dei conta, não tava atento/ Que merda, um cara novo morreu/ Fatalidade é uma imprudência, divergência, fudeu/ Ele deixou uma mulher que esperava um filho/ Um evangélico que nem conheceu o filho/ Um suspiro perdi a calma/ Vi uma faca atravessando a minha alma/ Olhei no espelho e vi um homem chorar/ A mídia, a justiça, querendo me fuzilar/ Virei notícia, 1ª página/ Um paparazzi focalizou a minha lágrima/ Um repórter da Globo me surto/ Me chamava de assassino aquilo inflamou/ Tumultuou, nunca vi tanto carniceiro/ Me crucificaram, me julgaram no país inteiro/ Pena de morte, se tiver sorte/ Cadeira elétrica se fosse América do Norte/ Opinião pública influenciada/ Era o réu sem direito a mais nada/ O meu mundo tinha desabado/ Na lei de Deus fui julgado, na lei do homem condenado/

-Então JOAO JUNIOR, A MINA morreu mano!
-É então, agora é daqui pra frente ELIEZER. Não tem mais jeito, tá ligado, não se abala não, tem que ficar firme, NOIIIIISSSS SAMU AMIGO DO PIZEIRO...

RodB disse...

Parem com essa tese de acidente, de que vai acontecer com qualquer um. Não vai, não nessas circunstâncias. Nem todos são como vocês. Tem gente responsável, que não enche a cara ao dirigir e não guia um carro como um piloto de F1. Aprendam isso, peguem pelo menos como exemplo pra vida de vocês. Não estou citando nomes e nem preciso, vocês sabem bem o que fazem por aí. O rapaz teve "acidentes" por duas vezes. Se não aprendeu da primeira, onde felizmente não houve vítimas, é porque representa um perigo pra sociedade e deve ficar detido. E amigo de verdade dá uma dura no outro amigo quando vê que este fez uma besteira, não fica passando a mão na cabeça e defendendo! Fizeram isso outras vezes e o resultado, dessa vez, foi essa tristeza.

Paula disse...

Será que esse pessoal da defesa particular do jovem não sabe que dirigir alcoolizado é crime, e que a irresponsabilidade dele vitimou uma adolescente?

Congratulações pelo seu trabalho e postura Altino.

Victor disse...

Ela é vítima sim, mas não dele... talvez viesse outro, pegasse ela e aconteceria o mesmo ou pior. Vão saber?? vocês são DEUS? vocês são os donos da verdade?
Parem de só julgar. Querem julgar alguem, vão estudar e seguir a profissão de juiz, porque NENHUM DE VOCES nasceu DEUS.

Não precisam ofender ninguem. O JOAO JR tá certissimo: ("vejo que as pessoas que estão comentando essa tragédia não estão preocupadas com os fatos ou com as vitimas,o que houve foi um acidente, uma lamentável tragédia").

Tá bom ele foi preso. Agora vão se preocupar com a VIDA DE VOCÊS, se acham certo ou errado, cada um com a sua opinião. FOFOQUEIRINHOS!!!

ass; Kiko

katarinne disse...

Eu faço das minhas palavras a do Victor.

RodB disse...

Victor
"Agora vão se preocupar com a VIDA DE VOCÊS, se acham certo"

A ironia do seu comentário é que é exatamente por isso que estamos criticando o rapaz e seus defensores. Estamos preocupados com nossas vidas e com as de outras tantas pessoas que podem correr riscos se este cidadão for solto e continuar a fazer das suas pelo trânsito. Até os amigos dele que estão defendendo podem ser vítimas de sua imprudência no trânsito. Que se faça justiça e este caso sirva de exemplo para os outros. Vamos ficar de olho.

DaviAcre disse...

Pô, na boa, vejo muitos amigos do cara tentando defendê-lo, tá certo que tem todo aquele sentimendo de que conhecem o cara, que ele é gente fina, e tudo mais. Só que como já foi comentado, se são amigos dele não tem que ficar passando a mão na cabeça dele não, têm que dar uma lição de moral pro cara. Já pensou se vocês tivessem junto com ele no carro, na hora do acidente? Poderia ser qualquer um de vocês, eu poderia ter sido a vítimia também se tivesse trafegando no canal naquele instante. O cara está errado sim e deve pagar por isso, afinal, ele ainda não aprendeu a lição e parece que nem irá aprender tão cedo, afinal já é a terceira vez que ele tem perda total de um carro e dessa vez houve uma vítima. Estava dirigindo alcoolizado e com a carteira vencida. Isso é crime, está passível de punições. O que eu vejo é que vocês ao ficarem defendendo o cara demonstram ter a mesma mentalidade dele, devem pensar da mesma forma que ele, que foi um "acidente" uma "fatalidade" só que isso não pode ser considerado nenhum dos dois afinal ele estava embriagado, consequentemente assumindo as consequências, ou afinal ele foi obrigado a dirigir bêbado? Vejo o pessoal falando aí que poderia acontecer com a gente...Mas sinceramente eu e a maioria das pessoas não arriscamos nossas vidas ao dirigir em alta velocidade e ainda mais embriagado.

AmazonSaveUS disse...

Desde quando Homicídio Culposo é uma FATALIDADE?

Marcel Marques disse...

Isso é retrato de uma realidade acreana, os jovens, sem opções de entretenimento começam a sair e beber muito cedo, em todas as classes, e as garotas (não só as de periferia) se encantam ao charme dos carrões, objetos de consumo criados pela propaganda automobilística. Em filmes, é possível ver bombados como Vin Diesel (mais um modelo de beleza corporal a ser conquistada, mas esse das academias, tvs e passarelas), dirigindo máquinas tunadas e possantes a toda velocidade sem nenhuma consequência, e com isso cheio de mulheres, dinheiro etc.

Há também a falta de estrutura familiar, que eduque e mostre o que é certo e errado, que imponha limites, e a falta de valor moral, que contribuem significativamente para episódios como este, e isso (novamente) em todas as classes, hoje o normal é as garotas saindo seminuas, atrás daqueles que tenham o carro mais rápido, ou a pick-up mais nova (Ambos tem que ter um puta som!!), que, em seu meio, ganha respeito de acordo com o tanto de bebida que bebe, e por quão pesado é seu pé no acelerador.

Quanto ao caso do Eliezer, acho desnecessária a desmoralização do mesmo, agora cabe à justiça determinar o seu grau de culpa e qual será sua pena, no que diz respeito a nós como sociedade, cabe analisar o fato e buscar soluções, para que episódios como este não ocorram novamente, por exemplo, acredito que a simples realização de blitz nas saídas das casas noturnas (não temos muitas o que torna bem fácil a tarefa.), e a real e eficaz aplicação da lei seca, reduziria drasticamente o número de acidentes e imprudência nas ruas de Rio Branco, mas, preferem fazer blitz na entrada do meu bairro, na cohab do bosque (que tem um assalto a cada década de violento), no fim da tarde e multar quem está com o extintor de incêndio vencido.

Por fim, quanto ao depoimento da testemunha Ailton Braga, precisamente na parte em que ele afirma que o condutor estaria sob uso de substâncias entorpecentes, devido ao seu comportamento que a própria testemunha julga como “não considerado normal”, me pergunto, quem é que em choque, depois de sofrer um grave acidente como este, age normal? Até agora não vi nenhum laudo que provasse uso de entorpecentes, e especular sobre isso sem ter certeza é um absurdo, é uma afirmação grave.

PS: não conheço e nem tenho nenhuma ligação com o Eliezer ou sua família.

Igor Diore disse...

Depreende-se, de toda essa acirrada discussão, que foi apenas a celebração de dois anos do acidente anterior (ago2008). Como está bem postado: "Gente assim não costuma permanecer presa, especialmente no Acre", em 2012 possivelmente haverá nova celebração.

Ass: José Porfiro

Francis disse...

sei não viu,deviam arrumar algo p fzr new..

RoBAO disse...

Victor, willy, lindalci, pessoas como vcs, concerteza falam uma coisa e pregão outra, quando essa outra coisa convém, vcs são a parte suja da sociedade, quem defende assassino não merece respeito, sem caráter, esse rapaz teve tudo na vida pra ser alguém já tinha quebrado a cara varias vezes mas insistiu no erro, culpa tbm de sua criação a base de muita mãozinha na cabeça muito R$ fácil, e agora tem que pagar não so pq e rico mas qualquer um pq isso vai se repetir brevemente tenho certeza e haver sempre pessoas sem caráter farsantes q vão apoiar esses assassinos. O interessante e q se fosse algum parente deles (que isso nunca aconteça) estariam metendo o pau no assassino.

Lindalci disse...

Sr. RoBAO,
Antes de enviar uma mensagem, procure o Dicionário. A palavra correta e pregam e não "pregão"rsrs..
E não mencione meu nome em seus comentários, ainda mais com esse português podre.
Sei que ele tem que pagar pelo que cometeu, não sou a favor, mas o falei através da escrita, é que existem outros culpados também. Acabou!! Não quero mais opinar sobre esse assunto; não sou Juiza nem Deus! Tenhos filhos e filhas sim, e, caso tivesse acontecido com algum de meus filhos, estaria investigando o porquê e se existia ou existiam culpados. Vê se me esquece tá?! Vai fazer um cursinho para escrever corretamente rapazinho.Rsrsrs...

taliny_isabely disse...

Nossa a garotinha que morreu era uma santinha né ?! Já que estão tão interessados neste caso, porque não o investigam por um todo!
Porque não vão lá ao Taquari e perguntam com era o comportamento dessa menina e de suas companheiras amigas ?!
Quantos aqui nesse site, não já,dirigiram bêbados , não estou aqui dizendo que isso é certo , mas é comum , já pensou , que pudesse ter sido com você ?
O comum dessas garotas eram pedir carona, e daqui ha alguns messes vão voltar a esse habito! será que quando o Eliezer deu carona a essas meninas, elas estão lúcidas ? Pode ter certeza que não! Estavam bêbadas, talvez até drogadas afim de sexo na noitada!
Não o julguem por um acidente! Não é justo que ele pague, ao lado de ASSASSINOS FRIOS, SEQUETRADORES, ASSALTANTES, ESTRUPADORES NA PENAL!!

taliny_isabely disse...

vc como um jornalista de bom senso deveria aceitar nao so os cometariso de critica ao eliezer!

Dan disse...

Olhem o 'concerteza' desse analfabeto. Precisa estudar muito mesmo.
Pessoal, a vida de vcs continua,o Eliéser ja foi preso mesmo.
O moralismo de alguns aqui junta racionais mc´s e KAÔ furado...

taliny_isabely disse...

Por: Rhávilla Maia
Altino, tenho algumas perguntas para lhe fazer ..
Porque crucifica-lo ? Porque só falar do erro dele ? Você acha mesmo que uma menina que pede carona no meio da rua de madrugrada era uma santa adolescente ? Porque não expoe aqui, o descaso publico para com essas garotas ? Porque fala tanto da vida pessoal do Eliézer ? Porque não procurou saber o que acontecia na casa da garota ? Porque não procurou ser imparcial, e trazer a publico as versões da história, já que um jornalista tão bom ? Porque falar de um relacionamento que acabou, e que não foi duradouro ? Não estou defendendo ele por ter tido alguma coisa coisa com ele um dia, ele namora outra pessoa .. Pelo contrário, o defendo pela pessoa que ele é, o conheço e sei que esse Eliézer que muitos estão “pintando” aqui, não existe!
Não entendo o porque de ter tanta gente atacando ele, ás vezes me parece ser inveja, isso é horrivel!
Trechos da declaração de Lindalci: “Ela foi forçada a entrar no carro? Ele pegou essa "menor" em sua casa? Sabemos que todas estavam na Exacilbur, Casa Noturna da Cidade. E onde estava o Juizado da Infância e Conselho Tutelar?”
Na verdade ele estava na Excalibur, saiu da Excalibur, e passou pelo Complexo do 14 Bis onde as as garotas pediram a carona! Mas faço minhas as palavras de Lindalci!
Trechos da declaração de Fernando: “Bem que eu coloquei no comentário anterior, já apareceu alguem - da familia ou circulo de amizades - para inteceder e levantar a bandeira da FATALIDADE. E se no dia em que ele invadiu a casa tivesse alguem perto do muro, também seria um acidente ou uma fatalidade?”
Na verdade, não foi ele que invadiu a casa, ele não estava dirigindo o carro, foi outra pessoa, pra quem não sabe, ele estava no banco do passageiro, eu afirmo.
Trechos da declaração de Victor: “È justo deixa-lo junto com ASSASSINOS FRIOS, SEQUETRADORES, ASSALTANTES, ESTRUPADORES NA PENAL?? vocês reclamam tanto que a lei no Brasil não se cumpre, mas não se cumpre, porque a própria lei não respeita diferenças.”
Concordo!
Trechos da declaração de Evandro: “Esse leitor chamado VICTOR deveria medir as palavras ao defender cegamente alguém”
Será, que tem tanta gente defendendo ele atoa ? Já pararam pra pensar que ele pode sim, ser uma pessoa boa, foi um acidente, isso acontece!
E pra quem não sabe, a mãe do Eliézer, ligou para a mãe da garota, relatando sobre o acidente e o estado em que a menina se encontrava. A mãe da garota apenas respondeu .. “Tomara que morra, não mandei ela sair de casa.” Quase uma hora depois a mãe dela chegou ao hospital, a menina tinha chegado a obito minutos antes!
Bom, eu não pretendo mais me manifestar aqui, tudo que eu queria perguntar e lhe dizer, já disse aqui, espero que o Sr. responda as minhas perguntas. Ah, tem jornalistas maravilhosos que não são odiados, não fique pensando que ser odiado é uma qualidade .. Não tem tanta gente aqui, odiando o Eliézer ? Isso não é bom pra ele, e também não é bom que você seja odiado, não estou aqui com frases ditas, estou com o meu coração, espero ter sido clara! Obrigada, Boa Tarde!

thalescordeiro disse...

Acho que foi um crime planejado.. ele nao queria pagar pensão e mandou matar a mulher..
o BRUNO tem q ficar preso, ate porque eu acho q os flamenguistas sao todos bandidos!
ok

Buerão disse...

Esse cas me lembrou um desenho animado.

Socorro Vovó, no original "Oma Bitte Kommen", foi um desenho animado exibido no Brasil na década de 1990, pela TV Cultura no programa Glub-Glub e TVE Brasil/TV Brasil no programa Desenhando. Desenho Educativo.

O desenho mostra a rotina de uma senhora que conduz uma balão com uma banheira motorizada (no formato de dirigível / zepelim). A senhora (velhinha), tricotava, passava roupas ao lado de seu gatinho e respondia a pedidos de socorro por telefone. A vovó enfrentava coisas do cotidiano e atuava como polícia e heroína enfrentando bandidos que roubavam ouro, pescava baleia e ela lutava pelas também causas naturais como o furacão e também dava muita lição de moral para o telespectador.!

Marcel Marques disse...

Taliny Isabely, santa ou não, ninguém pede para morrer, e se fosse assim todos que gostam de farra e da noite tem que falecer ao pegar carona com alguém??? Fora que não é obrigado dar carona a ninguém, mas assim que o faz, o motorista é responsável civil e criminalmente por essa pessoa, e a menos que ela tivesse puxado a direção (o que é difícil já que a mesma encontrava-se com meio corpo para fora do veículo, no teto solar, contrariando todas as normas de segurança possíveis), a jovem que perdeu a vida é sim a vítima das ações do seu amigo, então pare de envergonhar a si mesma com esses comentários cretinos.

Sobre o AmazonSaveUS, homicídio culposo é aquele sem intenção de matar, provocado por imperícia, imprudência ou negligência, comumente uma fatalidade, com penas que variam de 2 a 4 anos.
No caso do Eliezer pode-se caracterizar como homicídio doloso (com intenção de matar), caso seja provado que ele estava sob efeito de bebidas alcoólicas, já que, quando alguém bebe e assume a direção, está assumindo também o risco de poder produzir um acidente como o que ocorreu.

DaviAcre disse...

Caros amigos do Eliezer, é claro que a menina não é a coitadinha da história, nem ela nem a outra amiga de menor, afinal a uma hora dessas não eram pra estarem em baladas, os pais foram omissos ao permitirem que elas saíssem, agora vocês tem que ver que isso é outra questão. O que se está comentando aqui é que um cara saiu dirigindo paulado, capotou o carro e fez uma vítima. FIM. Mas é lógico que se por exemplo o acidente tivesse ocorrido porque uma menina de 13 anos estava conduzindo o carro, mesmo estando bêbada ou não, estaria tendo a mesma repercussão que está tendo agora. O que acontece é que parece que estão tentando amenizar a culpa do cara pelo fato de as meninas de menor estarem com ele, terem pedido carona e uma em posse de um consolo. Uma coisa não tem a ver com a outra. É como se fosse mais ou menos isso: Um sujeito estava dirigindo bêbado em alta velocidade, mas tem que parar pra pensar e refletir que a babata frita dele não tinha katchup. Perceberam? As garotas não têm culpa pelo acidente, afinal não foram elas quem causaram. Agora do jeito que vocês falam, parece até que pelo fato de ela ser "safada", como vocês dão a entender, ela merecia a morte.

babuarteurbana disse...

espero que a justiça seja feita e que este playboy pague por sua irresponsabilidade.com toda a oportunidade que a familia e a vida lhe ofereceu é até uma ofença ele desdenhar da vida causando acidentes, destruindo bens e matando pessoas VAI APODRECER NA CADEIA,e os amigos sempre vão falar bem.... mas a verdade é que ele é um playboy assasino é covarde.

∞A.R∞ disse...

O fato das pessoas não ficarem vindo aki e ratificando que o q ele fez eh errado, não significa que estão apoiando o mesmo!Exceto os "amigos" e os familiares, tenho certeza que a cidade toda sabe que o que esse irresponsável fez foi errado.3º carro destruído não pode ser fatalidade!
É por isso que aki, neste blog tem mais defesas que "acusações".O lado certo dos fatos geralmente eh o que menos se justifica!!!
E aos defensores, treinem melhor a justificativa, um disse que ele pegou as meninas na excalibu, outro que foi no 14 bis...um disse q ia dar carona até o vitória(as meninas moram no taquari)...estranho!!!
A menina tinha 13 anos, independente de ser santa ou profana não responde pelos seus atos,o que temos aki eh um perfeito exemplo de má criação envolvendo um pobre e um rico, 2 pessoas sem limites, dá nisso mesmo,acaba envergonhando a família inteira(se não fazes teu filho 'chorar','chorarás' no lugar dele)!!!
Q a menina descanse em paz e que o rapaz pague de acordo com a desatualizada Lei Brasileira!!!

Evandro Ferreira disse...

Rhávilla Maia, você parece ser um caso perdido e dá a entender que é incapaz de discernir o branco do preto, o certo do errado.

Vecê disse: "Será, que tem tanta gente defendendo ele atoa ? Já pararam pra pensar que ele pode sim, ser uma pessoa boa, foi um acidente, isso acontece!"

Antes de falar que o fato foi um acidente, leia a definição de acidente:

"Um acidente é um evento indesejável e inesperado que causa danos pessoais, materias (danos ao patrimônio), danos financeiros e que ocorre de modo não intencional. Exemplos físicos incluem colisões e quedas indesejadas, lesões por tocar em algo afiado, quente, elétrico..."

Se confirmado que o condutor estava com nível de álcool acima do permitido por lei, o evento trágico em que esteve envolvido não foi acidente, muito menos fatalidade, pois pessoas que dirigem sob efeito de álcool representam risco para si e para terceiros.

Não é por outra razão que a lei tipifica isso como crime, passível de prisão.

Portanto Rhávilla e outros leitores que insistem em usar as palavras ACIDENTES E FATALIDADE para descrever o evento que resultou na morte da menor:

- Não sejam ridículos e aceitem o fato como ele deve ser encarado. ACIDENTE e FATALIDADE são bem distintos do que ocorreu com o amigo de vocês.

Xyko Bala disse...

Caro Altino
A título de colaboração para discussão sobre o assunto de forma que tão lamentável acidente possa ao menos produzir algo de positivo, lembro que em 30 de julho lhe encaminhei cópia de documento protocolado no Ministério Público.
O mesmo versava especificamente sobre a baderna generalizada no Parque da Maternidade, sendo que ao final foram anexadas diversas matérias sobre vários acidentes de veículos que quase despencaram dentro do canal em fins de noite. Ou seja: em que pese a responsabilidade direta dos personagens envolvidos diretamente (condutor e vítima), há que ser ressaltada a OMISSÃO do poder público em coibir as "baladas sobre quatro rodas". Infelizmente trata-se o caso de uma morte anunciada com antecedência. Para os presentes em reunião realizada no parquet há quase dois anos, ficou a triste lembrança de que autoridade que se fazia presente citou especificamente o condutor como exemplo de irresponsabilidade ao volante. Assim sendo, entendo que as críticas deveriam ser um tanto o quanto mais abrangentes...

cruijff disse...

Pessoal, é o seguinte: o cara é criminoso! Ele tem antecedentes e é um delinquente contumaz! Ja vi esse sujeito fazer absurdos no transito! Coisas de arrepiar mesmo! Acho inclusive, muito acertadamente, que "demorou" pra ele matar alguem! Ele ja vem tentando isso a muitos anos! Eu mesmo quase ja fui vitima dele! De frente ao antigo restaurante "Aracua", e a loja da Vivo do Canal! Ele saiu do sinal como um louco, num importado, uma picape Dogde Ham, cabine dupla preta, e so nao me matou por fracao de centimetros, pois eu estava entrando no carro! Tomei um baita susto! Em um país com lleis severas com uma sociedade madura, como as nacoes europeias ou nos EUA ou Canada, ele pegaria facilmente prisao perpetua! Mas aki no Brasil... Terceirao.. A gente ja sabe no que vai dar! Algumas sacolas basicas e ta tudo resolvido! Uma pena para a familia da menor que faleceu! Uma pena tambem saber que mais Eliezeres ainda ficarao soltps por ai, vitimando mais e mais pessoas pelas ruas da nossa pequena e violenta cidadezinha. Mas que tofos facam a sua parte!

Andarilho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andarilho disse...

EM TEMPO..

Altino, queria saber é se esse rapaz, estando lá no presídio, está recebedo tratamento previsto em lei ou estar recebendo tratamento previsto pelos 'amigos'.
Só falta dizer que a menor, vitimada, foi causadora de sua própria morte.
E, que o 'coitado do rapaz', vítima de um plano astral contra sua pessoa, era a vítima e não a jovem que faleceu.
Se fosse tão boa pessoa,não era para estar bebado, como noticiado nos jornais, dirigindo um veículo em alta velocidade, que é de seu costume pelas estreitas ruas do canal, como já vimos relatos aqui no blogg. Pessoas boas não fazem isso. Têm conciencia para assumir sua limitação e pedir auxilio.
Tinha que responsabilizar quem descaracterizou a cena do crime. Tentaram burlar a justiça, induzir ao erro. Ou não?



PS: Ficou bacana a nova ilustração do blogger.

AmazonSaveUS disse...

Caro Marcel Marques,

Crime de trânsito não pode ser considerado como "Homicídio Doloso" salvo em caso que o próprio veículo seja usado como ARMA (atropelar alguém com intenção). Se informe mais sobre o assunto antes de falar. Obrigado!

º..keka..º disse...

Ele não foi o primeiro 'boyzinho' a se envolver em acidentes de transito aqui em Rio Branco...
Se a garota era santa ou não, e se ele era santo ou não, não cabe a nós julgar.
Poderia acontecer com qualquer um sim, desde que sob o efeito de alcool, atras de um volante, confiando em sua habilidade de direção.
Se não houvesse a imprudencia, (de todos que estavam no carro) ninguem estaria discutindo esse acidente.

¬¬

RodB disse...

"Poderia acontecer com qualquer um sim, desde que sob o efeito de alcool, atras de um volante, confiando em sua habilidade de direção."

Portanto, keka, segundo sua própria afirmação, NÃO poderia acontecer com qualquer um. Não comigo, que não dirijo bêbado, e não com muitos outros. O problema é que muita gente pensa que todo mundo dirige bêbado por aí. Isso é crime previsto em lei. É por isso que tanta gente vem com a tese de acidente, acham comum dirigir bêbado e em alta velocidade, fazem isso com frequência, não acham que colocam em risco a própria vida e a de outras pessoas. É preciso que entendam que quem faz isso assume esse risco, acidente é outra coisa, é cair uma árvore em cima do carro, por exemplo, uma coisa onde o condutor não tem culpa. É triste que esse caso não sirva nem como exemplo pros vários simpatizantes do estilo de vida do sujeito. Espero ao menos uma punição exemplar da justiça.

Andarilho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andarilho disse...

Altino, agora, é oficial!

A Polícia Cívil, Militar, Bombeiros, IAPEN e Polícia Técnica terão que trabalhar juntas. Saiu no diário oficial (não era nem preciso isso). Pensei que elas já trabalhavam integradas. Juntas formarão o Grupo Integrado de Segurança Pública-GISP (isso que chamo de 'empoderamento' da força).

PS: Parabéns pelo resumo de tudo, professora Fátima, no comentário anterior.

º..keka..º disse...

RodB, obrigada por entender perfeitamente o que eu quis dizer!!

;)

RoBAO disse...

Lindalci se digito errado !!! idai!!! vem me da aula otaria!! to muito preocupado em digitar certo,oh pelo menos nao defendo bandido !!! professorinha com nome estranho!! rsrsrsrs...

Lindalci disse...

ROBAO,
Não foi só eu que critiquei teus erros ortográficos, observe que tem mais criticas.
Vejo que além de ter sérios erros ortográficos, não tem o mínimo de educação. Vc nem sabe se meu nome realmente é esse aí.
Mais um conselho para você: Além de estudar português, faça um cursinho de boas maneiras.
Sucesso nos cursinhos...

Marcel Marques disse...

Caro AmazonSaveUs,

Óbviamente você não conhece o Direito, quando uma pessoa dirige embriagada, ou mesmo quando participa de corridas por espírito de emulação (rachas), e em razão disso, atropela ou provoca de outra maneira a morte de outrem, ela pode sim ser indiciada e condenada por homicídio doloso, é o que chamamos de "dolo eventual", quando o condutor assume o risco.

O seu pensamento sobre acidentes de transito além de arcaico é desinformado, consulte um advogado, e se quiser apostamos uma caixa, certinho?

RoBAO disse...

Lindalci acho que vou acerta dessa vez (aurelio ligado). hehehe gostei de vc, muito bom seus comentários adimito!!! sobre os cursinhos quem sabe um dia...rsrsrs. ei mas eu tenho educação viu ehehehehe desculpa ai se fui grosso !!! as vezes digito sem pensar ok!! abraço!

∞A.R∞ disse...

Apoiado Marcel M.


=*

Amanda Rebelo

Lindalci disse...

Ok ROBAO,
Vamos fazer as pazes, afinal de contas estavamos discutindo sobre outro problema.
Sabe ROBÃO, o que acho errado, apesar de alguns particulares, é que estão fazendo esse condutor do veiculo de bode expiatório para servir de alerta para sociedade. Acho justo ele pagar, mas dentro das Leis devasadas de nosso Pais. Na minha opinião, bem que não sou advogada, ele pode sim, sair da cadeia e aguardar o julgamento em liberdade, aí quando saí o resultado do julgamento, a Justiça determina se vai ou não para cadeia. Sabe qual o motivo pelo qual acho o citado acima? Porque já vi vários casos em nosso Estado, onde estão fora da cadeia, esperando, talvez um julgamento ou não, como aquele caso do advogado que foi pego saindo do Motel com uma menor e alegou que teria entrado pra comprar um sanduiche. Você não sabe que antes do ocorrido, fiz relatório e comuniquei ao Conselho Tutelar e Ministério Público que achavamos que a garota estava se prostituindo. O que aconteceu? Qual foi a resposta? Para minha pessoa(Instituição) que enviou o documento, nenhuma. Tem casos que o Juizado da Infância fala que vai acompanhar o caso, através de técnicos na rua , seguindo os passos do menor, onde é irreal. Tem menores em observação pelo Juizado da Infância, que estão soltos nas noites, em casas noturnas etc..Então acho mesmo esse órgãos muitas vezes omissos e outras só querem aparecer.Abraços!

Sergio disse...

A verdade e que, o cara tava errado sim! Mas quem dos perfeitos que escreveram aqui, ate hoje nunca beberam? E quantos ja não dirijiram sob efeito de bebidas?
Ele errou por uma parte, mas essas anjinhas que estavam na rua ate essa hora tambem tem sua parte de culpa, e bem grande que por sinal!
E ele não e assim como falam aqui, pq em jornais e na Tv,so mostram o lado ruim das pessoas...Mas ele e uma boa pessoa sim,tem seu defeitos assim como todos tem.
Mas se for pra jugar como voçês jugam aqui, comecem a jugar a si mesmo.
E você Altino, e um jornalista,pode ate ser bem conhecido por outros,pq eu mesmo nunca ouvi falar de você, você tem o direito de divulgar suas reportagens,mas não de entrar no intimo familiar de ninguem,e expor dessa maneira, falta de respeito.
E como você mesmo disse em um dos comentarios,q se tivesse que responder por algo,iria responder.
Pois vai responder sim!
E pra os comentarios dos Jugadores que tem aqui,bando de invejosos,e estupidos, criem vergonha na cara,e parem de ficar defamando quem ao menos conhecem, pq um dia pode ser um de vocês, ou um familiar.
Ai vocês poderam julgar a vontade.

Patricia Lima disse...

Oi Altino..vc nao postou o meu comentario anterior pelo fato de ter envolvido outros pessoas, politicos, por citar nomes e casos que talvez a cidade nem tenha ficado sabendo...talvez atrapalhe na campanha de um deles ne!? Talvez cause algum problema pra vc...entendo.
Na verdade vivemos numa sociedade podre!
Falei anteriormente de dois politicos, um deles eh candidato e tem um filho, que deixou sem andar uma pessoa e o outro atropelou e matou e o pai lhe encaminhou pra Brasilia, meio que uma fuga...nao sei ao certo como ficou o caso pq em seguida fui embora do estado...mas tenho quase que certeza que nenhum desses dois playboyzinhos foram parar na penal...Que justiça eh essa!?

Patricia Lima disse...

Ah sim Altino, estava esquecendo do caso de um playboy amigo...enlouquecido de bebida, drogas e em alta velocidade atropelou e matou uma pessoa. Este foi direto pra Sao Paulo. A cidade ficou sabendo porem a rainha das joias foi mais rapida.
Hoje ele ta quase casado e formado em direito!
Eh a podre justiça dos homens.